Página Inicial / Notícias / JMJ 2019 no Panamá (janeiro)

JMJ 2019 no Panamá (janeiro)

Igreja jovem, pluricultural e alegre receberá o papa Francisco e cerca de 200 mil jovens de 155 países na JMJ 2019 no Panamá

Ao pisar em solo panamenho, no próximo dia 23/01, o papa Francisco encontrará uma “Igreja jovem e alegre, autêntica, multiétnica e pluricultural, com uma fé viva, com o compromisso de anunciar o Evangelho”. Desta forma o arcebispo do Panamá, dom José Domingo Ulloa Mendieta, definiu a Igreja que receberá o Sumo Pontífice e os cerca de 200 mil jovens provenientes de 155 países que participarão da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) de 22 a 27 de janeiro.
O tema desta edição da JMJ é: “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1, 38)”. A última edição do evento foi realizada em Cracóvia, na Polônia, de 26 a 31 de julho de 2016. No último dia, na Missa de envio, o Papa Francisco anunciou que a sede da próxima edição seria o Panamá, país localizado na América Central.
O Papa Francisco partirá de Roma no dia 23 de janeiro, desembarcando no Panamá na mesma data. Na quinta-feira, dia 24, receberá as saudações do presidente do Panamá, Juan Carlos Varela Rodríguez e de autoridades do país, além de reunir-se com bispos da América Central. Na parte da tarde, participará da cerimônia de abertura da Jornada Mundial da Juventude de 2019, no Campo Santa María la Antigua – Cinta Costera.
Durante a estadia no Panamá, o Santo Padre terá várias ocasiões para encontrar milhares de jovens. A visita será concluída com a celebração da Santa Missa, no domingo, 27 de janeiro, no grande “Campo San Juan Paul II” – Metro Park, onde são esperados cerca de 250.000 fiéis.
O hino oficial da Jornada Mundial da Juventude do Panamá 2019, intitulado: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim a tua palavra” (Lc 1, 38), foi composto por Abdiel Jiménez, com produção e arranjos de Aníbal Muñoz, e colaboração de Carlos Samaniego e Ricky Ramírez, profissionais com uma grande carreira musical.
“Este evento uniu mais de 4 milhões de panamenhos no amor para seus irmãos, sem distinção de religião ou crenças políticas”, explicou Yithzak Gonzalez, Secretário da Pastoral Juvenil da Conferência Episcopal do Panamá, em uma entrevista concedida ao “Vatican News “.
Um grupo de cerca de mil jovens indígenas provenientes de vários países do mundo se reunirão de 17 a 21 de janeiro de 2019, no território do povo Ngobe de Soloy, na diocese de David, na Jornada Mundial da Juventude Indígenas para compartilhar a mesma fé católica na diversidade de suas culturas ancestrais, suas expectativas e suas lutas.
Segundo a subsecretária de Atenção ao Peregrino da JMJ, Eydin Solanilla são esperados cerca de 500 bispos e quatro mil jornalistas de todo o mundo. Solanilla destacou que o peregrino não só “terá momentos de catequese”, mas também outras opções como “o festival da juventude que terá palcos para que os jovens convivam com a cultura, a música e a arte”. Ela afirmou que quando os jovens peregrinos receberem o guia preparado pela organização, estes terão todas as informações necessárias para organizar o seu itinerário.
Logo da JMJ faz referência à Nossa Senhora e à cruz peregrina.

O programa da JMJ
A Pré-Jornada ou Dias nas Dioceses será de 17 a 20 de janeiro de 2019. Esta é uma iniciativa opcional que permitirá que os jovens possam compartilhar momentos de oração e celebração com as comunidades eclesiais da igreja local.
Na terça-feira, 22 de janeiro, o Arcebispo do Panamá, Dom Domingo Ulloa, presidirá a Missa de abertura.
Na quarta-feira, 23, haverá catequeses; e será realizado o “Festival da Juventude” um programa religioso, artístico-cultural; o “Festival do Perdão”, local onde haverá confissões à tarde e, à noite, oração em frente à Cruz da JMJ e adoração Eucarística; e, finalmente, uma feira vocacional.
Na quinta-feira, 24, realizarão as mesmas atividades do dia anterior e também haverá uma cerimônia de acolhida ao Papa Francisco.
Na sexta-feira, 25, serão realizadas as mesmas atividades da quarta e da quinta-feira; e a Via Sacra, onde será levada a Cruz da JMJ que foi entregue pelo Papa à delegação do Panamá.
No sábado, 26, haverá uma vigília de adoração.
Finalmente, no domingo, 27, o Papa Francisco presidirá a Missa de encerramento, para a qual são esperadas cerca de 800 mil pessoas.
http://www.cnbb.org.br/igreja-jovem-pluricultural-e-alegre-recebera-o-papa-francisco-e-cerca-de-200-mil-jovens-de-155-paises-na-jmj-2019-no-panama/

Você pode Gostar de:

Fotos da Solenidade de Corpus Christi 2019

A Arquidiocese de Cuiabá realizou no dia 20 de junho/2019 às 17h00 a Santa Missa …