Página Inicial / Animação Litúrgica / 15º Domingo do Tempo Comum(15.07)

15º Domingo do Tempo Comum(15.07)

É DEUS QUE NOS ESCOLHE E NOS ENVIA A PROFETIZAR
15 de julho de 2018
DÉCIMO QUINTO DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO B
Cor Litúrgica: Verde
A.: Irmãos caríssimos, o fiel cristão é chamado a viver em comunhão com Cristo, a anunciar a Boa Nova da
Salvação e a servir a Deus e à Igreja com coragem, desprendimento e esperança. Iniciemos a nossa
celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: O SENHOR É MINHA LUZ, ELE É MINHA SALVAÇÃO, QUE PODEREI TEMER?/
1. O Senhor é minha luz, Ele é minha salvação. O que é que eu vou temer? Deus é minha salvação! Ele
guarda minha vida, eu não vou ter medo, não!/ 2. A Deus peço uma só coisa, sei que Ele vai me dar, habitar
em sua casa, todo o tempo que eu durar, para provar sua doçura e no tempo contemplar!/ 3. Vem, me
ensina teus caminhos e me mostra a boa estrada. Me protege do inimigo que só pensa coisa errada,
falsidade estão tramando, tenho a vida amargurada!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: O
Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja
convosco! TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: O Senhor Jesus, que nos convida à mesa da Palavra e da Eucaristia, nos chama à
conversão. Reconheçamos ser pecadores e invoquemos com confiança a misericórdia do Pai. (Pausa).
Tende compaixão de nós, Senhor. TODOS: PORQUE SOMOS PECADORES. P.: Manifestai, Senhor, a Vossa
misericórdia. TODOS: E DAI-NOS A VOSSA SALVAÇÃO. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós,
perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM. P.: Senhor, tende piedade de nós.
TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE
PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.
4. HINO DE LOUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus,
Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos
glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor
Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós
que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de
nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória
de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Ó Deus, que mostrais a luz da verdade aos que erram para
retomarem o bom caminho, dai a todos os que professam a fé rejeitar o que não convém ao cristão, e
abraçar tudo o que é digno desse nome. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito
Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Meus irmãos, é Deus quem nos chama, nos prepara e nos envia em missão para testemunhar o Seu
amor em meio aos homens. Ouçamos com atenção as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Am 7, 12-15) – Leitura da Profecia de Amós.
Naqueles dias, 12disse Amasias, sacerdote de Betel, a Amós: “Vidente, sai e procura refúgio em Judá, onde
possas ganhar teu pão e exercer a profecia; 13mas em Betel não deverás insistir em profetizar, porque aí
fica o santuário do rei e a corte do reino”. 14Respondeu Amós a Amasias, dizendo: “Não sou profeta nem
sou filho de profeta; sou pastor de gado e cultivo sicômoros. 15O Senhor chamou-me, quando eu tangia o
rebanho, e o Senhor me disse: ‘Vai profetizar para Israel, meu povo’”. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS
A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (DO SALMO 84/85) – R.: MOSTRAI-NOS, Ó SENHOR, VOSSA BONDADE E A
VOSSA SALVAÇÃO NOS CONCEDEI! / 1. Quero ouvir o que o Senhor irá falar: é a paz que ele vai anunciar.
Está perto a salvação dos que o temem e a glória habitará em nossa terra./ 2. A verdade e o amor se
encontrarão, a justiça e a paz se abraçarão. Da terra brotará a fidelidade e a justiça olhará dos altos céus./
3. O Senhor nos dará tudo o que é bom e a nossa terra nos dará suas colheitas. A justiça andará na sua
frente e a salvação há de seguir os passos seus.
8. 2ª LEITURA (Ef 1, 3-14) – Leitura da carta de São Paulo aos Efésios.
3Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Ele nos abençoou com toda a bênção do seu Espírito
em virtude de nossa união com Cristo, no céu. 4Em Cristo, ele nos escolheu, antes da fundação do mundo,
para que sejamos santos e irrepreensíveis sob o seu olhar, no amor. 5Ele nos predestinou para sermos seus
filhos adotivos por intermédio de Jesus Cristo, conforme a decisão da sua vontade, 6para o louvor da sua
glória e da graça com que ele nos cumulou no seu bem-amado. 7Pelo seu sangue, nós somos libertados.
Nele, as nossas faltas são perdoadas, segundo a riqueza da sua graça, 8que Deus derramou profusamente
sobre nós, abrindo-nos a toda a sabedoria e prudência. 9Ele nos fez conhecer o mistério da sua vontade, o
