Página Inicial / Animação Litúrgica / 17ºDomingo do Tempo Comum

17ºDomingo do Tempo Comum

OS VALORES DO REINO DE DEUS É A VERDADEIRA SABEDORIA
30 de julho de 2017
DÉCIMO SÉTIMO DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO A
Cor Litúrgica: Verde
A.: Meus irmãos, a verdadeira sabedoria consiste em reconhecer que não existe maior tesouro do que encontrar a Cristo e corresponder ao Seu amor. Iniciemos a Santa Missa.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – 1. Vamos caminhando lado a lado; Somos teus amigos, ó Senhor! Tua amizade é nossa alegria, por isso Te louvamos com amor./ 2. Cristo é modelo de amizade, pois nos deu a vida por amor. Dele recebemos força e alegria, para nos doarmos como irmãos. / 3. Seja o nosso encontro com o Pai um sinal da nossa união, para que, vivendo nós em sua graça, levemos paz e amor aos corações./ 4. Nossa luz e força é o Senhor. Ele que alegra nossa vida. Sendo nosso Pai, quer ser irmão, por amor se fez nossa comida.
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: O Senhor que encaminha os nossos corações para o amor de Deus e a constância de Cristo esteja convosco! TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: De coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que tenha piedade de nós, pecadores. Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
4. HINO DE LOUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Ó Deus, sois o amparo dos que em vós esperam e, sem vosso auxílio, ninguém é forte, ninguém é santo; redobrai de amor para conosco, para que, conduzidos por vós, usemos de tal modo os bens que passam, que possamos abraçar os que não passam. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA A.: Irmãos, o Reino pregado por Cristo exige decisão, empenho e discernimento. Ouçamos atentamente a Palavra de hoje.
6. 1ª LEITURA (Rs 3,5.7-12). – Leitura do Primeiro Livro dos Reis.
Naqueles dias, 5em Gabaon o Senhor apareceu a Salomão, em sonho, durante a noite, e lhe disse: “Pede o que desejas, e eu te darei”. 7E Salomão disse: “Senhor meu Deus, tu fizeste reinar o teu servo em lugar de Davi, meu pai. Mas eu não passo de um adolescente, que não sabe ainda como governar. 8Além disso, teu servo está no meio do teu povo eleito, povo tão numeroso que não se pode contar ou calcular. 9Dá, pois, ao teu servo, um coração compreensivo, capaz de governar o teu povo e de discernir entre o bem e o mal. Do contrário, quem poderá governar este teu povo tão numeroso?” 10Esta oração de Salomão agradou ao Senhor 11e Deus disse a Salomão: “Já que pediste esses dons e não pediste para ti longos anos de vida, nem riquezas, nem a morte de teus inimigos, mas sim sabedoria para praticar a justiça, 12vou satisfazer o teu pedido; dou-te um coração sábio e inteligente, como nunca houve outro igual antes de ti, nem haverá depois de ti”. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (Do Salmo 118/119)
R.: COMO EU AMO, SENHOR, A VOSSA LEI, VOSSA PALAVRA! / 1. É esta a parte que escolhi por minha herança: observar vossas palavras, ó Senhor! A lei de vossa boca, para mim, vale mais do que milhões em ouro e prata. / 2. Vosso amor seja um consolo para mim, conforme a vosso servo prometestes. Venha a mim o vosso amor e viverei, porque tenho em vossa lei o meu prazer!/ 3. Por isso amo os mandamentos que nos destes, mais que o ouro, muito mais que o ouro fino! Por isso eu sigo bem direito as vossas leis, detesto todos os caminhos da mentira./ 4. Maravilhosos são os vossos testemunhos, eis por que meu coração os observa! Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, ela dá sabedoria aos pequeninos.
8. 2ª LEITURA (Rm 8,28-30) – Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.
Irmãos: 28Sabemos que tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados para a salvação, de acordo com o projeto de Deus. 29Pois aqueles que Deus contemplou com seu amor desde sempre, a esses ele predestinou a serem conformes à imagem de seu Filho, para que este seja o primogênito numa multidão de irmãos. 30E aqueles que Deus predestinou, também os chamou. E aos que chamou, também os tornou justos; e aos que tornou justos, também os glorificou. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA!/ Eu te louvo, ó Pai Santo, Deus do céu, Senhor da terra: os mistérios do teu Reino aos pequenos, Pai, revelas.
10. EVANGELHO – (Mt 13,44-52) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 44“O Reino dos Céus é como um tesouro escondido no campo. Um homem o encontra e o mantém escondido. Cheio de alegria, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquele campo. 45O Reino dos Céus também é como um comprador que procura pérolas preciosas. 46Quando encontra uma pérola de grande valor, ele vai, vende todos os seus bens e compra aquela pérola. 47O Reino dos Céus é ainda como uma rede lançada ao mar e que apanha peixes de todo tipo. 48Quando está cheia, os pescadores puxam a rede para a praia, sentam-se e recolhem os peixes bons em cestos e jogam fora os que não prestam. 49Assim acontecerá no fim dos tempos: os anjos virão para separar os homens maus dos que são justos, 50e lançarão os maus na fornalha de fogo. E aí haverá choro e ranger de dentes. 51Compreendestes tudo isso?” Eles responderam: “Sim”. 52Então Jesus acrescentou: “Assim, pois, todo o mestre da Lei, que se torna discípulo do Reino dos Céus, é como um pai de família que tira do seu tesouro coisas novas e velhas”. Palavra da Salvação.
TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
12. HOMILIA
13. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
14. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos e irmãs, ao Deus de poder e bondade, que nos ama e sabe do que temos necessidade, abramos o coração com alegria e O aclamemos com louvores, dizendo: Nós Vos louvamos, Senhor, e em Vós confiamos!
TODOS: NÓS VOS LOUVAMOS, SENHOR, E EM VÓS CONFIAMOS!
1) Pelo Santo Padre, o Papa Francisco, para que, com entusiasmo e fé sempre renovados, conduza todos os povos na edificação do Reino de Deus, rezemos ao Senhor.
TODOS: NÓS VOS LOUVAMOS, SENHOR, E EM VÓS CONFIAMOS!
2) Pelos membros das Pastorais e dos Movimentos de nossa Arquidiocese, para que se coloquem a serviço do Reino, por meio da prática da misericórdia, rezemos ao Senhor.
TODOS: NÓS VOS LOUVAMOS, SENHOR, E EM VÓS CONFIAMOS!
3) Pelos jovens do mundo inteiro, para que possam ser promotores da esperança, levando a Boa Nova da Salvação aos jovens batizados que estão afastados da Igreja, rezemos ao Senhor.
TODOS: NÓS VOS LOUVAMOS, SENHOR, E EM VÓS CONFIAMOS!
4) Por todos nós aqui reunidos, para que a tentação do dinheiro e das riquezas não nos domine, rezemos ao Senhor.

