Página Inicial / Animação Litúrgica / 29º Domingo do Tempo Comum(22.10)

29º Domingo do Tempo Comum(22.10)

DEUS É O ÚNICO SENHOR DA CRIAÇÃO E DA HISTÓRIA
Dia Mundial das Missões
22 de outubro de 2017
Cor Litúrgica: verde
A.: Irmãos amados, o mandato missionário é uma prioridade para toda a Igreja. Neste domingo,
celebramos o Dia Mundial das Missões. O tema da Campanha Missionária é: “A alegria do Evangelho para
uma Igreja em saída” e o lema: “Juntos na missão permanente”. Com o Papa Francisco, sejamos
missionários da esperança e da alegria. Iniciemos, com entusiasmo, a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS:AMÉM.
P.:Irmãos eleitos segundo a presciência de Deus Pai, pela santificação do Espírito para obedecer a Jesus
Cristo e participar da bênção da aspersão do seu sangue, graça e paz vos sejam concedidas
abundantemente.TODOS:BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL -P.: O Senhor disse: “Quem dentre vós estiver sem pecado, atire a primeira pedra”.
Reconheçamo-nos todos pecadores e perdoemo-nos mutuamente do fundo do coração. (pausa).P.:
Senhor, que na água e no Espírito nos regenerastes à vossa imagem, tende piedade de nós. TODOS:
SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.P.: Cristo, que enviais o vosso Espírito para criar em nós um coração
novo, tende piedade de nós. TODOS:CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS.P.: Senhor, que nos tornastes
participantes do vosso Corpo e do vosso Sangue, tende piedade de nós. TODOS:SENHOR, TENDE PIEDADE
DE NÓS.P.:Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida
eterna. TODOS: AMÉM.
4. HINO DE LOUVOR – Glóriaa Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus,
Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos
glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor
Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós
que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de
nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória
de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Deus eterno e todo-poderoso, dai-nos a graça de estar sempre
ao vosso dispor, e vos servir de todo o coração. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do
Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Irmãos, à luz da Palavra de Deus, nós queremos professar a certeza de que a missão do cristão se
concretiza no amor a Deus e ao próximo. Ouçamos com fé as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Is 45, 1.4-6) – Leitura do Livro do Profeta Isaías.
1Isto diz o Senhor sobre Ciro, seu Ungido: “Tomei-o pela mão para submeter os povos ao seu domínio,
dobrar o orgulho dos reis, abrir todas as portas à sua marcha, e para não deixar trancar os portões. 4Por
causa de meu servo Jacó, e de meu eleito Israel, chamei-te pelo nome: reservei-te, e não me reconheceste.
5Eu sou o Senhor, não existe outro: fora de mim não há deus. Armei-te guerreiro, sem me reconheceres,
6para que todos saibam, do oriente ao ocidente, que fora de mim outro não existe. Eu sou o Senhor, não
há outro”. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (DO SALMO 95/96)
R.:Ó FAMÍLIA DAS NAÇÕES, DAI AO SENHOR PODER E GLÓRIA!/ 1. Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! Manifestai a sua glória entre as nações e entre os povos do universo
seus prodígios!/ 2. Pois Deus é grande e muito digno de louvor, é mais terrível e maior que os outros
deuses, porque nada são os deuses dos pagãos; foi o Senhor e nosso Deus quem fez os céus./ 3. Ó família
das nações, dai ao Senhor, ó nações, dai ao Senhor poder e glória, dai-lhe a glória que é devida ao seu
nome. Oferecei um sacrifício nos seus átrios./ 4. Adorai-o no esplendor da santidade, terra inteira,
estremecei diante dele! Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!” Pois os povos ele julga com justiça.
2ª LEITURA (1Ts 1, 1-5b) – Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses.
1Paulo, Silvano e Timóteo, à Igreja dos tessalonicenses, reunida em Deus Pai e no Senhor Jesus Cristo: a
vós, graça e paz! 2Damos graças a Deus por todos vós, lembrando-vos sempre em nossas orações. 3Diante
de Deus, nosso Pai, recordamos sem cessar a atuação da vossa fé, o esforço da vossa caridade e a firmeza
da vossa esperança em nosso Senhor Jesus Cristo. 4Sabemos, irmãos amados por Deus, que sois do número
