Página Inicial / Animação Litúrgica / Solenidade da natividade de São João Batista(24.06)

Solenidade da natividade de São João Batista(24.06)

SOLENIDADE DA NATIVIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA O SALVADOR ANUNCIADO POR JOÃO BATISTA ESTÁ NO MEIO DE NÓS

24 de junho de 2018
DÉCIMO SEGUNDO DOMINGO DO TEMPO COMUM
NATIVIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA, SOLENIDADE.
Cor Litúrgica: Branco
A.: Irmãos amados, é o mistério da Páscoa de Jesus que celebramos neste dia, fazendo memória do
nascimento de São João Batista, o ousado profeta que foi enviado por Deus para testemunhar a Luz e
preparar os caminhos do nosso Redentor. Iniciemos, com muita alegria, a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – 1. Antes que eu te formasse dentro do seio de tua mãe, antes que tu nascesses,
te conhecia e te consagrei. Para ser meu profeta entre as nações eu te escolhi,/ Irás onde enviar-te e o que
te mando proclamarás!/ R.: TENHO QUE GRITAR, TENHO QUE ARRISCAR, AI DE MIM SE NÃO O FAÇO!
COMO ESCAPAR DE TI, COMO CALAR, SE TUA VOZ ARDE EM MEU PEITO? TENHO QUE ANDAR, TENHO
QUE LUTAR, AI DE MIM SE NÃO O FAÇO! COMO ESCAPAR DE TI, COMO CALAR, SE TUA VOZ ARDE EM
MEU PEITO?/ 2. Não temas arriscar-te, porque contigo eu estarei, não temas anunciar-me, em tua boca eu
falarei. Entrego-te meu povo, vai arrancar e derrubar, para edificar, destruirás e plantarás!/ 3. Deixa os
teus irmãos, deixa teu pai e tua mãe, deixa a tua casa, porque a terra gritando está. Nada tragas contigo,
pois a teu lado estarei; É hora de lutar, porque meu povo sofrendo está.
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: A
graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.
TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: Irmãos e irmãs, reconheçamos as nossas culpas para celebrarmos dignamente os
santos mistérios. (Pausa). Confessemos os nossos pecados: TODOS: Confesso a Deus todo-poderoso e a
vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha
culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos e irmãs, que
rogueis por mim a Deus nosso Senhor. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos
pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR,
TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.:
Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.
4. HINO DE LOUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus,
Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos
glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor
Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós
que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de
nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória
de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Ó Deus, que suscitastes São João Batista, a fim de preparar
para o Senhor um povo perfeito, concedei à vossa Igreja as alegrias espirituais e dirigi nossos passos no
caminho da salvação e da paz. Por nosso Senhor Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Meus irmãos, a vocação e a missão de João Batista nos permitem refletir sobre a nossa vocação e
missão de discípulos missionários de Jesus. Ouçamos com atenção as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Is 49,1-6) – Leitura do Livro do Profeta Isaías.
1
Nações marinhas, ouvi-me, povos distantes, prestai atenção: o Senhor chamou-me antes de eu nascer,
desde o ventre de minha mãe ele tinha na mente o meu nome; 2fez de minha palavra uma espada afiada,
protegeu-me à sombra de sua mão e fez de mim uma flecha aguçada, escondida em sua aljava, 3e disseme: “Tu és o meu Servo, Israel, em quem serei glorificado”. 4E eu disse: “Trabalhei em vão, gastei minhas
forças sem fruto, inutilmente; entretanto o Senhor me fará justiça e o meu Deus me dará recompensa”. 5E
agora diz-me o Senhor – ele que me preparou desde o nascimento para ser seu Servo – que eu recupere
Jacó para ele e faça Israel unir-se a ele; aos olhos do Senhor esta é a minha glória. 6Disse ele: “Não basta
seres meu Servo para restaurar as tribos de Jacó e reconduzir os remanescentes de Israel: eu te farei luz
das nações, para que minha salvação chegue até aos confins da terra”. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (Do Salmo 137/138)
R.: EU VOS LOUVO E VOS DOU GRAÇAS, Ó SENHOR, PORQUE DE MODO ADMIRÁVEL ME FORMASTES!/ 1.
Senhor vós me sondais e conheceis, sabeis quando me sento e me levanto; De longe penetrais meus
pensamentos; Percebeis quando me deito e quando ando, os meus caminhos vos são todos conhecidos./ 2.
Fostes vós que formastes as entranhas, e no seio de minha mãe vós me tecestes.. Eu vos louvo e vos dou
graças, ó Senhor, porque de modo admirável me formastes!/ 3. Até o mais íntimo, Senhor, me conheceis;
nenhuma sequer de minhas fibras ignoráveis, quando eu era modelado ocultamente, era formado nas
entranhas subterrâneas.
8. 2ª LEITURA (At 13,22-26) – Leitura dos Atos dos Apóstolos.
Naqueles dias, Paulo disse: 22Deus fez surgir Davi como rei e assim testemunhou a seu respeito: ‘Encontrei
Davi, filho de Jessé, homem segundo o meu coração, que vai fazer em tudo a minha vontade’. 23Conforme
prometera, da descendência de Davi Deus fez surgir para Israel um Salvador, que é Jesus. 24Antes que ele
chegasse, João pregou um batismo de conversão para todo o povo de Israel. 25Estando para terminar sua
missão, João declarou: ‘Eu não sou aquele que pensais que eu seja! Mas vede: depois de mim vem aquele,
do qual nem mereço desamarrar as sandálias’. 26Irmãos, descendentes de Abraão, e todos vós que temeis
a Deus, a nós foi enviada esta mensagem de salvação. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA!/ Serás chamado, ó menino, o profeta
do Altíssimo: irás diante do Senhor, preparando-lhe os caminhos.
10. EVANGELHO – (Lc 1, 57-66.80) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.:
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: 57Completou-se o tempo da gravidez de Isabel, e ela deu à luz um filho. 58Os vizinhos e parentes
ouviram dizer como o Senhor tinha sido misericordioso para com Isabel, e alegraram-se com ela.59No
oitavo dia, foram circuncidar o menino, e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias. 60A mãe, porém,
disse: “Não! Ele vai chamar-se João”.61Os outros disseram: “Não existe nenhum parente teu com esse
