Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – Solenidade de Pentecostes 04.06.2017

Liturgia – Solenidade de Pentecostes 04.06.2017

LITURGIA – PENTECOSTES.04.06.2017

“Enviai vosso Espírito Santo, Senhor,e renovai toda a face da terra!”

1.Acolhida
Reunidos no Cenáculo, os Apóstolos foram envolvidos pela irrupção do espírito Santo, que desceu sobre eles na forma de línguas de fogo. Foram transformados, passando de discípulos tímidos e escondidos para Apóstolos corajosos e anunciadores do Mistério de Jesus Ressuscitado.
Reunidos em oração nesta igreja, como os Apóstolos estavam reunidos no Cenáculo, preparemos nosso coração para acolher o Espírito Santo. Ele nos transformará em Apóstolos de Jesus junto ao mundo de hoje. Precisamos ser iluminados pelo espírito Santo, pois, “Ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor, a não ser sob a ação do Espírito Santo!”.

2.Palavra de Deus.
At 2,1-11 – O “advogado”, prometido por Jesus, chegou e já cumpre a sua missão: transforma os discípulos medrosos em Apóstolos corajosos: Anunciam Jesus com segurança e sem nenhum medo!

1Co 12,3b-7,12-13 – O Espírito Santo é alma e a força da Igreja. Ele a mantêm unida e com vigor necessário para anunciar Jesus a todos os povos e manter a unidade da Fé: “Uma só esperança, uma só fé, um só batismo, um só Senhor, um só Espírito e um só Deus, Pai de todos”.

Jo 20,19-23 – Jesus ressuscitado entra na sala do Cenáculo, onde estavam os discípulos reunidos e cheios de medo. Desejou-lhes a paz e confiou-lhes a continuidade de sua missão (Missão de Jesus), agora, iluminados pelo Espírito Santo.

3.Reflexão.
Os peregrinos, presentes em Jerusalém, vindos de todos os recantos do Império Romano, ouviam a pregação do Evangelho em sua própria língua. O Espírito Santo fez os Apóstolos saírem do Cenáculo, ir à rua e anunciar a Boa Nova do Evangelho. Igreja missionária! A Igreja de hoje precisa sair da sacristia e do interior da igreja, alcançar as ruas e lá procurar àqueles que nunca ouviram falar de Jesus. Uma Igreja em saída!

A presença do Espírito Santo garante a verdadeira identidade da Igreja: Ele recebe o Espírito Santo que o mundo desconhece e não pode receber, pois, não procura a verdade. “Eu rogarei ao Pai, Ele vos dará um outro Paráclito (…) o Espírito da Verdade que o mundo não pode recebe.” (Jo 14,16-17). De que mundo está falando Jesus? Do mundo dos mal intencionados, dos inimigos da verdade e que não querem ouvir a sua Palavra!

Aquele que ouve e acolhe a Palavra de Jesus em seu coração, vence o mundo do mal. Para isso, precisamos acolher a Palavra de Jesus em nosso coração, deixar-se iluminar por ela (…) mas para isso, precisamos ter tempo e silêncio para escutar e ouvir a sua Palavra. Com certeza, a Palavra de Deus não ressoa no meio do barulho tão a gosto do mundo atual. O barulho é o clima do ídolo Baal; Deus se revela no silêncio de uma suave brisa. (Leia 1Re 19).

Na celebração da Eucaristia, a Palavra de Deus transforma o pão e o vinho em Corpo e Sangue de Jesus Cristo. Participando do Corpo e Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo, seremos reunidos num só corpo! Que o Espírito Santo venha sobre nós e nos mantenha na Igreja como irmãos bem unidos e alegres pela certeza da salvação. A Igreja sempre precisou do Espírito Santo. É Ele quem conduz a Igreja de Jesus!

“Vinde Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis!Enchei e iluminai a vossa Igreja.”

Frei Carlos Zagonel, OFMCap
http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=4576

Você pode Gostar de:

3º Encontro Arquidiocesano de Catequistas

3º Encontro Arquidiocesano de Catequistas Tema: A arte de amar Será no dia 05 de …