TODOS: NÓS VOS LOUVAMOS, SENHOR, E EM VÓS CONFIAMOS!
(Preces Espontâneas):
P.: Deus, Pai de misericórdia, sempre atento às necessidades da nossa vida, escutai as orações dos vossos filhos e sede para eles refúgio e proteção. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
15. CANTO DE OFERTAS – R.: COM ALEGRIA OFEREÇO O MEU SACRIFÍCIO E VOU CANTANDO E LOUVANDO AO SENHOR!/ 1. És nossa força, és nossa vida, e por isso queremos louvar-te, ao Teu Nome elevar nossas mãos. Com alegria ofereço o meu sacrifício e vou cantando e louvando ao Senhor! Feliz o povo que Te procura, caminhando à luz do Teu rosto e buscando a verdade e o amor.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Acolhei, ó Pai, os dons que recebemos da vossa bondade e trazemos a este altar. Fazei que estes sagrados mistérios, pela força da vossa graça, nos santifiquem na vida presente e nos conduzam à eterna alegria. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. PARA DIVERSAS CIRCUNSTÂNCIAS VI C – Jesus, caminho para o Pai – MR (P. 854)
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – 1. Na mesa sagrada se faz unidade, no pão que alimenta, que é pão do Senhor. Formamos família na fraternidade: não há diferença de raça e de cor./ R.: IMPORTA VIVER, SENHOR, UNIDOS NO AMOR, NA PARTICIPAÇÃO, VIVENDO EM COMUNHÃO!/ 2. Chegar junto à mesa é comprometer-se, é a Deus converter-se com sinceridade. O grito dos fracos devemos ouvir e, em nome de Cristo, amar e servir./ 3. Enquanto na terra o pão for partido, o homem nutrido se transformará, vivendo a esperança num mundo melhor: com Cristo lutando, o amor vencerá./ 4. Se participamos da Eucaristia, é grande a alegria que Deus oferece. Porém não podemos deixar esquecida a dor, nesta vida, que o pobre padece./ 5. Assim, comungando da única vida, a morte vencida será nossa sorte. Se, unidos, buscarmos a libertação, teremos com Cristo a ressurreição.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Recebemos, ó Deus, este sacramento, memorial permanente da paixão do vosso Filho; fazei que o dom da vossa inefável caridade possa servir à nossa salvação. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO JUBILAR 300 ANOS DE BÊNÇÃOS
Senhora Aparecida, Mãe Padroeira, em vossa singela imagem, há 300 anos aparecestes nas redes dos três benditos pescadores no Rio Paraíba do Sul. Como sinal vindo do céu, em vossa cor, vós nos dizeis que para o Pai não existem escravos, apenas filhos muito amados. Diante de vós, embaixadora de Deus, rompem-se as correntes da escravidão! Assim, daquelas redes, passastes para o coração e a vida de milhões de outros filhos e filhas vossos. Para todos tende sido bênção: peixes em abundância, famílias recuperadas, saúde alcançada, corações reconciliados, vida cristã reassumida. Nós vos agradecemos tanto carinho, tanto cuidado! Hoje, em vosso Santuário e em vossa visita peregrina, nós vos acolhemos como mãe, e de vossas mãos recebemos o fruto de vossa missão entre nós: o vosso Filho Jesus, nosso Salvador. Recordai-nos o poder, a força das mãos postas em prece! Ensinai-nos a viver vosso jubileu com gratidão e felicidade! Fazei de nós, vossos filhos e filhas, irmãos e irmãs de nosso irmão Primogênito, Jesus Cristo. Amém!
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL
CANTO OPCIONAL – OFERTA
R.: NESTE PÃO E NESTE VINHO, O SUOR DE NOSSAS MÃOS, O TRABALHO E A JUSTIÇA PARA TODOS OS IRMÃOS./ 1. Ofertamos, ó Senhor, os sofrimentos dos pequenos e dos pobres, teus amados; dos que lutam à procura de trabalho, das crianças e anciãos abandonados./ 2. Ofertamos a firmeza e a coragem dos que lutam em favor dos oprimidos, dos famintos e sedentos de justiça e que são, por tua causa, perseguidos./ 3. Ofertamos, ó Senhor, toda a certeza na vitória do amor sobre o pecado. Tua luz há de brilhar, vencendo a treva sobre o mundo convertido e renovado.

