Página Inicial / Noticias do Mundo / Homilia de Dom Milton – Domingo Vinde e Vede/2017

Homilia de Dom Milton – Domingo Vinde e Vede/2017

HOMILIA – 26/FEVEREIRO/2017

Alguns anos atrás, quando ainda na UNIÃO SOVIÉTICA (HOJE RÚSSIA!) o Socialismo durante 70 anos – com o seu ateísmo – era o regime político… um senhor que nunca tinha ouvido falar de “Jesus Cristo”, com a queda por si de tal regime sem Deus, ao viajar para o lado ocidental da Alemanha viu numa parede um postal de Jesus na Cruz e à frente da cruz olhando para Jesus… MARIA! Aquele senhor ficou impressionado! Perguntou: “Quem é este rapaz morto assim?” – JESUS!… alguém lhe disse! E, esta mulher? … A mãe dele…!! Essa MÃE… É MUITO FORTE!!” Assim… relatou João Evangelista: “Junto à cruz de Jesus estava de pé sua mãe… Jesus, ao ver sua mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele – Jesus – amava, disse à mãe” Mulher, eis o teu filho!” Depois disse ao discípulo: “Eis a tua mãe!” A partir daquela hora, o discípulo a acolheu…”
Veja na foto do Papa Francisco um gesto de ACOLHER A VIRGEM MARIA… NO GESTO COM A IMAGEM DE NOSSA SENHORA APARECIDA!!!
Tenho a certeza de que também neste momento Você que está aqui no 31º. VINDE & VEDE, Você que acompanha pela Rádio Difusora Bom Jesus, pela Internet… Você está com a atitude de João Evangelista: “A partir deste momento Você está ACOLHENDO NOSSA SENHORA EM SEUS TÍTULOS: NOSSA SENHORA APARECIDA, NOSSA SENHORA DE FÁTIMA!
A foto edificante do Papa Francisco, quando visitou Aparecida, foi o modo carinhoso como acalentou em seus braços a imagem original de Nossa Senhora Aparecida, como se estivesse embalando uma criança, olhando para ela com muita ternura.
Naquela ocasião, ele afirmou: “A Igreja, quando busca Cristo, bate sempre à casa da Mãe e pede: ‘Mostrai-nos Jesus’. É de Maria que se aprende o verdadeiro discipulado”. Papa Francisco jamais distancia a missão de Maria da missão do seu Filho. Por isso, a autêntica devoção a Maria conduz sempre a Jesus: “Viemos bater à porta da casa de Maria. SABE POR QUÊ? PORQUE “APARECIDA É AQUI!” “FÁTIMA É AQUI!” Já percebeu? O MEMORIAL PAPA JOÃO PAULO II É A “CASA DE NOSSA SENHORA…” VAMOS DIALOGAR UM POUCO? VOU PERGUNTAR PARA OS HOMENS… ELES RESPONDERÃO “APARECIDA É AQUI!” LOGO EM SEGUIDA… AS MULHERES JÁ ACRESCENTAM: “FÁTIMA É AQUI!!” (OS COMENTARISTAS PODEM AUXILIAR…) VOU PERGUNTAR:
1.“Viemos bater à porta da casa de Maria… POR QUÊ? – (HOMENS) “APARECIDA É AQUI!” – (MULHERES) : “FÁTIMA É AQUI!”
2.SOMOS “ROMEIROS DE APARECIDA…” POR QUÊ? – (HOMENS) “APARECIDA É AQUI!” – (MULHERES) : “FÁTIMA É AQUI!”
3.NOSSA SENHORA MORA EM NOSSAS CASAS… POR QUÊ? – (HOMENS) “APARECIDA É AQUI!” – (MULHERES) : “FÁTIMA É AQUI!”
Além dessa união necessária entre Maria e Jesus, há outra relação importante entre Maria e a Igreja, entre Maria e cada um de nós, de tal modo que o católico que venera de verdade Maria, participa com alegria da Igreja. Eis o que diz o Papa Francisco: “Um cristão sem Maria está órfão. Também um cristão sem a Igreja é um órfão. Um cristão precisa destas duas mulheres, duas mulheres mães, duas mulheres virgens: a Igreja e a Mãe de Deus”.
