Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 14º Domingo Comum

Liturgia – 14º Domingo Comum

LITURGIA – 14º DOMINGO COMUM
“Deus revela seus segredos aos pequenos!”
1.Acolhida.
Os domingos comuns são domingos para a catequese de Jesus. Como é gostoso ser instruído por Ele. Hoje Ele revela seu segredo maior: Sua intimidade com o Pai e com o Espírito Santo. Ele exulta de alegria por estar com o Pai e com o Espírito Santo: “Jesus exultou de alegria no Espírito Santo!”.
Esta alegria habita, também, em nós quando deixamos o Espírito Santo iluminar e falar ao nosso coração! Ele conhece todos os segredos de Deus e os repassa ao coração humano quando humilde e atento a voz do Espírito que está em nosso coração!

2.Palavra de Deus
Zc 9,9-10 – O profeta Zacarias núncia a chegada de um Messias pacífico, que irá pacificar o coração e a própria vida humana. Nosso Deus não cultiva a guerra, a violência e a angústia. Ele revela o amor misericordioso de nosso Deus.

Rm 8,9.11-13 – Deus derrama em nosso coração o seu Espírito para vivermos em paz e voltados para as causas de Deus. A carne leva à morte, mas o Espírito suscita a vida e a alegria.

Mt 11,25-30 – Jesus revela sua ligação com o Pai, causa de sua alegria, e manifesta todo o seu afeto filial para com o Pai. Deus Pai derramou toda sua grandeza infinita no coração de Jesus, seu Filho querida. O Espírito Santo é quem revela ao nosso coração o amor misericordioso e paternal de Deus. E Jesus garante: “Ninguém pode vir a mim se o Pai que me enviou não o atrair!”.

3.Reflexão.
A experiência afetuosa e filial entre o Pai e Jesus, revelada pelo próprio Jesus pode ser vivida pelos discípulos de Jesus – nós mesmos – se acolhermos com humildade e reconhecimento este grande segredo de Deus nosso Pai! Mas quem seriam os felizes atraídos pelo Pai? O evangelho revela o segredo: Não são os sábios e nem os entendidos – numa palavra – não são os grandes, mas os pequenos. Jesus é o Filho de Deus, mas apenas os pequenos, os humildes e os dóceis podem compreendê-lo! Os pescadores e os pastores acolheram Jesus; mas os grandes, como Nicodemos e Saulo, tiveram que percorrer um logo caminho de sofrimentos até atingir a sabedoria dos humildes que não roubam nada da glória de Deus. O ser humano é um nada diante de Deus, mas é amado por Ele. Todos somos necessitados do amor gratuito e incondicional de Deus para viver!

O panorama da presença humana em nossas Igrejas durante os cultos dominicais não é de pessoas importantes! Pelo contrário, lá estão muitos dos abandonados pelo mundo dos grandes – até ridicularizados por cause de sua fé e prática religiosa. Não tem onde cair mortos! Mas, estes são os preferidos do Senhor, são aqueles que acreditam no amor infinito e incondicional de nosso Deus. Disse Jesus: “Eu te bendigo, Pai, senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos, mas as revelastes aos pequenos.” Com certeza, estão não é a lógica humana, mas a lógica divina que é a loucura da cruz! Qualquer um de nós pode debruçar-se sobre os segredos de Deus e procurar compreender sua lógica, mas a condição necessária é a humildade. O Cristianismo não se apóia sobre a ignorância humana, mas sobre a humildade do homem.

Os caminhos de Deus não seguem a lógica do poder e domínio do homem, mas humilde escuta do Espírito Santo que penetra todos os segredos de Deus e pode revelá-los aos humildes e sedentos de verdade.

“Eu te louvo, ó Deus Santo, por revelas os teus segredos aos pequenos”.

Frei Carlos Zagonel, OFMCap

http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=4628

Você pode Gostar de:

Horários de Missas : Paróquias da Arquidiocese

Horários de Missas – Confira os horários das Sedes Paroquiais: Compartilhar com WhatsApp