Página Inicial / Animação Litúrgica / 6º DOMINGO DO TEMPO COMUM

6º DOMINGO DO TEMPO COMUM

O ESSENCIAL DA LEI É A PRÁTICA DA JUSTIÇA E DA MISERICÓRDIA

12 de fevereiro de 2017
SEXTO DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO A
Cor Litúrgica: Verde
A.: Meus irmãos, por ser a sabedoria de Deus, Cristo nos ensina o verdadeiro sentido da Lei e nos ensina a trilhar o caminho da vida. Fiquemos de pé e iniciemos a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: SÊ A ROCHA QUE ME ABRIGA, CASA FORTE QUE ME SALVA; PARA HONRA DO TEU NOME ÉS O GUIA QUE ME AMPARA!/ 1. Ponho em Deus minha esperança, que eu não seja envergonhado. Já que és justo, me defende: sei que vou ser libertado. Vem ouvir minha voz, eu estou angustiado./ 2. Sê pra mim uma rocha firme, Sê pra mim seguro abrigo, Sê pra mim a fortaleza. Me orienta e eu vou contigo, eu te entrego o meu espírito desde agora, eu te bendigo./ 3. Confiando em tua face, quem é justo segue adiante. Recebido em tua tenda, proteção terá constante. Sê bendito, meu Senhor, Sê bendito em todo instante./ 4. Eu dizia na afiliação: “Deus não quer saber de mim”. Vejo agora que me ouviu, quando eu reclamei assim. Santos todos, amem, louvem o Senhor, até o fim!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco. TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: De coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que tenha piedade de nós, pecadores. Senhor, que sois a plenitude da verdade e da graça, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, que vos tornastes pobre para nos enriquecer, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, que viestes para fazer de nós o vosso povo santo, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
4. GLÓRIA a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Ó Deus, que prometestes permanecer nos corações sinceros e retos, dai-nos, por vossa graça, viver de tal modo, que possais habitar em nós. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. LITURGIA DA PALAVRA
A.: Irmãos caríssimos, Deus é misericordioso e oferece o Seu amor e a Sua salvação a todos os homens que se dispõem a mudar de vida. Ouçamos com atenção as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Eclo 15, 16-21) – Leitura do Livro do Eclesiástico.
16Se quiseres observar os mandamentos, eles te guardarão; se confias em Deus, tu também viverás. 17Diante de ti, Ele colocou o fogo e a água; para o que quiseres, tu podes estender a mão. 18Diante do homem estão a vida e a morte, o bem e o mal; ele receberá aquilo que preferir. 19A sabedoria do Senhor é imensa, ele é forte e poderoso e tudo vê continuamente. 20Os olhos do Senhor estão voltados para os que o temem. Ele conhece todas as obras do homem. 21Não mandou a ninguém agir como ímpio e a ninguém deu licença de pecar. – Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (DO SALMO 118/119) R.: FELIZ O HOMEM SEM PECADO EM SEU CAMINHO, QUE NA LEI DO SENHOR VAI PROGREDINDO!/ 1. Feliz o homem sem pecado em seu caminho, que na lei do Senhor Deus vai progredindo! Feliz o homem que observa seus preceitos, e de todo coração procura a Deus!/ 2. Os vossos mandamentos vós nos destes, para serem fielmente observados. Oxalá seja bem firme a minha vida em cumprir vossa vontade e vossa lei!/ 3. Sede bom com vosso servo e viverei, e guardarei vossa palavra, ó Senhor. Abri meus olhos, e então contemplarei as maravilhas que encerra a vossa lei!/ 4. Ensinai-me a viver vossos preceitos; quero guardá-los fielmente até o fim! Dai-me o saber, e cumprirei a vossa lei, e de todo o coração a guardarei.
8. 2ª LEITURA (1 Cor 2, 12. 6-10) – Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios.
Irmãos: 6entre os perfeitos nós falamos de sabedoria, não da sabedoria dos poderosos deste mundo, que, afinal, estão votados à destruição. 7Falamos, sim, da misteriosa sabedoria de Deus, sabedoria escondida, que desde a eternidade Deus destinou para nossa glória. 8Nenhum dos poderosos deste mundo conheceu essa sabedoria. Pois, se a tivessem conhecido, não teriam crucificado o Senhor da glória. 9Mas, como está escrito, “o que Deus preparou para os que o amam é algo que os olhos jamais viram nem os ouvidos ouviram nem coração algum jamais pressentiu”. 10A nós Deus revelou esse mistério através do Espírito. Pois o Espírito esquadrinha tudo, mesmo as profundezas de Deus. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA./ Eu te louvo, ó Pai santo, Deus do céu, Senhor da terra: os mistérios do teu Reino aos pequenos, Pai, revelas.
