Página Inicial / Animação Litúrgia / QUINTO DOMINGO DA QUARESMA

QUINTO DOMINGO DA QUARESMA

“EU SOU A RESSURREIÇÃO E A VIDA. QUEM CRÊ EM MIM,
AINDA QUE MORRA, VIVERÁ.” (Jo 11,25)
2 de abril de 2017 ANO A
QUINTO DOMINGO DA QUARESMA
CAMPANHA DA FRATERNIDADE: “FRATERNIDADE: BIOMAS BRASILEIROS E DEFESA DA VIDA”.
COR LITÚRGICA: ROXO
A.: Meus irmãos: a Liturgia de hoje está centrada na ideia da Ressurreição e nos assegura que somente em Cristo nós podemos sair das sepulturas que impedem o nosso crescimento na fé e na santidade. Fiquemos de pé e iniciemos a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: EIS O TEMPO DE CONVERSÃO, EIS O DIA DA SALVAÇÃO: AO PAI VOLTEMOS, JUNTOS ANDEMOS. EIS O TEMPO DE CONVERSÃO./ 1. Os caminhos do Senhor são verdade, são amor. Dirigi os passos meus: em vós espero, ó Senhor!/ 2. Ele guia ao bom caminho quem errou e quer voltar. Ele é bom, fiel e justo. Ele busca e vem salvar./ 3. Viverei com o Senhor. Ele é o meu sustento. Eu confio mesmo quando minha dor não mais aguento./ 4. Tem valor aos olhos seus meu sofrer e meu morrer. Libertai o vosso servo e fazei-o reviver!/ 5. A palavra do Senhor é a luz do meu caminho; Ela é vida, é alegria. Vou guardá-la com carinho./ 6. Sua lei, seu mandamento é viver a caridade. Caminhemos todos juntos, construindo a unidade!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: Irmãos eleitos segundo a presciência de Deus Pai, pela santificação do Espírito para obedecer a Jesus Cristo e participar da bênção da aspersão do seu sangue, graça e paz vos sejam concedidas abundantemente. TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: O Senhor disse: “Quem dentre vós estiver sem pecado, atire a primeira pedra”. Reconheçamo-nos todos pecadores e perdoemo-nos mutuamente do fundo do coração. (pausa). Confessemos os nossos pecados: TODOS: CONFESSO A DEUS TODO-PODEROSO E A VÓS, IRMÃOS E IRMÃS, QUE PEQUEI MUITAS VEZES POR PENSAMENTOS E PALAVRAS, ATOS E OMISSÕES, POR MINHA CULPA, MINHA TÃO GRANDE CULPA. E PEÇO À VIRGEM MARIA, AOS ANJOS E SANTOS E A VÓS, IRMÃOS E IRMÃS, QUE ROGUEIS POR MIM A DEUS NOSSO SENHOR. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.
4. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Senhor nosso Deus, dai-nos por vossa graça caminhar com alegria na mesma caridade que levou o vosso Filho a entregar-se à morte no seu amor pelo mundo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Irmãos amados, a Palavra de Deus nos ajuda a vencer as trevas da morte e nos faz contemplar, em Cristo, os sinais da ressurreição e da vida. Ouçamos atentamente
5. 1ª LEITURA (Ez 37,12-14) – Leitura da Profecia de Ezequiel.
12Assim fala o Senhor Deus: “Ó meu povo, vou abrir as vossas sepulturas e conduzir-vos para a terra de Israel; 13e quando eu abrir as vossas sepulturas e vos fizer sair delas, sabereis que eu sou o Senhor. 14Porei em vós o meu espírito, para que vivais e vos colocarei em vossa terra. Então sabereis que eu, o Senhor, digo e faço – oráculo do Senhor”. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
6. SALMO RESPONSORIAL – (SALMO 129/130) R.: NO SENHOR TODA GRAÇA E REDENÇÃO!/ 1. Das profundezas eu clamo a Vós, Senhor, escutai a minha voz! Vossos ouvidos estejam bem atentos ao clamor da minha prece!/ 2. Se levardes em conta nossas faltas, quem haverá de subsistir? Mas em vós se encontra o perdão, eu vos temo e em vós espero./ 3. No Senhor ponho a minha esperança, espero em sua palavra. A minh’alma espera no Senhor mais que o vigia pela aurora./ 4. Espere Israel pelo Senhor mais que o vigia pela aurora. Pois no Senhor se encontra toda graça e copiosa redenção. Ele vem libertar a Israel de toda a sua culpa.