dos escolhidos. 5bPorque o nosso evangelho não chegou até vós somente por meio de palavras, mas
também mediante a força que é o Espírito Santo; e isso, com toda a abundância. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA./ Como astros no mundo vós
resplandeçais, mensagem de vida ao mundo anunciando da vida a Palavra, com fé proclamais, quais astros
luzentes no mundo brilhais!
10. EVANGELHO – (Mt 22,15-21) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.:
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, 15Os fariseus fizeram um plano para apanhar Jesus em alguma palavra. 16Então
mandaram os seus discípulos, junto com alguns do partido de Herodes, para dizerem a Jesus: “Mestre,
sabemos que és verdadeiro e que, de fato, ensinas o caminho de Deus. Não te deixas influenciar pela
opinião dos outros, pois não julgas um homem pelas aparências. 17Dize-nos, pois, o que pensas: É lícito ou
não pagar imposto a César?” 18Jesus percebeu a maldade deles e disse: “Hipócritas! Por que me preparais
uma armadilha? 19Mostrai-me a moeda do imposto!” Levaram-lhe então a moeda. 20E Jesus disse: “De
quem é a figura e a inscrição desta moeda?”. 21Eles responderam: “De César”. Jesus então lhes disse: “Dai
pois a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS,
SENHOR!
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu
único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem
Maria,padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos,
ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de
vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos,
na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos e irmãs, elevemos a Deus o louvor que Ele merece e, com confiança
filial, apresentemos-lhe nossas súplicas, dizendo: Senhor, ouvi-nos!
TODOS: SENHOR, OUVI-NOS!
1) Pela Santa Igreja de Deus, para que, sendo fiel à sua missão evangelizadora, seja um fecundo sinal do
amor misericordioso de Cristo no meio de todos os povos, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, OUVI-NOS!
2) Por Dom Falcão e Dom Francisco, que nesta semana comemoram aniversário de vida e de ordenação
episcopal, respectivamente, para que o Senhor os recompense pelo serviço oculto, silencioso e humilde
em nossa Igreja, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, OUVI-NOS!
3) Pelos dirigentes de todas as nações, para que, comprometidos com a promoção da dignidade humana,
sejam instrumentos eficazes da paz e da justiça, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, OUVI-NOS!
4) Por todos os missionários que doam suas vidas, longe da família e da pátria, para que não lhes faltem a
alegria do Evangelho, a fidelidade e a ousadia no serviço profético das missões, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, OUVI-NOS!
5) Por todos nós aqui reunidos, para que a celebração do Dia Mundial das Missões nos impulsione em
nosso compromisso missionário de ir ao encontro das pessoas, das famílias e dos excluídos para lhes
comunicar o dom do encontro com Cristo, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, OUVI-NOS!
(Preces Espontâneas):
P.:Inspirai, Senhor, as nossas ações e ajudai-nos a realizá-las, para que em Vós comece e termine tudo
aquilo que fizermos. Por Cristo, Nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS
15.P.:Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.:Dai-nos, ó Deus, usar os vossos dons servindo-vos com liberdade,
para que, purificados pela vossa graça, sejamos renovados pelos mistérios que celebramos em vossa
honra. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III– MR (p. 484) – Prefácio dos Domingos do Tempo Comum IX – O dia do
Senhor –MR (pág. 436) –
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Dai-nos, ó Deus, colher os frutos da nossa
participação na Eucaristia para que, auxiliados pelos bens terrenos, possamos conhecer os valores eternos.
Por Cristo, nosso Senhor.TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO DO MÊS MISSIONÁRIO 2017:
Deus de misericórdia, que enviaste o Teu Filho Jesus Cristo e nos sustentas com a força do Espírito Santo,
ensina-nos a caminhar juntos e, a exemplo de Maria, nossa Mãe Aparecida, na celebração dos 300 anos do
encontro da imagem, sejamos, em toda a parte, testemunhas proféticas da alegria do Evangelho para uma
Igreja em saída. Amém.
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL

Preparando a Partilha da Palavra
O profeta Isaías conta que Ciro, rei dos persas, derrubou o império babilônico e possibilitou ao povo israelita, que estava cativo, voltar para a sua terra e reconstruir o templo e a cidade de Jerusalém. A Carta aos Tessalonicenses é o
primeiro escrito do Novo Testamento. Paulo ali chega 20 anos depois da morte de Jesus e anuncia o Evangelho e organiza um pequeno grupo. Ele ficou aí poucas semanas, pois teve que fugir, perseguido que estava. Mais tarde, Timóteo traz noticias da comunidade para Paulo que se encontra em Corinto, dizendo que todos se lembravam dele. Com essa noticia ele se alegra e retoma o entusiasmo pelo anúncio do Evangelho. E tomado de emoção escreve imediatamente uma carta aos cristãos daquela comunidade. Foi o primeiro livro do Novo Testamento. A comunidade de Tessalônica torna-se exemplo de caminho a ser seguido pela “atuação da fé, esforço da caridade
e firmeza na esperança”. No Evangelho aparece o con?ito entre o mestre da justiça e as lideranças injustas. Fariseus e herodianos dirigem-se a Jesus. Após palavras de elogio, o chamam de mestre verdadeiro, dizem que ele ensinava o caminho de Deus. Depois interrogam-no se é lícito pagar o imposto a César. Jesus é muito hábil em sua resposta. Denuncia a hipocrisia. O Mestre da Justça diz que é preciso devolver a cada um o que lhe pertence. O povo pertence a Deus. Só Deus pode ser considerado Senhor das pessoas e do mundo, e ninguém mais, pois em cada um foi estampada a imagem do Deus da liberdade e da vida. Jesus afirma que acima de qualquer poder humano está Deus e seu povo, criado à sua imagem e semelhança. Não se trata de devolver uma vil moeda, mas sim de devolver a Deus seu povo, o qual não deve se submeter a nenhum poder humano que se faça passar por divino. Em tempo de tanta corrupção, podemos reconhecer vários poderosos que se colocam como deuses. O poder político coloca-se como valor absoluto. Pessoas, regimes ou estruturas que impedem a humanidade de ser “imagem de Deus” na liberdade
e na justiça. Roubam de Deus o que pertence unicamente a ele: o povo. Nesse dia, um modo de responder a Jesus é ofertar nosso compromisso com a missão da Igreja: “Ele, através da Igreja, continua a sua missão de Bom  Samaritano, curando as feridas da humanidade, e a sua missão de Bom Pastor, buscando sem descanso quem se
extraviou por veredas enviesadas e sem saída”.
(Roteiros Homilétcos do Tempo Comum II
2017 – Ano A – CNBB)

LEITURAS DA SEMANA
2ª-f: S. João de Capistrano Presb,MFac. Rm 4,20-25; Cânt.:Lc 1,69-70.71-72.73-75 (R/. cf. 68); Lc 12,13-21
3ª-f: Sto. Antônio Maria Claret B, MFac.; Rm 5,12.15b.17-19.20b-21; Sl 39(40); Lc 12,35-38
4ª-f:Sto. Antônio de Sant’Ana Galvão, memória. Rm 6,12-18; Sl 123(124); Lc 12,39-48
5a-f: Rm 6,19-23; Sl 1,1-2.3.4 e 6 (R/. Sl 39[40],5a); Lc 12,49-53
6a-f: Rm 7,18-25a; Sl 118(119); Lc 12,54-59
Sáb: Ss. Simão e Judas Tadeu, Aps, festa. Ef 2,19-22; Sl 18(19); Lc 6,12-19
Primeira Semana do Saltério
Vigésima Nona Semana do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

19ºDomingo do tempo Comum

Início da Semana Nacional da Família – Dia dos Pais e das Vocações Matrimoniais 13 …