Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese (Página 48)

Artigos Padres da Arquidiocese

Centenário arquidiocesano


Em clima de louvor e ação de graças ao  querido Deus, a arquidiocese de Cuiabá iniciou a celebração do centenário. O histórico e significativo ano jubilar, foi aberto com uma solene celebração eucarística, na Catedral basílica do Sr. Bom Jesus, presidia pelo arcebispo D. Milton Santos, Arcebispo Metropolitano, com a participação de numerosos  sacerdotes, seminaristas, religiosas e fiéis Cristãos. No dia 5 de Abril de 1910 o Papa São Pio X, com a bula “Novas constituire”, criou as Dioceses de Corumbá e S. Luiz de Cáceres e elevou a Diocese de Cuiabá à categoria de Arquidiocese.

Leia Mais....

Reflexão 5o Domingo da Páscoa

AMAR É DAR A SI MESMO O GOSTO DE VIVER E SER FELIZ
At 14,21b-27  Ap 21,1-5a Jo 13,31-33a.34-35
Queridos irmãos e irmãs internautas, este Domingo traça para nós uma nova estação em nossa vida. Chegamos ao centro da revelação cristã: a vida no amor! São Paulo sintetiza esta novidade quando diz que “quem ama cumpriu toda lei”. Para São Tiago o amor é maior força na vida, mas forte que o pecado: “O amor cobre uma multidão de pecados”. E São João faz um salto que a tudo supera e transcende, ele se transpõe para o próprio íntimo de Deus e reconhece: “Deus é amor”, por isso que quem ama anda sempre no amor, não cansa e nem se cansa. É isto que as leituras de hoje querem nos iluminar, situar-nos numa nova esfera de relações e de presença divina, que acontece por trás de todas as cenas de nossas vidas.

Leia Mais....

47º Dia Mundial de Oração Pelas Vocações.

47º Dia Mundial de Oração Pelas Vocações. Artigo escrito pelo Pe. Jair Cardoso Alves Neto (Mestrando em Direito Canônico - Rio de Janeiro).
A cada ano na riqueza da Liturgia Pascal, temos a graça de celebrarmos no Quarto Domingo o chamado “Domingo do Bom Pastor” que também é o dia em que toda a Igreja Universal se une em suas preces em pedir ao Senhor da messe que envie mais operários, ou seja, é o dia mundial de oração pelas vocações. Desde que fora intitulado este domingo em prol dos “louvores” pelas vocações, o Santo Padre envia sua mensagem afetuosa a toda a Igreja. Neste domingo do “Bom Pastor” e também do 47º Dia Mundial de Oração pelas Vocações o Papa Bento XVI fez uma reflexão muito preciosa da qual teve como tema: “O testemunho suscita vocações”.

Leia Mais....

Liturgia e Apocalipse

Artigo escrito pelo Pe. Jair Cardoso Alves Neto  que está estudando Direito canônico na cidade do Rio de Janeiro.
O livro do Apocalipse é um dos mais lidos e comentados do Novo Testamento, isto porque que este livro causa um certo impacto e uma certa expectativa no leitor. Estas expectativas acontecem devido: o seu estilo, as imagens presentes no texto,  aspectos catastróficos etc. Por isso,  tem-se num conceito popular uma visão meio que deturpada deste livro onde a concepção que se sobressai é de um livro que conta as possíveis catástrofes vindouras na história e também do fim dos tempos. Com isso, sua leitura gera uma insegurança e um medo no leitor. Mas afinal, o que significa apocalipse? Qual a relação entre o Apocalipse e a liturgia?

Leia Mais....

Senhor, tudo sabes tudo, tu sabes que te amo!

Senhor, tudo sabes tudo, tu sabes que te amo!  - Terceiro Domingo da  Páscoa.
At 5,27b-32.40b-41; Ap 5,11-14; Jo 21,1-19.
Queridos irmãos e irmãs internautas, a liturgia de hoje nos propõe três textos belíssimos: o primeiro é tirado dos Atos dos Apóstolos, narra-nos a maravilhosa coragem cristã nascida da Páscoa de Cristo; a covardia de Pedro se transforma em fonte segura de testemunho e de amor; a segunda leitura é um trecho do Apocalipse, onde S. João nos fala da transformação ocorrida na história humana por meio do Cordeiro Pascal; e por fim, temos o belo trecho do Evangelho de São João, no qual Jesus confia a Pedro, os seus cordeiros e as suas ovelhas.

Leia Mais....

A verdadeira alegria nasce da paz

Segundo Domingo de Páscoa - Fonte de toda misericórdia
At 5,12-16; Ap 1,9-11a.12-13.17-19; Jo 20,19-31
Querido irmão e irmã internautas, hoje a Igreja vive o momento de luz, de vida, de ressurreição. Para São Paulo a Páscoa é símbolo da vida nova, é o dia da luz, o dia da vida. Com a Páscoa, nós nos tornamos filhos da luz e filhos do dia. A oito dias da Páscoa a Igreja ainda vê ressoar a força do Cristo ressuscitado em seu meio, pois a ressurreição de Jesus nos traz muita alegria e muitas graças:a ressurreição passa a ser a virada mais impressionante na história da humanidade, pois ela passa ter efeitos profundos sobre a nossa existência.

Leia Mais....