Página Inicial / Animação Litúrgica / 32º Domingo Comum(12.05)

32º Domingo Comum(12.05)

VIGIAI, ORAI E PRATICAI A JUSTIÇA DO REINO

12 de novembro de 2017-  TRIGÉSIMO SEGUNDO DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO A
Cor Litúrgica: Verde

A.: Meus irmãos, devemos estar atentos, vigilantes e disponíveis para acolher, em cada instante de nossa
história, a vida e a salvação que Cristo nos oferece. Iniciemos a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: COM A IGREJA SUBIREMOS AO ALTAR DO SENHOR. /1. Toda a Igreja aqui
está para o encontro com Deus. Ele mesmo o marcou para nós, filhos seus./ 2. Entre nós e o Pai santo está
Jesus, nosso irmão: mediador, sacerdote, nosso ponto de união. / 3. Céus e terra estarão na oblação de
Jesus. Quer unir num rebanho os remidos da cruz.
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS:AMÉM.
P.:Irmãos eleitos segundo a presciência de Deus Pai, pela santificação do Espírito para obedecer a Jesus
Cristo e participar da bênção da aspersão do seu sangue, graça e paz vos sejam concedidas
abundantemente. TODOS:BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL -P.: No início desta celebração eucarística, peçamos a conversão do coração, fonte de
reconciliação e comunhão com Deus e com os irmãos e irmãs. P.: Senhor, que viestes ao mundo para nos
salvar, tende piedade de nós. TODOS:SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, que continuamente
nos visitais com a graça do vosso Espírito, tende piedade de nós. TODOS.CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS.
P.: Senhor, que vireis um dia para julgar as nossas obras, tende piedade de nós. TODOS:SENHOR, TENDE
PIEDADE DE NÓS. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos
conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
4. HINO DE LOUVOR – Glóriaa Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus,
Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos
glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor
Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós
que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de
nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória
de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Deus de poder e misericórdia, afastai de nós todo obstáculo
para que, inteiramente disponíveis, nos dediquemos ao vosso serviço. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso
Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.:Irmãos, a sabedoria divina nos convida a manter a lâmpada da nossa fé bem acesa por meio da vivência
dos ensinamentos de Cristo. Ouçamos com atenção as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Sb 6, 12-16) – Leitura do Livro da Sabedoria.
12A Sabedoria é resplandecente e sempre viçosa. Ela é facilmente contemplada por aqueles que a amam, e
é encontrada por aqueles que a procuram. 13Ela até se antecipa, dando-se a conhecer aos que a desejam.
14Quem por ela madruga não se cansará, pois a encontrará sentada à sua porta. 15Meditar sobre ela é a
perfeição da prudência; e quem fica acordado por causa dela, em breve há de viver despreocupado. 16Pois
ela mesma sai à procura dos que merecem, cheia de bondade, aparece-lhes nas estradas e vai ao seu
encontro em todos os seus projetos. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS
7. SALMO RESPONSORIAL – (Do Salmo 62/63) – R.:A MINH’ALMA TEM SEDE DE VÓS, E VOS DESEJA, Ó
SENHOR. / 1. Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! Desde a aurora ansioso vos busco! A minh’alma tem sede de
vós, minha carne também vos deseja, como terra sedenta e sem água./ 2. Venho, assim, contemplar-vos
no templo, para ver vossa glória e poder. Vosso amor vale mais do que a vida: e por isso meus lábios vos
louvam./ 3. Quero, pois, vos louvar pela vida, e elevar para vós minhas mãos! A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa; cantará a alegria em meus lábios./ 4. Penso em vós no meu leito, de
noite, nas vigílias suspiro por vós! Para mim fostes sempre um socorro; de vossas asas à sombra eu exulto!
8. 2ª LEITURA – mais longa – (1Ts 4, 13-18)– Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses.
13
Irmãos: não queremos deixar-vos na incerteza a respeito dos mortos, para que não fiqueis tristes como
os outros, que não têm esperança. 14Se Jesus morreu e ressuscitou – e esta é nossa fé – de modo
semelhante Deus trará de volta, com Cristo, os que através dele entraram no sono da morte.15Isto vos
declaramos, segundo a Palavra do Senhor: nós que formos deixados com vida para a vinda do Senhor não
levaremos vantagem em relação aos que morreram. 16Pois o Senhor mesmo, quando for dada a ordem, à
voz do arcanjo e ao som da trombeta, descerá do céu, e os que morreram em Cristo ressuscitarão
primeiro. 17Em seguida, nós que formos deixados com vida seremos arrebatados com eles nas nuvens, para
o encontro com o Senhor, nos ares. E assim estaremos sempre com o Senhor. 18Exortai-vos, pois, uns aos
outros, com essas palavras. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA!/ 1. É preciso vigiar e ficar de prontidão;
em que dia o Senhor há de vir, não sabeis não!
10. EVANGELHO – (Mc 25,1-13) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.:
