Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / “O Sacerdote não é um homem, é o sacrifício de um homem”

“O Sacerdote não é um homem, é o sacrifício de um homem”

Pe. Paulo Ricardo faz uma reflexão sobre o sacerdócio católico e dá alguns “conselhos paternos” a padres e seminaristas, bem como a todo o povo de Deus, ensinando como todos podemos, entregando-nos a Deus como vítimas, participar da tão elevada vocação a que foram chamados de modo particular os padres da Santa Igreja Católica.

Dos lábios de um diácono às vésperas de sua ordenação, um bispo e cardeal da Igreja recebeu, vinte e cinco anos atrás, esta resposta tão simples quanto incomum: “Eu quero ser padre para celebrar Missa”.
Este prelado era Dom Eugênio Sales e este diácono, o jovem Paulo Ricardo.
A partir deste bonito episódio de sua biografia, Padre Paulo Ricardo faz uma reflexão sobre o sacerdócio católico e dá alguns “conselhos paternos” a padres e seminaristas, bem como a todo o povo de Deus, ensinando como todos podemos, entregando-nos a Deus como vítimas, participar da tão elevada vocação a que foram chamados de modo particular os padres da Santa Igreja Católica.

Fonte:  https://padrepauloricardo.org/episodios/eu-quero-ser-padre-para-celebrar-missa?utm_content=buffer96e68&utm_medium=social&utm_source=twitter.com&utm_campaign=buffer

Você pode Gostar de:

Liturgia – 17º Domingo do Tempo Comum

“ONDE VAMOS COMPRAR PÃO PARA ESTA MULTIDÃO?” 1.Acolhida A Catequese de Jesus em tempo de …