7. 2ª LEITURA (Rm 8,8-11) – Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.
Irmãos: 8Os que vivem segundo a carne não podem agradar a Deus. 9Vós não viveis segundo a carne, mas segundo o Espírito, se realmente o Espírito de Deus mora em vós. Se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo. 10Se, porém, Cristo está em vós, embora vosso corpo esteja ferido de morte por causa do pecado, vosso espírito está cheio de vida, graças à justiça. 11E, se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos mora em vós, então aquele que ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos vivificará também vossos corpos mortais por meio do seu Espírito que mora em vós. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
8. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: LOUVOR E GLÓRIA A TI, SENHOR, CRISTO PALAVRA, PALAVRA DE DEUS!/ Eu sou a ressurreição, eu sou a vida. Quem crê em mim não morrerá eternamente.
9. EVANGELHO – (Jo 11, 3-7.17.20-27.33b-45) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
Naquele tempo, 3As irmãs mandaram então dizer a Jesus: “Senhor, aquele que amas está doente”. 4Ouvindo isto, Jesus disse: “Esta doença não leva à morte; ela serve para a glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela”. 5Jesus era muito amigo de Marta, de sua irmã Maria e de Lázaro. 6Quando ouviu que este estava doente, Jesus ficou ainda dois dias no lugar onde se encontrava. 7Então, disse aos discípulos: “Vamos de novo à Judeia”. 17Quando Jesus chegou, encontrou Lázaro sepultado havia quatro dias. 20Quando Marta soube que Jesus tinha chegado, foi ao encontro dele. Maria ficou sentada em casa. 21Então Marta disse a Jesus: “Senhor, se tivesses estado aqui, meu irmão não teria morrido. 22Mas mesmo assim eu sei que o que pedires a Deus, ele to concederá”. 23Respondeu-lhe Jesus: “Teu irmão ressuscitará”. 24Disse Marta: “Eu sei que ele ressuscitará na ressurreição, no último dia”. 25Então Jesus disse: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, mesmo que morra, viverá.26E todo aquele que vive e crê em mim, não morrerá jamais. Crês isto?” 27Respondeu ela: “Sim, Senhor, eu creio firmemente que tu és o Messias, o Filho de Deus, que devia vir ao mundo”. 33Jesus ficou profundamente comovido, 34e perguntou: “Onde o colocastes?” Responderam: “Vem ver, Senhor”. 35E Jesus chorou. 36Então os judeus disseram: “Vede como ele o amava!” 37Alguns deles, porém, diziam: “Este, que abriu os olhos ao cego, não podia também ter feito com que Lázaro não morresse?” 38De novo, Jesus ficou interiormente comovido. Chegou ao túmulo. Era uma caverna, fechada com uma pedra. 39Disse Jesus: “Tirai a pedra!” Marta, a irmã do morto, interveio: “Senhor, já cheira mal. Está morto há quatro dias”. 40Jesus lhe respondeu: “Não te disse que, se creres, verás a glória de Deus?” 41Tiraram então a pedra. Jesus levantou os olhos para o alto e disse: “Pai, eu te dou graças porque me ouviste. 42Eu sei que sempre me escutas. Mas digo isto por causa do povo que me rodeia, para que creia que tu me enviaste”. 43Tendo dito isso, exclamou com voz forte: “Lázaro, vem para fora!” 44O morto saiu, atado de mãos e pés com os lençóis mortuários e o rosto coberto com um pano. Então Jesus lhes disse: “Desatai-o e deixai-o caminhar!” 45Então, muitos dos judeus que tinham ido à casa de Maria e viram o que Jesus fizera, creram nele. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
10. HOMILIA
11. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, Criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
12. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos, oremos a Cristo Jesus, que se fez nosso mestre, exemplo e irmão, dizendo: Senhor da vida, escutai a nossa prece!
