Página Inicial / Notícias / Homilia – Ordenações Diaconais (18 de maio)

Homilia – Ordenações Diaconais (18 de maio)

HOMILIA – ORDENAÇÃO DE DIÁCONOS – 18/MAIO/2019

Links
Dom Milton Santos, sdb – Arcebispo de Cuiabá

1.HELBER BRAVIN
“E o verbo se fez carne e habitou entre nós!” (Jo 1, 14)
2.HELDER ZOLET ADVERSI
“Que é o homem, Senhor, para Vós? Por que dele cuidais tanto assim, e no Filho do Homem pensais?” (Sl 8, 5)
3.HENRIQUE OLIVEIRA FÁVARO
“Vai para tua casa e para os teus e anuncia-lhes tudo o que fez por ti o Senhor na sua misericórdia”! (Mc 5,19)
4.JOSÉ TIAGO DA SILVA
“Que poderei retribuir ao Senhor, por tudo aquilo que Ele fez em meu favor?” (Sl 115,12)
5.LUCAS NUNES TECO DOS SANTOS
“Basta-te a minha graça!” (II Cor 12,9)
6.MARCOS PAULO CATANHO DA SILVA
“Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi e vos designei para irdes e produzirdes fruto e para que o vosso fruto permaneça!” (Jo 15,16a)
7.MARCOS TAINAM HUBNER DE AMORIM
“O Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir, e dar a sua vida em resgate de muitos!” (Mt 20, 28)