Ainda diz o Papa Francisco: “Essas duas relações de Nossa Senhora com Jesus e com a Igreja fazem com que Ela, desde o mandato que recebeu de seu Filho aos pés da cruz de ser a nossa Mãe, transformasse-se na primeira grande Missionária de seu Filho. Diz o Papa: “Ela é a missionária que se aproxima de nós, para nos acompanhar ao longo da vida, abrindo os corações à fé com o seu afeto materno… Sempre que olhamos para Maria, voltamos a acreditar na força revolucionária da ternura e do afeto”.
Longe de ficar sentada num trono de glória, Nossa Senhora tem se manifestado ao longo da história, convocando pessoas simples, como os 3 pescadores de Aparecida e os 3 pastorzinhos em Fátima, para serem protagonistas da evangelização.
Veja a interpretação do Papa Francisco sobre o MILAGRE de Aparecida… Diz o Papa: O milagre de Aparecida começa com a busca de pescadores pobres, que “possuem um barco frágil, inadequado; têm redes decadentes, talvez mesmo danificadas, insuficientes”7. Na sua busca por peixes, encontram a imagem da Imaculada Conceição, primeiramente o corpo, depois a cabeça. “Em Aparecida, desde o início, Deus dá uma mensagem de recomposição do que está fraturado, de compactação do que está dividido. Muros, abismos, distâncias ainda hoje existentes estão destinados a desaparecer. A Igreja não pode se descuidar, isto é, eu e Você, não podemos nos descuidar dessa lição: ser instrumento de reconciliação”8.
A iniciativa do milagre foi de Deus e da Virgem Maria, mas foi necessária uma abertura ao mistério divino. Se os pescadores, ao encontrar o corpo da imagem, a tivessem jogado de volta no rio, provavelmente o milagre não aconteceria. Felizmente, “os pescadores não desprezam o mistério encontrado no rio. Embora fosse um mistério que tenha aparecido incompleto, não jogaram fora seus pedaços. Esperam a plenitude, e esta não demorou a chegar. Há aqui algo de sabedoria que devemos aprender. Há pedaços de um mistério, como partes de um mosaico, que vamos encontrando. Nós queremos ver muito rápido a totalidade; e Deus, pelo contrário, Se faz ver pouco a pouco. Também a Igreja deve aprender esta expectativa”9.
Assim como aqueles pobres pescadores, a Igreja precisa dar espaço para o mistério de Deus, para que Ele encante e atraia as pessoas, pois somente a Sua beleza pode atrair. Ele se faz levar para casa naquela pequena imagem, desperta em nós o desejo de guardá-Lo em nossa própria vida, em nossa própria casa, em nosso coração. Deus também nos inspira a chamar os vizinhos para dar-lhes a conhecer a Sua beleza. A missão da Igreja nasce precisamente dessa fascinação divina, dessa maravilha do encontro. Porém, sem a simplicidade daqueles pescadores a nossa missão está fadada ao fracasso. “A Igreja tem sempre a necessidade urgente de não desaprender a lição de Aparecida […] As redes da Igreja são frágeis, talvez remendadas; a barca da Igreja não tem a força dos grandes transatlânticos que cruzam os oceanos. Contudo, Deus quer se manifestar justamente por nossos meios pobres, porque é sempre Ele quem está agindo”10.
ASSIM, COM AS PALAVRAS DO PAPA FRANCISCO REZAMOS: (PODEM REPETIR!) NOSSA SENHORA APARECIDA,/ em vossas mãos/ coloco minha vida /e vamos/ Vós, NOSSA SENHORA APARECIDA,/ e, Eu… / VAMOS caminhar juntos,/ crer juntos,/ lutar juntos,/ vencer juntos/ como sempre juntos/ caminhastes/ vosso Filho e Vós./ AMÉM!!

Dom Milton Santos – Arcebispo Metropolitano de Cuiabá

Você pode Gostar de:

Papa pede que cristãos sejam vigilantes para não cair na mundanidade

O cristão está sempre em vigilância, como um sentinela, disse o Papa na Missa de …