TODOS: SENHOR DA VIDA, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
1. Pelo Santo Padre, o Papa Francisco, para que desempenhe o seu ministério petrino na firmeza da fé, para o bem de todo o povo de Deus, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR DA VIDA, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
2. Pelos que estão espiritualmente mortos pelo desânimo, pelos sofrimentos ou pelos hábitos de pecado, para que redescubram a fortaleza da graça de Deus, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR DA VIDA, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
3. Por todos aqueles que estão tristes e inconsoláveis pela morte dos seus familiares, para que encontrem em Cristo a consolação e a esperança, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR DA VIDA, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
4. Por todos nós aqui reunidos, para que Jesus nos fortaleça na fé e nos faça crescer na caridade por meio do exercício das obras de misericórdia, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR DA VIDA, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
(Preces Espontâneas)
P.: Senhor Jesus, atendei nossas preces e concedei-nos que, seguindo os Vossos mandamentos, nos preparemos dignamente para as Festas que se aproximam. Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
13. CANTO DE OFERTAS – 1. Muito alegre eu te pedi o que era meu, partir, um sonho tão normal. Dissipei meus bens e o coração também, no fim meu mundo era irreal!/ R.: CONFIEI NO TEU AMOR E VOLTEI, SIM AQUI É MEU LUGAR, EU GASTEI TEUS BENS, Ó PAI, E TE DOU ESTE PRANTO EM MINHAS MÃOS./ 2. Mil amigos conheci, disseram adeus, caiu a solidão em mim. Um patrão cruel levou-me a refletir: meu pai não trata um servo assim!/ 3. Nem deixaste-me falar da ingratidão, morreu no abraço o mal que eu fiz. Festa, roupa nova, anel, sandália aos pés. Voltei à vida, sou feliz!
14. P.: Orai, irmãos e irmãs…
15. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Deus todo-poderoso, concedei aos vossos filhos e filhas que, formados pelos ensinamentos da fé cristã, sejam purificados por este sacrifício. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
16. ORAÇÃO EUCARÍSTICA II – MR (p. 478) – Prefácio: Ressurreição de Lázaro (MR p. 212)
17. RITO DA COMUNHÃO
18. CANTO DE COMUNHÃO – R.: COM AMOR ETERNO EU TE AMEI, DEI A MINHA VIDA POR AMOR. AGORA, VAI, TAMBÉM AMA O TEU IRMÃO. AGORA, VAI, TAMBÉM AMA O TEU IRMÃO./ 1. Já não somos servos, mas os teus amigos, à tua mesa nos sentamos pra comermos deste pão./ 2. Que nossa amizade se estenda a todos, pois o Cristo nos ensina que o amor é dom total./ 3. Terá recompensa até um copo d’água. O amor que é verdadeiro se traduz em gesto e vida./ 4. Cristo, partilhando sua graça e vida, quer que, unidos, a vivamos sempre entre os irmãos./ 5. Se permanecermos no amor de Cristo, viveremos sua mensagem de esperança e alegria./ 6. O pão da alegria nos alimentou, que ele seja nossa força e nos sustente a caminhada.
19. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Concedei, ó Deus todo-poderoso, que sejamos sempre contados entre os membros de Cristo cujo Corpo e Sangue comungamos. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
20. ORAÇÃO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE – 2017
Deus, nosso Pai e Senhor, nós vos louvamos e bendizemos, por vossa infinita bondade. Criastes o universo com sabedoria e o entregastes em nossas frágeis mãos para que dele cuidemos com carinho e amor. Ajudai-nos a ser responsáveis e zelosos pela Casa Comum. Cresça, em nosso imenso Brasil, o desejo e o empenho de cuidar mais e mais da vida das pessoas, e da beleza e riqueza da criação, alimentando o sonho do novo céu e da nova terra que prometestes. Amém!
RITOS FINAIS
21. BREVES AVISOS
22. BÊNÇÃO FINAL – MR (p. 521).
P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Deus, Pai de misericórdia, conceda a todos vós, como concedeu ao filho pródigo, a alegria do retorno à casa. TODOS: AMÉM. P.: O Senhor Jesus Cristo, modelo de oração e de vida, vos guie nesta caminhada quaresmal a uma verdadeira conversão. TODOS: AMÉM. P.: O Espírito de sabedoria e fortaleza vos sustente na luta contra o mal, para poderdes com Cristo celebrar a vitória da Páscoa. TODOS: AMÉM. P.: Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
CANTO OPCIONAL – CAMPANHA DA FRATERNIDADE – 2017
1. Louvado seja, ó Senhor, pela mãe terra, que nos acolhe, nos alegra e dá o pão (cf. LS, n.1). Queremos ser os teus parceiros na tarefa de “cultivar o bem guardar a criação.”/ R.: DA AMAZÔNIA ATÉ OS PAMPAS, DO CERRADO AOS MANGUEZAIS, CHEGUE A TI O NOSSO CANTO PELA VIDA E PELA PAZ./ 2. Vendo a riqueza dos biomas que criaste, feliz disseste: tudo é belo, tudo é bom! E pra cuidar a tua obra nos chamaste a preservar e cultivar tão grande dom (cf. Gn 1-2)./ 3. Por toda a costa do país espalhas vida; São muitos rostos – da Caatinga ao Pantanal: Negros e índios, camponeses: gente linda, lutando juntos por um mundo mais igual./ 4. Senhor, agora nos conduzes ao deserto e, então nos falas, com carinho, ao coração (cf. Os 2.16), pra nos mostrar que somos povos tão diversos, mas um só Deus nos faz pulsar o coração./ 5. Se contemplamos essa “mãe” com reverência, não com olhares de ganância ou ambição, o consumismo, o desperdício, a indiferença se tornam luta, compromisso e proteção (cf LS, n.207)./ 6. Que entre nós cresça uma nova ecologia (cf LS, cap.IV), onde a pessoa, a natureza, a vida, enfim, possam cantar na mais perfeita sinfonia ao Criador que faz da terra o seu jardim.