nome!” 62Então fizeram sinais ao pai, perguntando como ele queria que o menino se chamasse. 63Zacarias
pediu uma tabuinha, e escreveu: “João é o seu nome”. 64No mesmo instante, a boca de Zacarias se abriu,
sua língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus. 65Todos os vizinhos ficaram com medo, e a notícia
espalhou-se por toda a região montanhosa da Judéia. 66E todos os que ouviam a notícia, ficavam
pensando: “O que virá a ser este menino?” De fato, a mão do Senhor estava com ele. 80E o menino crescia
e se fortalecia em espírito. Ele vivia nos lugares desertos, até ao dia em que se apresentou publicamente a
Israel. Palavra da Salvação.
TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, Criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu
único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria,
padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou
ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar
os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na
remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos e irmãs, apresentemos a Deus, que é admirável nos Seus santos, as
nossas súplicas, pela intercessão de São João Batista, dizendo juntos: Iluminai, Senhor, o nosso caminho!
TODOS: ILUMINAI, SENHOR, O NOSSO CAMINHO!
1) Pelo Santo Padre, o Papa Francisco, que no próximo dia 27 comemora o aniversário de sua ordenação
episcopal, para que seja sempre cheio da sabedoria, da consolação e da fortaleza do Espírito Santo,
rezemos ao Senhor.
TODOS: ILUMINAI, SENHOR, O NOSSO CAMINHO!
2) Pelos dirigentes de todos os povos, para que, pelos caminhos da justiça, da liberdade e da paz,
promovam o desenvolvimento integral de todos os cidadãos e ajudem na edificação do bem comum,
rezemos ao Senhor.
TODOS: ILUMINAI, SENHOR, O NOSSO CAMINHO!
3) Pelos diáconos de nossa Arquidiocese que serão ordenados sacerdotes no próximo dia 30, para que
possam contar com nossas orações no desenvolvimento do serviço presbiteral da Igreja, rezemos ao
Senhor.
TODOS: ILUMINAI, SENHOR, O NOSSO CAMINHO!
4) Pelos cristãos leigos e leigas, para que tendo São João Batista como modelo, não tenham medo de
denunciar as injustiças e os males do mundo em que vivemos, rezemos ao Senhor.
TODOS: ILUMINAI, SENHOR, O NOSSO CAMINHO!
(Preces Espontâneas)
P.: Ó Deus, Pai todo-poderoso e eterno, atendei as súplicas do vosso povo; e já que, por misericórdia, nos
destes a conhecer o amor de Vosso Filho, por intercessão de São João Batista, fazei-nos desfrutar
plenamente dos Seus dons. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, que é Deus convosco, na unidade
do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – 1. A mesa santa que preparamos, mãos que se elevam a Ti, Ó Senhor. O pão e o
vinho, frutos da Terra, duro trabalho, carinho e amor./ R.: Ô,Ô,Ô, RECEBE, SENHOR! Ô,Ô, RECEBE,
SENHOR!/ 2. Flores, espinhos, dor e alegria, pais, mães e filhos diante do altar. A nossa oferta em nova
festa, a nossa dor vem, Senhor, transformar!/ 3. A vida nova, nova família, que celebramos aqui tem lugar.
Tua bondade vem com fartura; é só saber, reunir, partilhar!
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Ó Deus, acorremos ao altar com os nossos dons, celebrando com
a devida honra o nascimento de São João Batista, que anunciou a vinda do Salvador do mundo, e o
mostrou presente entre os homens. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA II – Prefácio – A missão do Precursor.
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – 1. Um dia, lá na Judéia, um homem chamado João clamava no deserto que
era urgente a conversão. Clamava no deserto que era urgente a conversão. / R.: VIVA JOÃO BATISTA! VIVA
O PRECURSOR!/ PORQUE JOÃO BATISTA ANUNCIOU O SALVADOR!/ PORQUE JOÃO BATISTA ANUNCIOU
O SALVADOR!/ 2. João denunciava os crimes a todos: ao rei e ao plebeu dizendo que o Messias traz justiça
ao Reino seu./ 3. O rosto de João ardia, a sua palavra era espada: “Mudai de vida todos, preparai de Deus a
estrada!”/ 4. Às margens do rio Jordão, João batizava o povo, dizendo que Deus iria instaurar um Reino
Novo!
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Restaurados, ó Deus, à mesa do cordeiro
divino, concedei que a vossa Igreja, alegrando-se pelo nascimento de São João Batista, reconheça no
Cristo, por ele anunciado, Aquele que nos faz renascer. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO PARA O ANO NACIONAL DO LAICATO
Ó Trindade Santa, Amor pleno e eterno, que estabelecestes a Igreja como Vossa “imagem terrena”: Nós
Vos agradecemos pelos dons, carismas, vocações, ministérios e serviços que todos os membros de Vosso
povo realizam como “Igreja em saída”, para o bem comum, a missão evangelizadora e a transformação
social, no caminho de Vosso Reino. Nós Vos louvamos pela presença e organização dos cristãos leigos e
leigas no Brasil, sujeitos eclesiais, testemunhas de fé, santidade e ação transformadora. Nós Vos pedimos
que todos os batizados atuem como sal da terra e luz do mundo: na família, no trabalho, na política e na
economia, nas ciências e nas artes, na educação, na cultura e nos meios de comunicação; na cidade, no
campo e em todo o planeta, nossa “casa comum”. Nós Vos rogamos que todos contribuam para que os
cristãos leigos e leigas compreendam sua vocação e identidade, espiritualidade e missão, e atuem de
forma organizada na Igreja e na sociedade à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres. Isto Vos
suplicamos pela intercessão da Sagrada Família, Jesus, Maria e José, modelos para todos os cristãos.
Amém!
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL – MR (p. 528)
P.: O Senhor esteja convosco!
TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS!
P.: O Deus que é nosso Pai, e nos reuniu hoje para celebrar a festa de São João Batista, vos abençoe, vos
proteja de todo mal e vos confirme na sua paz.
TODOS: AMÉM!
P.: O Cristo Senhor que manifestou em São João Batista a força renovadora da Páscoa, vos torne
testemunhas de seu Evangelho.
TODOS: AMÉM!
P.: O Espírito Santo que em São João Batista nos ofereceu um sinal de solidariedade fraterna, vos torne
capazes de criar na Igreja uma comunhão de fé e amor.
TODOS: AMÉM!
P.: Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho e + Espírito Santo.
TODOS: AMÉM!

