Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 3º Domingo de Páscoa 05.05.2019.

Liturgia – 3º Domingo de Páscoa 05.05.2019.

“Eu vou pescar!  Também nós vamos contido!”
1.Acolhida –
Irmãos/ãs, sejamos todos bem-vindos  nesta celebração da Eucaristia. Esta celebração se repete em todos os domingos (Dia do Senhor) e a repetição pode tornar-se rotina e a rotina arruina o Mistério! Por isso, devemos vigiar os nossos sentimentos para não perder a graça do Sacramento! Jesus mandou fazer em sua memória a celebração da Eucaristia  –  o maior Dom de sua Vida. Celebrar a Eucaristia distraído é feio demais, é sinal de ingratidão: Jesus renova sua entrega ao Pai para nossa salvação e nós celebramos distraídos! É sinal evidente de falta de fé!
Os Apóstolos, a convite de Pedro, foram pescar e nada apanharam numa noite inteira de trabalho! Por que teriam ido pescar? Pescar pode ser um bom método para relaxar de um “Stress” Os Apóstolos, logo após a Ressurreição de Jesus, estariam estressados? O Mistério quando não for vivido, cansa e causa Stress! Vira rotina, obrigação, dever a cumprir.
A celebração da Eucaristia deve ser um “encontro” afetivo e esperado com Jesus nosso Salvador!  Como celebramos dominicalmente nossa Eucaristia? É um encontro gostoso com o Senhor ou descarga de consciência de dever cumprido?

2.Palavra de Deus
At 5,27-32.40-41 – Repreendidos pelos Sumos Sacerdotes, os Apóstolos responderam corajosamente, reafirmando sua decisão de obedecer antes a Deus do que aos homens: “É preciso obedecer antes a Deus do que aos homens!”
Ap 5,11-14 – O Apóstolo João descreve o que acontece em cada celebração da Eucaristia: Exaltação do Cordeiro imolado por nós. Nossos olhos carnais não conseguem ver a multidão de anjos e santos rodeando o  altar da celebração eucarística! Precisamos ir além do ritual da celebração; abra seus olhos à luz da fé e contemple a multidão celestial celebrando conosco!
Jo 21,1-19 – Os Apóstolos não conseguiram relaxar de seu stress após uma noite de pescaria frustrada! Estavam regressando para suas casas frustrados, quando um estranho, de pé, junto à praia, ordena-lhe de lanças as redes no lado direito do barco e achareis! Apanharam 153 grande peixes e as redes não se romperam! Parece mesmo “história de pescador”!

3. Reflexão
Por que os Apóstolos foram pescar? Para relaxar e passar o tempo? Talvez tenha sido por necessidade, pois eram pescadores profissionais e viviam da pesca! Por que você vai à Missa dominical? Se for para cumprir um dever religioso, você estará  perdendo o seu tempo: “Pescamos a noite inteira e não apanhamos um peixe sequer!” Vá à Missa para encontrar-se com Jesus – o Salvador – e você verá o resultado de seu encontro com o Senhor Jesus!
Muitos piedosos cristãos confessam que percebem a presença misteriosa de anjos, arcanjos e agentes celestiais…adorando o Cordeiro de Deus imolado sobre o altar! Na igreja ouvimos Jesus falando e ensinando através dos  ministros. Contemplamos o Cordeiro de Deus imolado sobre o altar para nossa Salvação. Senhor Jesus ilumina nosso olhar para contemplarmos tão grandes mistérios e descobrir cada vez melhor, os caminhos de nossa Salvação!
Os Apóstolos pobres e ignorantes pescadores, confessam corajosamente o nome de Jesus diante dos Sumos Sacerdotes e confessam sua alegria por terem sido achados dignos de sofrer por Ele: Saíram diante das autoridades confessando sua alegria por terem sofrido por Jesus: Felizes por terem sido considerados dignos de sofrer por cauda do Nome de Jesus!”
E nós como saímos da igreja após a Eucaristia? O  sacerdote nos diz: “Ide em paz, a Missa acabou!”  Agora começa a vossa missão! E não é necessário ir à África para ser missionário! O terreno da  missão pode ser você mesmo. Sua vida tem que ser mais cristã!
Pescar sem Jesus, é fracasso certo! A Pastoral sem Jesus é igualmente frustrante. É inútil! O pastor deve conhecer a Palavra de Deus e vive-la dia a dia! O testemunho é sempre a força maior de nossa pregação. Pescar os Apóstolos sabiam e conheciam bem todas as técnicas, inclusive o tempo mais oportuno para a pesca, mas apanharam 153 grandes peixes! O número ´recorda todas as nações conhecidas na época. Eles deviam pregar e anunciar Jesus a todas as nações.

Frei Carlos Zagonel

Você pode Gostar de:

Liturgia – 5º Domingo de Páscoa

Deus enxugará as lágrimas de seus olhos.A morte não existirá mais! 1.Acolhida A virtude da …