Preparando a Partilha da Palavra
Nesta caminhada Quaresmal, fizemos memória de Jesus que vence o tentador, que se transfigura no alto da montanha, que dialoga com a samaritana e cura o cego de nascença. Hoje Jesus se apresenta como e a “Ressurreição e Vida”. Vida que foi restituída a Lázaro e que está ligada à amizade, ao amor fraterno, à compaixão… O Evangelho deixa-nos ver, com evidência, a figura de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, perfeito Deus e perfeito homem. O apóstolo Paulo nos diz que vivemos uma vida nova, pelo Espírito de Cristo que habita em nós. Quem vive segundo o Espírito de Deus terá vida. Jesus nos convida a olhar tanto para a morte física de Lázaro, quanto para a morte espiritual de que podemos ser vítimas. Muitas vezes amarrados, presos por mil coisas, perdemos o sentido da vida e nos isolamos, deixando de participar do convívio comunitário. Diante de tantas ameaças: (doenças, divisões, desespero, marginalização, violência, destruição da natureza…) Jesus vem ao nosso encontro e brada-nos como fez a Lázaro: “Sai para fora”! Sai da sua enfermidade física e moral, da sua preguiça, do seu egoísmo… da sua indiferença com a vida em nosso Planeta e com tudo o que Deus criou e, deixou para que usássemos de forma sensata e saudável. É tempo de nos revestir de Cristo para celebrar a Páscoa que se aproxima e nos preocupar e defender a vida que está sendo ameaçada pelo aborto, eutanásia, doentes sem assistência, crianças e idosos desrespeitados… É o próprio Jesus que nos convida a crescer na fé por meio de uma comunidade viva que se reúne para celebrar em Seu nome. Uma comunidade de fé transforma-se em testemunha viva da ressurreição de Cristo. “Sim, cremos que és a Ressurreição e a Vida”. É a partir da fé que podemos ser solidários com os sofredores. E enquanto cristãos somos desafiados a desatar as amarras do nosso coração e sermos guardiões da obra da criação de Deus, amada e desejada por Ele. Qual é a nossa atitude em relação à defesa da vida em nossa comunidade? O que nos impede de ajudar as pessoas a se libertar dos empecilhos que não as deixam viver na dignidade autêntica de filhos e filhas de Deus?
LEITURAS DA SEMANA
Seg: Dn 13,1-9.15-17.19-30.33-62 ou mais breve: Dn 13,41c-62; Sl 22(23),1-3a.3b-4.5.6 (R/. 4a); Jo 8,1-11
Ter: CmFac., de Sato Izidro BDr. Nm 21,4-9; Sl 101(102), 2-3. 16-18. 19-21(R./ 2) ; Jo 8,21-30
Qua: CmFac., de S. Vicente Ferrer. Presb, MFac. Dn 3,14-20.24.49a.91-92.95; Cânt.: Dn 3,52.53.54.55.56 (R/. 52b) ; Jo 8,31-42
Qui: Gn 17,3-9; Sl 104 (105),4-5.6-7.8-9 (R/. 8a) ; Jo 8,51-59
Sex: CmFac., de S. João Batista de La Salle Presb. Jr 20,10-13; Sl 17 (18), 2-3a. 3bc-4. 5-6.7 (R/. cf. 7) ; Jo 10,31-42
Sáb: Ez 37, 21-28; Cânt.: Jr 31, 10.11-12ab.13 (R/.cf. 10d); Jo 11, 45-56
Primeira Semana do Saltério
Quinto Domingo da Quaresma

Você pode Gostar de:

PRIMEIRO DOMINGO DA QUARESMA

“ADORARÁS AO SENHOR TEU DEUS E SOMENTE A ELE PRESTARÁS CULTO.” (Mt 4,10b) 5 de …