Preparando a Partilha da Palavra
A primeira leitura concentra-se na Sabedoria. Sábio é aquele que sabe discernir entre os caminhos de Deus e dos homens. A Sabedoria está no próprio Deus e é testemunhada por suas obras maravilhosas, tornando-se para quem o ama, o Mandamento, a Lei, a Palavra de ordem, mais preciosa que o ouro. O rei Salomão, ainda muito jovem, escolhe a Sabedoria como dom, para governar com justiça. A sua escolha é um alerta a todos nós que temos responsabilidades na comunidade (seja em termos civis, religiosos, políticos…). Ele nos convida a uma verdadeira atitude de serviço em benefício de toda comunidade e a concretização do bem comum. Na segunda leitura, o apóstolo Paulo faz uma reflexão sobre o Projeto de Salvação que Deus tem para oferecer à humanidade. Ele, em Sua infinita bondade, oferece gratuitamente ao homem pecador a Sua graça e dá-lhe a possibilidade de chegar à salvação; e é em Jesus Cristo que esse dom de Deus se comunica. No evangelho, Jesus nos apresenta a parábola do tesouro escondido e o da pérola preciosa. As duas sugerem que o Reino proposto por Jesus (esse mundo de paz, de amor, de serviço, de fraternidade, de reconciliação que Jesus veio oferecer) é o tesouro precioso que os seus seguidores devem abraçar, antes de qualquer outro valor ou proposta. Jesus nos mostra qual é o valor supremo sobre o qual vale a pena “investir tudo”. Ele nos ensina a escolher o que vale mais: “o Reino de Deus”. Para participar dele vale colocar tudo em jogo. A parábola da rede e dos peixes vem nos mostrar que o Reino não é um condomínio fechado, onde só há gente escolhida e santa, mas é uma realidade onde o bem e o mal crescem juntos. E Deus não tem pressa; por isso dá ao ser humano o tempo necessário para amadurecer e fazer as suas escolhas. Quem compreende com Sabedoria o Mistério do Reino, é capaz de fazer sua escolha pelo bem, deixar tudo e assumir como meta em sua vida o Mandamento do Amor. Quais os valores pelos quais somos capazes de deixar tudo? Que significado tem as propostas de Jesus em nossa vida?

LEITURAS DA SEMANA
Seg.: Sto. Inácio de Loyola Presb., memória. Ex 32,15-24.30-34; Sl 105(106); Mt 13,31-35.
Ter.: Sto. Afonso Maria de Ligório BDr, memória. Ex 33,7-11; 34,5b-9.28; Sl 102(103); Mt 13,36-43.
Qua.: Sto. Eusébio de Vercelli B; Pedro Julião Eymard Presb, MFac. Ex 34,29-35; Sl 98(99); Mt 13,44-46.
Qui.: Ex 40,16-21.34-38; Sl 83(84); Mt 13,47-53.
Sex.: S. João Maria Vianney Presb, memória. Lv 23,1.4-11.15-16.27.34b-37; Sl 80(81); Mt 13,54-58
Sáb.: Dedicação da Basílica de Sta. Maria Maior, MFac. Lv 25,1.8-17; Sl 66(67); Mt 14,1-12
Primeira Semana do Saltério
Décima Sétima Semana do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE

SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE SANTÍSSIMA TRINDADE: FONTE DE COMUNHÃO E MODELO DE COMUNIDADE. 11 de …