desígnio benevolente que de antemão determinou em si mesmo, 10para levar à plenitude o tempo
estabelecido e recapitular, em Cristo, o universo inteiro: tudo o que está nos céus e tudo o que está sobre
a terra. 11 Nele também nós recebemos a nossa parte. Segundo o projeto daquele que conduz tudo
conforme a decisão de sua vontade, nós fomos predestinados 12a sermos, para o louvor de sua glória, os
que de antemão colocaram a sua esperança em Cristo. 13Nele também vós ouvistes a palavra da verdade, o
evangelho que vos salva. Nele, ainda, acreditastes e fostes marcados com o selo do Espírito prometido, o
Espírito Santo, 14que é o penhor da nossa herança para a redenção do povo que ele adquiriu, para o louvor
da sua glória. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA!/ Que o Pai do Senhor Jesus Cristo nos
dê do saber o Espírito; conheçamos, assim, a esperança à qual nos chamou como herança.
10. EVANGELHO – (Mc 6, 7-13) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.:
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, 7Jesus chamou os doze e começou a enviá-Ios dois a dois, dando-Ihes poder sobre os
espíritos impuros. 8Recomendou-lhes que não levassem nada para o caminho, a não ser um cajado; nem
pão, nem sacola, nem dinheiro na cintura. 9Mandou que andassem de sandálias e que não levassem duas
túnicas. 10E Jesus disse ainda: “Quando entrardes numa casa, ficai ali até vossa partida. 11Se em algum
lugar não vos receberem nem quiserem vos escutar, quando sairdes, sacudi a poeira dos pés, como
testemunho contra eles!” 12Então os doze partiram e pregaram que todos se convertessem. 13Expulsavam
muitos demônios e curavam numerosos doentes, ungindo-os com óleo. Palavra da Salvação.
TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, Criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu
único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria,
padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou
ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar
os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na
remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos, supliquemos a Deus Pai que nos ouça por meio de Seu Filho, dizendo:
Senhor, atendei a nossa prece!
TODOS: SENHOR, ATENDEI A NOSSA PRECE!
1) Pelo Santo Padre, o Papa Francisco, para que Deus o proteja e lhe dê fortaleza e inspiração para
conduzir a Igreja e para confirmar-nos na justiça e nos caminhos da Verdade, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ATENDEI A NOSSA PRECE!
2) Pelos governantes de todas as nações, para que governem com discernimento, justiça e sabedoria,
buscando sempre a promoção do bem comum, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ATENDEI A NOSSA PRECE!
3) Pela nossa comunidade, para que possa responder generosamente ao chamado de Cristo, anunciando
o Evangelho não só com as palavras, mas, antes de tudo, com o testemunho da fé, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ATENDEI A NOSSA PRECE!
4) Por todos nós aqui reunidos, para que reinem entre nós o respeito, o diálogo, o entendimento e a
mútua compreensão, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ATENDEI A NOSSA PRECE!
(Preces Espontâneas)
P.: Deus, nosso Pai, que quereis a salvação de todos os homens, ouvi as orações do Vosso povo; fazei que o
mundo decorra na paz e que a Vossa Igreja desempenhe com alegria a sua missão. Por Cristo, nosso
Senhor.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – R.: NESTA PRECE, SENHOR, VENHO TE OFERECER O CREPITAR DA CHAMA, A
CERTEZA DE DAR./ 1. Eu te ofereço o sol que brilha forte, te ofereço a dor do meu irmão! A fé na
esperança e o meu amor!/ 2. Eu te ofereço as mãos que estão abertas, o cansaço do passo mantido! Meu
grito mais forte de louvor!/ 3. Eu te ofereço o que vi de belo no interior dos corações, a coragem de me
transformar!
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Acolhei, ó Deus, as oferendas da vossa Igreja em oração, e fazei
crescer em santidade os fiéis que participam deste sacrifício. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA IV – MR (p. 488) –
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – 1. É bom estarmos juntos à mesa do Senhor e unidos na alegria, partir o Pão
do Amor./ R.: NA VIDA CAMINHA QUEM COME DESTE PÃO. NÃO ANDA SOZINHO QUEM VIVE EM
COMUNHÃO./ 2. Embora sendo muitos, é um o nosso Deus. Com Ele, vamos juntos, seguindo os passos
seus./ 3. Formamos a Igreja, o Corpo do Senhor; que em nós o mundo veja a luz do seu amor./ 4. Foi Deus
quem deu outrora ao povo o pão do céu; porém, nos dá agora o próprio Filho seu./ 5. Será bem mais
profundo o encontro: a comunhão, se formos para o mundo sinal de salvação.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Alimentados pela vossa Eucaristia, nós vos