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Mateus. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos esta parábola: 1O Reino dos Céus é como a história das dez
jovens que pegaram suas lâmpadas de óleo e saíram ao encontro do noivo. 2Cinco delas eram
imprevidentes, e as outras cinco eram previdentes.3As imprevidentes pegaram suas lâmpadas mas não
levaram óleo consigo. 4As previdentes porém, levaram vasilhas com óleo junto com as lâmpadas. 5O noivo
estava demorando, e todas elas acabaram cochilando e dormindo. 6No meio da noite, ouviu-se um grito: ‘O
noivo está chegando. Ide ao seu encontro!’ 7Então as dez jovens se levantaram e preparam as lâmpadas.
8As imprevidentes disseram às previdentes: ‘ dai-nos um pouco de óleo, porque nossas lâmpadas estão se
apagando’.9As previdentes responderam: ‘De modo nenhum, porque o óleo pode ser insuficiente para nós
e para vós. É melhor irdes comprar dos vendedores’. 10Enquanto elas foram comprar óleo, o noivo chegou,
e as que estavam preparadas entraram com ele para a festa de casamento. E a porta se fechou. 11Por fim,
chegaram também as outras jovens e disseram: ‘Senhor! Senhor! Abre-nos a porta!’ 12Ele, porém,
respondeu: ‘em verdade eu vos digo: Não vos conheço!’ 13Portanto, ficai vigiando, pois não sabeis qual
será o dia, nem a hora. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR.
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, Criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu
único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria,
padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou
ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar
os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na
remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS -P.:Irmãos amados, o Senhor nos reúne em Seu nome e permite que a Ele
imploremos pelas nossas necessidades, dizendo com fé: Ensinai-nos, Senhor, a permanecer vigilantes!
TODOS: ENSINAI-NOS, SENHOR, A PERMANECER VIGILANTES!
1) Pelo Santo Papa, o Papa Francisco, para que continue nos concedendo valorosos exemplos de
esperança, perdão e reconciliação, derrubando muros e construindo a unidade, rezemos ao Senhor.
TODOS: ENSINAI-NOS, SENHOR, A PERMANECER VIGILANTES!
2) Pelos governantes de todas as Nações, para que sejam promotores da justiça e de medidas que
favoreçam a superação das desigualdades, rezemos ao Senhor.
TODOS: ENSINAI-NOS, SENHOR, A PERMANECER VIGILANTES!
3) Por todos os povos da terra, para que abram suas portas a Cristo e a Seu Evangelho da paz,
fraternidade e amor, rezemos ao Senhor.
TODOS: ENSINAI-NOS, SENHOR, A PERMANECER VIGILANTES!
4) Por todos nós aqui reunidos, para que possamos crescer na concórdia e na paz preparando-nos
vigilantes para o dia do Senhor, rezemos ao Senhor.
TODOS: ENSINAI-NOS, SENHOR, A PERMANECER VIGILANTES!
(Preces Espontâneas)
P.: Senhor, que na Vossa infinita sabedoria, conheceis a hora de todas as coisas, ouvi as orações da Vossa
Igreja e dai-nos a graça da vigilância na fé. Por Cristo Senhor nosso.
TODOS: AMÉM!
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – 1.Um coração para amar, pra perdoar e sentir, para chorar e sorrir, ao me criar
tu me destes; um coração pra sonhar, inquieto e sempre a bater, ansioso por entender as coisas que
tudisseste/ R.:EIS O QUE EU VENHO TE DAR, EIS O QUE EU PONHO NO ALTAR.TOMA, SENHOR, QUE ELE É
TEU. MEU CORAÇÃO NÃO É MEU./ 2. Quero que o meu coração seja tão cheio de paz que não se sinta
capaz de sentir ódio ou rancor. Quero que a minha oração possa me amadurecer, leve-me a compreender
as consequências do amor.
15.P.:Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Lançai, ó Deus, sobre o nosso sacrifício um olhar de perdão e de
paz, para que, celebrando a paixão do vosso Filho, possamos viver o seu mistério. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
17.  ORACÃO EUCARÍSTICA PARA AS DIVERSAS CIRCUNSTÂNCIAS VI B – Deus conduz sua Igreja pelo
caminho da salvação – MR (p. 848)
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – 1. Vem, e eu mostrarei que o meu caminho te leva ao Pai. Guiarei os passos
teus e junto a ti hei de seguir. Sim, eu irei e saberei como chegar ao fim. De onde vim, aonde vou, por onde
irás, irei também./ 2. Vem, eu te direi o que ainda estás a procurar. A verdade é como o sol e invadirá teu
coração. Sim, eu irei e aprenderei minha razão de ser. Eu creio em ti que crês em mim e à tua luz verei a
luz./ 3. Vem, e eu te farei da minha vida participar. Viverás em mim aqui, viver em mim é o bem maior.
Sim, eu irei e viverei a vida inteira assim. Eternidade é na verdade, o amor vivendo sempre em nós./ 4.
Vem, que a terra espera quem possa e queira realizar, com amor, a construção de um mundo novo muito
melhor! Sim, eu irei e levarei teu nome aos meus irmãos. Iremos nós e o teu amor vai construir, enfim, a
paz!
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: Pausa: Fortificados por este alimento sagrado, nós
vos damos graças, ó Deus, e imploramos a vossa clemência: fazei que perseverem na sinceridade do vosso
amor aqueles que fortalecestes pela infusão do Espírito Santo. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
RITOS FINAIS
21. BREVES AVISOS
22. BÊNÇÃO FINAL

