Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 18º Domingo Comum 05.08.2018

Liturgia – 18º Domingo Comum 05.08.2018

“Eu sou o Pão da Vida!”
01.ACOLHIDA
A vida cristã é um caminho de salvação. Jesus é O CAMINHO e a sua PALAVRA é a luz necessária e oferecida gratuitamente ao longo do caminho. É necessário deixar-se guiar docilmente todo dia. O Povo de Israel, faminto e teimoso não quis crer nele! E o Povo preferiu abandoná-lo!

02.PALAVRA DE DEUS
Ex 16,2-4.12-15 – O Povo resmunga contra Moisés recordando as panelas de carne e os cestos de pão com fartura no Egito. Israel quer comer e dispensa ser ensinado por Deus! Quais seriam nossas reclamações e qual seria o ensinamento de Deus em nossa crise?

Ef 4,17.20-24 – Paulo recomenda abandonar o homem velho, que nos leva a viver como pagãos; pelo contrário, devemos revestir-nos do homem novo, “criado à imagem e semelhança de Deus!” É urgente viver uma vida nova!

Jo 6,24-35 – O Povo segue a Jesus porque quer comer pão material de graça, mas que não salva; pelo contrário, devemos “Comer o pão que permanece até a vida eterna e que Jesus nos dará!”.

03 – REFLEXÃO
A tentação do mundo é pão que passa, que termina na fossa higiênica! E Jesus quer dar-nos o Pão que permanece: “Esforçai-vos em conseguir o alimento que permanece até a vida eterna que o Filho do Homem vos dará! ” É o alimento espiritual, a vida eterna que está implantada em nosso coração (…) Ele nos fez à sua imagem e semelhança. Somos filhos de Deus; não somos filhos da terra e da carne! Nós não queremos ser filhos de Deus; preferimos ser filhos do barro da terra que se tornará pó: “Tu és pó e em pó voltarás a ser!” (Gn 3,19).

Quem dá o “Pão da Vida” é Jesus. Mas, que vem a ser o “Pão da Vida”? E de que vida Jesus estaria falando? Somos tão carnais que temos dificuldade de pensar numa outra vida que não seja a da carne!!  Nem mesmo o maná do deserto foi dado por Moisés, mas pelo Pai e ele foi apenas um sinal e símbolo do verdadeiro Maná que seria dado por Jesus. E quando comungamos o Corpo e o Sangue de Jesus na celebração da Eucaristia, que pedimos? A maioria das vezes pedimos favores materiais: saúde, melhoria salarial, desafogo financeiro, solução de um problema afetivo!…  Pai santo dá-nos um conhecimento maior de teu Filho Jesus, um crescimento espiritual que nos faça desejar a vida eterna na glória celestial.

“Eu sou o Pão da Vida. Quem vem a Mim não mais terá fome e quem crê em Mim nunca mais terá sede!” Jesus está falando da vida espiritual, da vida divina e nós, os judeus modernos, continuamos pensando no “pão material” e continuamos seguindo Jesus e pedindo milagres que aumentem nossa felicidade efêmera e material! Oh! Senhor Jesus, dá-nos do teu Pão – Pão da vida eterna! Vamos caminhar rumo a uma vida superior e permanente!

“Eu sou o Pão da Vida Eterna!”

Frei Carlos Zagonel.

http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=5222

Você pode Gostar de:

Papa: o verdadeiro cristão é apaixonado pelo Senhor

Marta e Maria são as protagonistas do Evangelho de hoje: “Elas nos ensinam como deve …