Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – Natividade de São João Batista 24.06.2018

Liturgia – Natividade de São João Batista 24.06.2018

“EU TE FAREI LUZ DAS NAÇÕES!”

1.Acolhida
Os brasileiros gostam de festas e aproveitam a comemoração da Natividade de João Batista para alegrarem-se pela esperança que renasce em suas vidas; que a esperança religiosa se traduza, igualmente, na vida política do Brasil. Rezemos por nossa Pátria!
As “Festas Juninas” sirvam para reavivar a esperança na misericórdia divina. O nome de João significa “Deus é misericórdia”. Alegremo-nos com a chegada das “Festas Juninas”- “oportunidade de feriado”- mas não nos esqueçamos da misericórdia divina!

2.Palavra de Deus
Is 49,1-6 – O profeta Isaías anuncia profeticamente o nascimento e a missão de João Batista, o precursor do Messias que o Povo de Israel aguarda com ansiedade. Ele será a luz para todos os povos!

At 13,22-23- Paulo Apóstolo, na sua primeira viagem missionária, fala aos judeus na sinagoga de Antioquia da Pisídia e aborda o tema da fidelidade de Deus no cumprimento das promessas em favor do Povo de Israel. Deus é fiel à sua Palavra.

Lc 1,57-66.80 – Zacarias e Isabel – ele velho e ela estéril – tem a alegria de receber um filho em sua velhice e cujo nome recorda a misericórdia divina: “João é seu nome!” disse o pai Zacarias.

3.Reflexão
Deus sempre coloca em evidência sua intervenção milagrosa nos fatos relacionados com a História da Salvação. Zacarias e Isabel são velhos, pobres e sem grandes amigos! Isabel grávida em idade avançada não tem ninguém para auxiliá-la na sua gravidez! Tinha a presença da Virgem Maria, igualmente, grávida. Duas mulheres – uma jovem e a outra anciã. As duas são portadores de uma gravidez humanamente impossível. Mas Deus é Senhor da Vida e da História e foi misericordioso, especialmente, com Isabel.

A notícia do nascimento de João Batista espalhou-se por toda a Judéia e o povo perguntava-se dizendo: “Que virá a ser este Menino?” Vossos filhos nascem e nem vocês, os próprios pais, se perguntam a respeito da vocação deles! Desejam vida, saúde e sucesso profissional. Este é, quase sempre, o desejo dos próprios pais! Mas Deus pensou no destino de seus filhos bem antes de serem concebidos! Os filhos não são de vocês, pais! Vocês não são donos dos próprios filhos! Apenas cuidam dos filhos que Deus lhes confiou para serem educados e encaminhados para Deus! Deus chamou os filhos de vocês pelo nome! Os vossos filhos são dele!

“E, agora, diz o Senhor, Ele que me preparou desde o nascimento para ser seu servo (…): Eu te farei luz das nações, para que a minha salvação chegue até os confins da terra!” Nós pensamos em realizações humanas e temporais e, quase sempre, insignificantes perante Deus! Mas, Ele pensa grande com respeito aos filhos que nasceram de vocês. Recordem-se, os filhos que nasceram de vocês, não são de vocês!

João Batista foi chamado para preparar os caminhos do Messias que nasceu pobre e veio salvar os pobres! Qual seria a vocação dos filhos de vocês?

Frei Carlos Zagonel
http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=5163

Você pode Gostar de:

Aniversário Rádio Difusora (Missa em Ação de Graças e jantar Cuiabano)

No dia 23 de agosto de 2018, a Rádio Difusora Bom Jesus de Cuiabá comemora …