10. EVANGELHO – (Mt 5,20-22a.27-28.33-34a.37) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo disse Jesus a seus discípulos: 20“Eu vos digo: Se a vossa justiça não for maior que a justiça dos mestres da Lei e dos fariseus, vós não entrareis no Reino dos Céus. 21Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás! Quem matar será condenado pelo tribunal’. 22Eu, porém vos digo: todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo; 27Ouvistes o que foi dito: ‘Não cometerás adultério’. 28Eu, porém, vos digo: Todo aquele que olhar para uma mulher, com o desejo de possuí-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. 33Vós ouvistes também o que foi dito aos antigos: ‘Não jurarás falso’, mas ‘cumprirás os teus juramentos feitos ao Senhor’. 34Eu, porém, vos digo: Não jureis de modo algum. 37Seja o vosso ‘sim’: ‘Sim’, e o vosso ‘não’: ‘Não’. Tudo o que for além disso vem do Maligno”. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos e irmãs em Cristo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, para que nos ajude com a Sua graça a pôr em prática as palavras de Jesus, suplicando, confiantemente: Atendei, Senhor, a nossa prece!
TODOS: ATENDEI, SENHOR, A NOSSA PRECE!
1) Pela Santa Igreja de Deus, para que seja aos olhos de todos os homens o fecundo sinal da misericórdia e do amor de Cristo, rezemos ao Senhor.
TODOS: ATENDEI, SENHOR, A NOSSA PRECE!
2) Por todos os povos que sofrem por causa das guerras e dos conflitos, para que sejam protagonistas de um futuro de paz, rezemos ao Senhor.
TODOS: ATENDEI, SENHOR, A NOSSA PRECE!
3) Por todos nós aqui reunidos, para que nem a nossa própria fraqueza, nem o desejo de agradar aos outros nos faça renunciar às exigências do Evangelho, rezemos ao Senhor.
TODOS: ATENDEI, SENHOR, A NOSSA PRECE!
4) Pelos batizados que estão afastados de Deus e da Igreja, para que redescubram os valores perenes dos mandamentos, se convertam de seus pecados e se disponham a seguir o Cristo com renovada confiança, rezemos ao Senhor.
TODOS: ATENDEI, SENHOR, A NOSSA PRECE!
(Preces Espontâneas)
P.: Ó Deus onipotente, gravai em nós a lei do amor e do perdão, para sermos capazes de viver em conformidade com o Evangelho do Vosso Filho. Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – R.: A VÓS, SENHOR, APRESENTAMOS ESTES DONS: O PÃO E O VINHO, ALELUIA! 1. Que poderei retribuir ao Senhor Deus por tudo aquilo que ele fez em meu favor?/ 2. Elevo o cálice da minha salvação, invocando o nome santo do Senhor./ 3. Vou cumprir minhas promessas ao Senhor na presença de seu povo reunido./ 4. Por isso oferto um sacrifício de louvor, invocando o nome santo do Senhor.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Ó Deus, que este sacrifício nos purifique e renove, e seja fonte de eterna recompensa para os que fazem a vossa vontade. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA PARA DIVERSAS CIRCUNSTÂNCIAS VI D – Jesus que passa fazendo o bem – MR (p. 860)
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO R.: AQUELE QUE FAZ, AQUELE QUE ENSINA OS TEUS MANDAMENTOS, TUA LEI, Ó SENHOR, NO REINO DO CÉU BEM VISTO SERÁ, NO REINO DO CÉU SERÁ O MAIOR./ 1- Vamos juntos dar glória ao Senhor e a seu nome fazer louvação. Procurei, o Senhor me atendeu, me livrou de uma grande aflição./ Olhem todos pra ele e se alegrem todo tempo sua boca sorria. Este pobre gritou e ele ouviu. Fiquei livre de minha agonia./ 2. Acampou na batalha seu anjo defendendo seu povo e o livrando. Provem todos, pra ver como é bom, o Senhor que nos vai abrigando. Santos todos, adorem o Senhor. Aos que o amam, nenhum mal assalta. Quem é rico, empobrece e tem fome, mas, a quem busca a Deus, nada falta./ 3. Ó meus filhos, escutem o que eu digo pra aprender o temor do Senhor. Qual o homem que ama sua vida pra viver os seus dias com amor? Tua língua preserva do mal e não deixes tua boca mentir. Ama o bem e detesta a maldade. Vem a paz procurar e seguir!
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Ó Deus, que nos fizestes provar as alegrias do céu, dai-nos desejar sempre o alimento que nos traz a verdadeira vida. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO JUBILAR 300 ANOS DE BÊNÇÃOS:
Senhora Aparecida, Mãe Padroeira, em vossa singela imagem, há 300 anos aparecestes nas redes dos três benditos pescadores no Rio Paraíba do Sul. Como sinal vindo do céu, em vossa cor, vós nos dizeis que para o Pai não existem escravos, apenas filhos muito amados. Diante de vós, embaixadora de Deus, rompem-se as correntes da escravidão! Assim, daquelas redes, passastes para o coração e a vida de milhões de outros filhos e filhas vossos. Para todos tende sido bênção: peixes em abundância, famílias recuperadas, saúde alcançada, corações reconciliados, vida cristã reassumida. Nós vos agradecemos tanto carinho, tanto cuidado! Hoje, em vosso Santuário e em vossa visita peregrina, nós vos acolhemos como mãe, e de vossas mãos recebemos o fruto de vossa missão entre nós: o vosso Filho Jesus, nosso Salvador. Recordai-nos o poder, a força das mãos postas em prece! Ensinai-nos a viver vosso jubileu com gratidão e felicidade! Fazei de nós vossos filhos e filhas, irmãos e irmãs de nosso irmão Primogênito, Jesus Cristo. Amém!
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL

Preparando a Partilha da Palavra
A Liturgia de hoje nos ilumina sobre a relação entre Jesus e a lei. Sua missão não é abolir nem facilitar, mas libertar do formalismo e do fundamentalismo. Para Jesus, não basta a observância externa apenas. A Palavra de Deus deve atingir até o mais profundo do ser humano. Para o cristão ser justo, conforme as exigências de Jesus, não basta observar preceitos, cumprir mandamentos, é necessário viver e realizar o bem proposto em sua Palavra. Praticar a justiça verdadeira é olhar a vida com amor radical. A justiça não depende da observância da lei, pois é no coração que se decide a atitude mais radical e verdadeira do ser humano. É para aí que devemos dirigir a nossa atenção e escolha. Então os mandamentos de Deus significarão muito mais do que a letra diz, e nos levarão à perfeição de filhos e filhas de Deus. Jesus toma alguns exemplos para deixar claro até onde devem ir a justiça e a misericórdia. Vai até a raiz e mostra que o objetivo da lei é a defesa da vida. Não basta “não matar,” é necessário construir uma sociedade humana, fraterna e solidária, onde a vida seja plena para todos. Não basta “não cometer adultério”; é preciso eliminar o desejo de posse sobre a mulher, extinguir todo machismo, raiz de toda opressão presente nas relações humanas. Não basta “não jurar falso”; temos que promover a convivência fundada na verdade, na integridade, na honestidade, na ética. Jesus exige de nós que cortemos o mal pela raiz. Ele não prescreve apenas normas, mas uma proposta evangélica nova que batize, lave até nosso inconsciente, nossa consciência profunda, e faça da vida um contínuo ato de discernimento, de busca de sentido de nosso ser, de nosso viver, de nosso agir, mas Deus deixa total liberdade de escolha às pessoas e dá-lhes total capacidade de escolher, mas aponta ao mesmo tempo, o único caminho certo: “Escolhe pois a vida…” (Dt 30, 19). Com a metáfora do fogo e da água, significada como morte e vida, o texto deixa claro que cada pessoa é sujeito de sua felicidade ou infelicidade, à medida que faz opções a favor da vida ou a favor da morte. Você receberá o que preferir.

LEITURAS DA SEMANA
2ª feira- Gn 4, 1-15.25; Sl 49 (50); Mc 8, 11-13
3ª feira- S. Cirilo, monge e S. Metódio B.memória; Gn 6, 5-8; 7, 1-5.10; Sl 28 (29); Mc 8, 14-21
4ª feira- Gn 8, 6-13. 20-22; Sl 115 (116B); Mc 8, 22-26
5ª feira- Gn 9, 1-13; Sl 101 (102); Mc 8, 27-33
6ª feira- Sete Stos. Fundadores dos Servitas, MFac. Gn 11, 1-9; Sl 32 (33); Mc 8, 34 – 9,1
Sábado: Hb 11,1-7; Sl 144 (145); Mc 9, 2-13
Segunda Semana do Saltério
Sexto Domingo do Tempo Comum
Segunda Semana do Saltério
Sexto Domingo do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

24º Domingo do Tempo Comum(17.09)

O PERDÃO É INSTRUMENTO DE CURA E SALVAÇÃO 17 de setembro de 2017 Cor Litúrgica: …