pedimos, ó Deus, que cresça em nós a vossa salvação cada vez que celebramos este mistério. Por Cristo,
nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO PARA O ANO NACIONAL DO LAICATO
Ó Trindade Santa, Amor pleno e eterno, que estabelecestes a Igreja como Vossa “imagem terrena”: Nós
Vos agradecemos pelos dons, carismas, vocações, ministérios e serviços que todos os membros de Vosso
povo realizam como “Igreja em saída”, para o bem comum, a missão evangelizadora e a transformação
social, no caminho de Vosso Reino. Nós Vos louvamos pela presença e organização dos cristãos leigos e
leigas no Brasil, sujeitos eclesiais, testemunhas de fé, santidade e ação transformadora. Nós Vos pedimos
que todos os batizados atuem como sal da terra e luz do mundo: na família, no trabalho, na política e na
economia, nas ciências e nas artes, na educação, na cultura e nos meios de comunicação; na cidade, no
campo e em todo o planeta, nossa “casa comum”. Nós Vos rogamos que todos contribuam para que os
cristãos leigos e leigas compreendam sua vocação e identidade, espiritualidade e missão, e atuem de
forma organizada na Igreja e na sociedade à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres. Isto Vos
suplicamos pela intercessão da Sagrada Família, Jesus, Maria e José, modelos para todos os cristãos.
Amém!
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL
Preparando a Partilha da Palavra
Ser povo de Deus não é privilégio; é compromisso que requer discernimento constante, provoca posicionamento decisivo e atitude profética contra as manipulações do poder e da religião, porque a missão do Povo de Deus em nada difere da de Jesus, que provocou rupturas, pondo-se a serviço dos que não tinham liberdade nem vida, restabelecendo-os e integrando-os na sociedade. É preciso desempenhar a missão de acordo com o modo de Jesus e a pedagogia de quem veio curar e consolar. Não são discursos
e sermões, mas convite à conversão e à fé acompanhada de sinais concretos: expulsar demônios (ex.: as drogas, a bebida, o celular, os meios de comunicação, as redes sociais), curar, libertar, destruir tudo o que oprime, escraviza, e exclui as pessoas. O enviado não escolhe a própria direção, mas age em nome de quem o enviou, como Amós, um simples vaqueiro e cultivador de sicômoros, é escolhido por Deus para falar como profeta numa terra que não era a sua. Sua palavra contesta o rei e a própria religião oficial que
encobre os desmandos dos poderosos. O profeta foi logo rejeitado, expulso e intimado a voltar para sua região. A segunda leitura é um hino litúrgico que bendiz e louva ao Pai, glorificado por tudo o que fez por seu povo em Cristo e por Cristo. O projeto salvífico do Pai foi manifestado plenamente por meio do Filho Jesus que continua agindo no mundo pela ação do Espírito Santo. Isso acontece não somente aos que pertencem ao povo da antiga aliança, mas a todos os que ouvem a Palavra da verdade, creem no Evangelho e são marcados com o selo do Espírito Santo. Neste Evangelho ouvimos que Jesus enviou seus discípulos para proclamar a Boa-Nova, pregar a conversão e curar os enfermos. Isso significa que todos nós, hoje, temos a missão de promover a vida, de levar alegria às pessoas, de orientar os errantes no caminho de Deus. Para quem abraça essa missão, algumas exigências Jesus nos pede: ser desapegado, ser
desinstalado, ser desacomodado. Realizando assim a missão com entusiasmo para enfrentar as dificuldades. Como seguidores de Jesus, somos chamados a continuar sua missão libertadora, através de: gestos solidários, atos de misericórdia, trabalhos em conjunto – comunitariamente, desprendimento e
disponibilidade; anunciar a Boa-Nova, como verdadeiro profeta, responder a um chamado para o qual se foi escolhido, e ser enviado como servidor do povo. O compromisso do cristão é fazer com que este mundo de injustiças se converta em uma sociedade de irmãos. Como ser profeta, hoje, em nosso país?

LEITURAS DA SEMANA
2ª-feira. Nossa Senhora do Carmo, Festa; Zc 2, 14-17; Cânt.: Lc 1, 46-47. 48-49. 50-51. 52-53. 54-55 (R/.
49); Mt 12, 46-50
3ª- feira: Bv. Inácio de Azevedo Presb. e Comps. Mts., memória. Is 7, 1-9; Sl 47(48); Mt 11,20-24
4ª- feira: Is 10, 5-7.13-16; Sl 93(94); Mt 11,25-27
5ª- feira: Ex 3,13-20; Sl 104(105); Mt 11,28-30
6ª- feira: Sto. Apolinário BMt, MFac. Is 38, 1-6.21-22.7-8; Cant Is 38,10.11.12.16; Mt 12, 1-8
Sab: S. Lourenço de Bríndisi PresbDr, MFac. Mq 2, 1-5; Sl 9B (10); Mt 12, 14-21
DÉCIMO QUINTO DOMINGO DO TEMPO COMUM
3ª semana do Saltério

Você pode Gostar de:

Ascensão do Senhor(13.05)

ANO NACIONAL DO LAICATO SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR “IDE AO MUNDO INTEIRO E ANUNCIAI …