Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 19º Domingo Comum – 13.08.2017

Liturgia – 19º Domingo Comum – 13.08.2017

LITURGIA – 19º DOMINGO COMUM
“Homem fraco na fé, por que duvidaste?”
1.Acolhida.
Vencida uma semana de trabalho e de compromissos sociais e profissionais, precisamos recarregar nossas pilhas da fé! Depois de um dia de intenso trabalho junto a um povo abandonado, Jesus mandou os Apóstolos atravessar, de barco, o Mar da Galiléia. Ele subiu à montanha par rezar!
De madrugada, Jesus alcançou os Apóstolos caminhando sobre as ondas do mar!  Eles se assustaram pensando que fosse um fantasma! Mas Jesus os acalmou dizendo-lhes: “Coragem! Sou Eu, não tenham medo!” Pedro pede para ele, também, caminhar sobre as ondas do mar!
O fato, narrado pelo Evangelho, ilumina a vida da Igreja: Ela não reza como Jesus, vive cercada de medos (fantasmas), é fraca na fé e precisa da mão forte do Mestre para não se afogar! Ela precisa fortalecer a sua fé: “Homem (Igreja) fraco na fé, por que duvidaste?”.

2.Palavra de Deus.
1Re19,911-13 – O profeta Elias, perseguido e votado à morte, foge, desanimado, pelo deserto de Judá e deseja morrer, mas Deus ordena-lhe subir o Monte Horeb para estar a sós com Ele e receber uma nova missão.

Rm 9,1-5 – O Apóstolo Paulo ama o Povo de Israel e deseja até morrer em seu lugar para salvá-lo. Amor heróico, comprometido e solidário com o Povo de Israel. Sem amor não há salvação! O trabalho pastoral não salva ninguém; o amor, sim!

Mt 14,22-33 – Dominar o mar, caminhar sobre suas ondas, é sinal de poder divino: “Jesus veio até os discípulos, caminhando sobre as ondas do mar!” Acalma os Apóstolos assustados, dizendo: “Coragem! Sou Eu. Não tenham medo”!

3.Reflexão.
A vida cristã e a vida pastoral são movidas a oração! Mesmo as grandes figuras da Igreja, mesmo os mais ungidos… Precisam de oração incessante para evitar a tentação do orgulho e anunciar a Palavra de Deus com autenticidade. Jesus disse: “Sem mim nada podereis fazer!” (Jo 15,5). Jesus procurava lugares silenciosos para rezar! Deixou-nos o exemplo de Bom Pastor! Trabalhava de dia e rezava de noite! Era pastor e contemplativo.

O profeta Elias manteve-se como bom guerreiro, mas constantes perseguições enfraqueceram sua fé! Cansou de lutar e desejou morrer! Mas Deus o chamou para uma alta montanha e o destinou para uma nova missão! Refeito em sua fé, desceu, de imediato, da montanha, foi a Damasco cumprir sua nova missão, agora, humilde e obediente. Deixou para trás o orgulho de suas realizações e partiu!

Jesus mandou os Apóstolos atravessar o Mar da Galiléia, de noite e com ventania contrária. A ordem caracteriza bem a futura missão dos Apóstolos. Sem a presença de Jesus o barco não avança! Com a presença de Jesus a tempestade acalma e o barco chega feliz à outra margem do mar! O Reino de Deus não se realiza sem sua presença, seja na Pastoral, ou seja, na vida pessoal! Somente Jesus é o dono do mar e pode acalmar toda e qualquer tempestade! Senhor do Reino é Jesus; nós somos apenas pobres servos mandados atravessar o mar! Não podemos ser fracos na fé! Devemos colocar nossa confiança no “senhor do mar” e embarcar no barquinho de Pedro!

Muitas vezes nosso trabalho pastoral não tem sucesso! É que não basta trabalhar incessantemente; é preciso ser forte na fé e saber que somente Jesus pode tocar o coração do Povo de Deus! Jesus passava a noite em oração; certamente, louvando o Pai e pedindo pelo povo evangelizado! “Senhor, mostrai-nos a vossa Salvação.”

Frei Carlos Zagonel, OFMCAP

Fonte:http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=4682

Você pode Gostar de:

Horários de Missas : Paróquias da Arquidiocese de Cuiabá

Horários de Missas – Confira os horários das Sedes Paroquiais: Compartilhar com WhatsApp