Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 23º Domingo Comum 09.09.2018

Liturgia – 23º Domingo Comum 09.09.2018

O Senhor abre os olhos ao cego, ergue o caído E protege o estrangeiro.

1.Acolhida:
O Senhor convida-nos para a reunião dominical da Assembléia (Santa Missa). Não somos convocados, mas convidados para estreitar os laços de fraternidade na Assembléia do Povo de Deus. Somos convidados como Assembléia e não como indivíduos isolados.
A Assembléia convidada por Jesus compõe-se de cegos, surdos, mudos, alquebrados… todos mutilados pelo mundo que não é de Deus! Mas, Jesus grita-nos: “Criai ânimo, não tenhais medo! Vede, é Deus que vem para nos salvar!” Erguei a cabeça, pois a salvação de Deus está chegando! E ninguém consegue impedi-la!

2.Palavra de Deus:
Is 35,4-7 – O profeta Isaías dirige-se ao Povo de Israel, que está no exílio, todo “esgualepado”, mas Deus vai reerguê-lo.

Tg 2, 1-5 – Irmão/a, não julgue e muito menos despreze um pobre! Ele é um querido de Deus! “Meus queridos irmãos/as, Deus escolheu os pobres deste mundo para serem ricos de fé e herdeiros do Reino!”.

Mc 7,31-37 – Jesus sai de sua Terra e vai para uma Região pagã, onde ensina e faz milagres. O povo que nada sabia a respeito de Deus, escuta e divulga seus milagres e, ao mesmo tempo, afirmava que “Ele havia feito bem todas as coisas: aos surdos fez ouvir e aos mudos falar!”.

3.Reflexão:
O Povo de Israel, no exílio, é bem retratado pelo profeta Isaías: “Um povo todo quebrado pelo trabalho escravo – cegos surdos e mudos”… – enfim um povo triste, deprimido e sem esperança!… Porém, Deus vai libertá-lo e reconduzi-lo par a sua Terra Prometida (..). É Deus mesmo que vem para libertar e recompensar; Ele vem com certeza! Ele é o Povo de Deus, pois Deus escolheu os pobres para torná-los ricos de fé e de alegria da Salvação!

Jesus curou um surdo-mudo; restituiu-lhe a fala correta e a audição perfeita. O surdo, normalmente, é também mundo. Jesus fez serviço completo: abriu-lhe os ouvidos e libertou-lhe a língua para ouvir e falar com perfeição! Este milagre pode bem ser um ensinamento para nossos cristãos! Jesus proibiu falar do milagre para não criar confusão e impedi-lo de ensinar a respeito do Reino de Deus! Nós não falamos de Jesus ao mundo moderno… Falamos de futebol,, de política ( com “p” pequeno),falamos de moda, de festas e de outras coisas insignificantes!… Mas não sabemos falar de Jesus ao mundo de hoje! O surdo-mudo, curado por Jesus, mesmo proibido, saiu pelas estradas falando de Jesus e divulgando seus milagres! Os cristãos de hoje, inclusive, os sacerdotes e religiosos, desconhecem o segredo que possuímos e não falamos de Jesus, o Salvador e o Libertador! Parece que o próprio Cristianismo está doente! E o medo de falar de Jesus ao povo tornou-se moda! É um sinal alarmante de nossa fraqueza na fé cristã!

Martinho Lutero, fundador do Protestantismo, dizia que a Epístola de Tiago era uma epístola de palha, própria para ser queimada! Ela é, sim, uma Epístola de palha que queima, sim e como, a nossa consciência porque não amamos os pobres! Todos nós julgamos com facilidade aos pobres, que não são santos, mas são amigos de Deus! Ele os escolheu e os enriqueceu de fé e de esperança. Não julguemos nunca um pobre – quem quer seja ele – pois ele é uma pessoa querida de Deus! Esta afirmação, com certeza, nos escandaliza! E como?! Mas a Palavra de Deus a justifica: ”Deus escolheu os pobres deste mundo para serem ricos de fé e herdeiros do Reino, prometido àqueles que o amam!”.

Frei Carlos Zagonel
http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=5284

Você pode Gostar de:

Aniversário de nosso Arcebispo Dom Milton Santos (23.09)

A Arquidiocese de Cuiabá está em festa neste domingo dia 23 de setembro 2018, pois …