HOJE – neste 18 de maio de 2019 – já celebrando o 5º. Domingo da Páscoa, aqui reunidos em “cenáculo” no Rincão do Meu Senhor/Canção Nova – a quem a Arquidiocese de Cuiabá AGRADECE SENSIBILIZADA o estarmos aqui para a Ordenação de Sete Diáconos – NESTE MOMENTO estamos fazendo  uma viagem no tempo… Sentimo-nos nos inícios do Cristianismo em Jerusalém exatamente na eleição dos primeiros SETE DIÁCONOS!
Há alguns dias os nossos SETE Seminaristas candidatos a receberem a Ordenação de Diáconos estiveram em Retiro Espiritual aqui em Várzea Grande… Durante este Retiro Espiritual o Conselho de Presbíteros – isto é, o Arcebispo e oito Conselheiros se reuniram para fazerem a avaliação dos Sete Candidatos…
Momentos depois o Reitor do Seminário Cristo-Rei – P. Reginaldo Souza foi ao local do Retiro Espiritual para lhes comunicar que TODOS tinham sido APROVADOS para receberem o DIACONADO… Recebi a informação de que foi um “chororô… geral”!!
Lógico: imediatamente os SETE viajaram no tempo e se sentiram – também eles! – no livro dos Atos dos Apóstolos…
Capítulo 6,1-6… Ouçamos: “Naqueles dias, como crescesse o número dos discípulos, houve queixas dos gregos contra os hebreus, porque as suas viúvas teriam sido negligenciadas na distribuição diária. Por isso os Doze convocaram uma reunião dos discípulos e disseram: “Não é razoável que abandonemos a palavra de Deus, para administrar. Portanto, irmãos, escolhei dentre vós SETE homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais encarregaremos deste ofício. Nós atenderemos sem cessar à oração e ao ministério da palavra. Esse parecer agradou a toda a reunião (assembleia). Escolheram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo; Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Pármenas e Nicolau, prosélito de Antioquia. Apresentaram-nos aos apóstolos, e estes, orando, impuseram-lhes as mãos”.
Então, por favor, quem representa ESTÊVÃO…?; quem representa FILIPE…? quem representa PRÓCORO…? quem representa NICANOR…? quem representa… TIMÃO? quem representa PÁRMENAS…? quem representa NICOLAU? … dos Atos dos Apóstolos estes SETE candidatos viajaram no tempo e estão aqui conosco! Podemos APLAUDI-LOS…!!!
No Rito de Ordenação de Diácono, logo a seguir, haverá um diálogo entre o Arcebispo e os Sete Candidatos. Já na primeira pergunta aparece uma das principais virtudes/características de quem se torna DIÁCONO: “Quereis ser consagrados ao SERVIÇO DA IGREJA, mediante a imposição de minhas mãos e a graça do Espírito Santo?”
Principalmente Vocês – os SETE candidatos! – permitam-me “brincar” – por assim dizer! Com o substantivo SERVIÇO… palavra chave indicativa das diversas virtudes de um DIÁCONO!
Neste jogo de palavra… você percebe o verbo “SER” e o substantivo masculino “VIÇO”!
VIÇO: FORÇA, EXUBERÂNCIA, ARDOR, VIGOR, MIMO, CARINHO EXTREMO, QUE CRESCE COM VIGOR… Então, Você é ordenado diácono para VIÇAR, isto é, para se expandir, desenvolver-se, aumentar, alastrar-se, para crescer… no SERVIÇO… PELA GRAÇA DO ESPÍRITO SANTO!
Outros compromissos também são virtudes características de um DIÁCONO: ser colaborador do Sacerdote! Ser uma pessoa de FÉ… FÉ que nasce de uma consciência pura, e, aparece nas palavras, nas ações testemunhando o Evangelho e a Igreja!
Outras VIRTUDES características do DIÁCONO serão explicitadas logo mais no Rito de Ordenação!
Ser DIÁCONO, viver como DIÁCONO, então, afinal… é parecer-se com Jesus (Mt 20,28) “Eu vim para servir e não para ser servido…” Jesus não brincou de ser humano: ele se encarnou na realidade humana!
O DIÁCONO é uma pessoa assim: através do SERVIÇO e a graça do Espírito Santo vive a obediência e o amor às pessoas. Com o Evangelho de hoje Jesus se dirige especialmente a vocês chamando-os carinhosamente de FILHINHOS (Jo 13,33) para que vivam o amor. Este é o estatuto e a identidade de quem pretende permanecer unido a Jesus. Vivam e levem esta herança de Jesus: este mandamento novo: ”Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, assim também vocês devem se amar uns aos outros” (Jo 13,34). Este mandamento é NOVO porque supera a lei…
Este pedido de Jesus é um imperativo: …”amem-se!” Não é imposto de fora, mas vem de dentro, como condição indispensável para se realizar o projeto de Deus!
Jesus dera o exemplo. Pouco antes, lavara os pés dos discípulos mostrando o que é AMAR: “Como eu os amei!” Percebem? Isto é ser DIÁCONO! O amor é gratuito. Poder-se-ia esperar que Jesus dissesse: “Amem a mim como eu amei Vocês”, mas não! Jesus não pede retribuição para si. Pede que os discípulos se amem uns aos outros. É ASSIM QUE AMARÃO JESUS!!
Percebem? O amor é ATIVO. Deve ser manifestado em gestos, em ações…: ISTO… É VIVER COMO DIÁCONO!
Esta é a “carteira de identidade” de Vocês, e, nossa “Carteira de identidade”: “Nisto todos conhecerão que vocês são meus discípulos: se tiverem amor uns para com os outros!” (Jo 13,35).
Vocês – DIÁCONOS – vivam assim: acolham a todos; valorizem a todos; esforcem-se para fazerem a todos felizes, ajudando em tudo que podem, especialmente os mais necessitados e marginalizados nos ambientes, e, tenham um carinho especial por aquelas pessoas que percebem não serem amadas ou aquelas difíceis de amar.
Hoje, em um mundo tão competitivo, em que cada um se sente o centro, onde se busca tirar proveito de todos e de tudo, não é fácil cultivar no coração a maneira de Jesus amar…
P. Zezinho coloca em música esta marca registrada de ser DIÁCONO, esta marca registrada de ser cristã, ser cristão: “… AMAR COMO JESUS AMOU!”
Queridos DIÁCONOS, seja esta a maneira de vocês servirem as pessoas na sua DIACONIA! Seja esta a maneira de todos nós mostrarmos nossa “carteira de identidade” como cristãs, como cristãos: “AMAR COMO JESUS AMOU!!” —— AMÉM!!

Você pode Gostar de:

Santa Dulce dos Pobres

Santa Dulce dos Pobres: Vaticano declara Irmã Dulce como a primeira santa nascida no Brasil. …