Preparando a Partilha da Palavra
Como diz Santo Agostinho, João representa a passagem do Primeiro para o Segundo Testamento.  Ele recebe a missão de profeta, assume a vida de asceta (pessoa que leva uma vida regrada por buscar a perfeição espiritual), e é chamado de batista. Pelo batismo, nós também recebemos a missão de profetizar e de denunciar, como João, a injustiça, a mentira e a opressão. Celebrar o nascimento de João é experimentar, como Isabel, Zacarias e os vizinhos, a manifestação da bondade de Deus, que transforma e fecunda a vida. É fazer a experiência da fé e da esperança no Deus misericordioso e compassivo, que ouve nosso clamor e nos socorre em meio aos sofrimentos e às aflições. É sentir que Deus continua soltando nossa língua para que tenhamos a coragem de vencer o medo e proclamar a justiça e a libertação. Como João Batista, possamos ser sinais proféticos de esperança, para anunciar o caminho da salvação e testemunhar Jesus Cristo, a luz que ilumina e liberta todos os povos. O jeito despojado de João Batista viver, entregue ao serviço de Deus, na gratuidade, é testemunho de vida, apelo à conversão. Jesus o elogia, dizendo que “entre os nascidos de mulher, não há ninguém maior que João. No entanto, o menor no Reino de Deus é maior que ele” (7,28). Como mostra também o Servo, na primeira leitura de hoje, João é modelo de vida por causa de sua entrega total ao Reino. Que o Senhor nos dê a graça de viver conforme a sua Palavra e testemunhar a Boa Notícia do Reino, o “Sol nascente que vem nos visitar” (1,78). Precisamos ser testemunhas proféticas, como João Batista, capazes de denunciar a corrupção, as injustiças e de conduzir o povo para Deus para criar um mundo melhor, mais just

Você pode Gostar de:

Solenidade Assunção de Nossa Senhora(19.08)

SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA MARIA, A BENDITA ENTRE AS MULHERES, FOI ELEVADA AO …