Preparando a Partilha da Palavra
A Liturgia de hoje convida-nos a elevar a nossa mente e o nosso coração para a vida eterna que aguardamos. O Reino de Deus é comparado com uma das celebrações mais alegres e festivas que os israelitas conheciam: O banquete de casamento. A certeza da ressurreição garante-nos que Deus tem um projeto de salvação e de vida para todos, e que se realiza continuamente em nós, até a sua concretização plena, quando nos encontraremos definitivamente com Ele. O convite é dirigido a todos, mas é preciso estar vigilantes, pois as portas podem estar abertas para uns e fechadas para outros. Tudo depende do compromisso com a justiça do Reino. O Evangelho se constitui em um alerta: Não devemos descuidar, é  preciso reforçar a vigilância e fortalecer o nosso compromisso com o Reino de Deus, nos deixar guiar pela prática das boas obras para alcançarmos a felicidade plena e definitiva. Estar vigilantes com as lâmpadas acesas significa escutar a Palavra de Deus, acolhê-La no coração, vivê-La e incluir sempre um cuidado, uma solicitude com a luz que precisa iluminar o próximo. Importa vigiar e não ceder às seduções neste tempo de espera, pois cada um é responsável por aquilo que acumulou ao longo da própria vida. Se a parábola do Evangelho vale para a última vinda do Senhor, ilumina também todas as outras vindas de Cristo no decorrer de nossas vidas. Devemos estar atentos a todas elas. Em todos os tempos o Senhor vem ao nosso  encontro, presente em cada pessoa, para que O acolhamos na fé e O testemunhemos na caridade. Ele se manifesta nos acontecimentos, no sofrimento, em Sua Palavra, nos Sacramentos, nos mais necessitados. Importa que em cada momento tenhamos óleo para as nossas lâmpadas, para que possamos ver o Senhor que chega e acompanhá-Lo para o banquete nupcial da vida e da felicidade.

LEITURAS DA SEMANA
2ª-f: Sb 1,1-7; Sl 138(139); Lc 17,1-6
3ª-f: Sb 2,23 – 3,9; Sl 33(34); Lc 17,7-10
4ª-f: Sto. Alberto Magno BDr, MFac. Sb 6,1-11; Sl 81(82); Lc 17,11-19
5ª-f: Sta. Margarida da Escócia, MFac. Sta. Gertrudes Vg, MFac. Sb 7, 22 – 8,1; Sl 118(119); Lc 17, 20-25
6ª-f: Sta. Isabel da Hungria Rlg,mem. Sb 13,1-9; Sl 18(19); Lc 17,26-37
Sáb: Dedicação das Basílicas de S. Pedro e S. Paulo Aps.,MFac. Sb 18,14-16; 19,6-9; Sl 104(105); Lc 18,1-8 ou
prs. da memória: At 28,11-16.30-31; Sl 97(98); Mt 14,22-33
Quarta Semana do Saltério
Trigésimo Segundo Domingo do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

23º Domingo do Tempo Comum(10.09)

JESUS NOS ENSINA A PRÁTICA DA CORREÇÃO FRATERNA 10 de setembro de 2017 Cor Litúrgica: …