Página Inicial / Animação Litúrgica / 29º Domingo do Tempo Comum(29.09)

29º Domingo do Tempo Comum(29.09)

O CAMINHO PARA DEUS PASSA PELA ESCUTA DA PALAVRA
E NO SERVIÇO AOS IRMÃOS
29 de setembro de 2019
VIGÉSIMO SEXTO DOMINGO DO TEMPO COMUM
ANO C DIA NACIONAL DA BÍBLIA
Cor litúrgica: Verde
A.: Meus irmãos, Cristo nos visita por meio dos pobres e nos solicita a nossa atenção, ajuda e acolhimento.
RITOS INICIAIS
CANTO DE ENTRADA – (Hinário da CNBB, fasc. 3, p. 127)
R.: SENHOR, TU TENS RAZÃO, BEM FEITO FOI, BEM FEITO FOI, POIS CONTRA TI PECAMOS! MAS PELA TUA
HONRA, MISERICÓRDIA, DE NÓS, AGORA, A TI NÓS SUPLICAMOS!/ 1. Quem confia no Senhor, é qual monte de Sião: não tem medo, não se abala, está bem firme no seu chão./ 2. As montanhas arrodeiam a
feliz Jerusalém. O Senhor cerca seu povo, para não temer ninguém./ 3. A mão dura dos malvados não
esmague as criaturas, para os justos não mancharem suas mãos em aventuras./ 4. Venha a paz para o teu
povo, o teu povo de Israel. Venha a paz para o teu povo, pois tu és um Deus fiel!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – Em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: Irmãos
eleitos segundo a presciência de Deus Pai, pela santificação do Espírito para obedecer a Jesus Cristo e
participar da bênção da aspersão do seu sangue, graça e paz vos sejam concedidas abundantemente.
TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: De coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que
tenha piedade de nós, pecadores. Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE
NÓS. P.: Cristo, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, tende
piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de
nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
4. HINO DE LOUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus,
Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos
glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor
Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós
que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de
nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória
de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Ó Deus, que mostrais vosso poder sobretudo no perdão e na
misericórdia, derramai sempre em nós a vossa graça, para que, caminhando ao encontro das vossas
promessas, alcancemos os bens que nos reservais. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade
do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Caros irmãos, a Palavra de Deus é sempre atual e cheia de esperança. Quem se distancia dela se torna
incapaz de gestos gratuitos de solidariedade. Atentos, ouçamos o que o Senhor tem a nos falar.
6. 1ª LEITURA (Am 6,1a 4-7) – Leitura da Profecia de Amós.
Assim diz o Senhor todo-poderoso: 1aAi dos que vivem despreocupadamente em Sião, os que se sentem
seguros nas alturas de Samaria! 4Os que dormem em camas de marfim, deitam-se em almofadas, comendo
cordeiros do rebanho e novilhos do seu gado; 5os que cantam ao som das harpas, ou, como Davi, dedilham
instrumentos musicais; 6os que bebem vinho em taças, e se perfumam com os mais finos unguentos e não
se preocupam com a ruína de José. 7Por isso, eles irão agora para o desterro, na primeira fila, e o bando
dos gozadores será desfeito. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (Do Salmo 145/146) – R.: BENDIZE, MINHA ALMA, E LOUVA AO SENHOR! / 1.
O Senhor é fiel para sempre, faz justiça aos que são oprimidos; Ele dá alimento aos famintos, é o Senhor
quem liberta os cativos./ 2. O Senhor abre os olhos aos cegos, o Senhor faz erguer-se o caído; O Senhor
ama aquele que é justo. É o Senhor quem protege o estrangeiro./ 3. Ele ampara a viúva e o órfão. mas
confunde os caminhos dos maus. O Senhor reinará para sempre! Ó Sião, o teu Deus reinará para sempre e
por todos os séculos!
8. 2ª LEITURA (1Tm 6, 11-16) – Leitura da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo.
11Tu que és um homem de Deus, foge das coisas perversas, procura a justiça, a piedade, a fé, o amor, a
firmeza, a mansidão. 12Combate o bom combate da fé, conquista a vida eterna, para a qual foste chamado
e pela qual fizeste tua nobre profissão de fé diante de muitas testemunhas. 13Diante de Deus, que dá a vida
a todas as coisas, e de Cristo Jesus, que deu o bom testemunho da verdade perante Pôncio Pilatos, eu te
ordeno: 14guarda o teu mandato íntegro e sem mancha até a manifestação gloriosa de nosso Senhor Jesus
Cristo. 15Esta manifestação será feita no tempo oportuno pelo bendito e único Soberano, o Rei dos reis e
Senhor dos senhores, 16o único que possui a imortalidade e que habita numa luz inacessível, que nenhum
homem viu, nem pode ver. A ele, honra e poder eterno. Amém. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA. / Jesus Cristo, sendo rico, se fez pobre,
por amor; para que sua pobreza nos, assim, enriquecesse.
10. EVANGELHO – (Lc 16, 19-31) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.:
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, Jesus disse aos fariseus: 19“Havia um homem rico, que se vestia com roupas finas e
elegantes e fazia festas esplêndidas todos os dias. 20Um pobre, chamado Lázaro, cheio de feridas, estava
no chão à porta do rico. 21Ele queria matar a fome com as sobras que caíam da mesa do rico. E além disso,
vinham os cachorros lamber suas feridas. 22Quando o pobre morreu, os anjos levaram-no para junto de
Abraão. Morreu também o rico e foi enterrado. 23Na região dos mortos, no meio dos tormentos, o rico
levantou os olhos e viu de longe a Abraão, com Lázaro ao seu lado. 24Então gritou: ‘Pai Abraão, tem
piedade de mim! Manda Lázaro molhar a ponta do dedo para me refrescar a língua, porque sofro muito
nestas chamas’. 25Mas Abraão respondeu: ‘Filho, lembra-te que tu recebeste teus bens durante a vida e
Lázaro, por sua vez, os males. Agora, porém, ele encontra aqui consolo e tu és atormentado. 26E, além
disso, há um grande abismo entre nós: por mais que alguém desejasse, não poderia passar daqui para
junto de vós, e nem os daí poderiam atravessar até nós’.27O rico insistiu: ‘Pai, eu te suplico, manda Lázaro à
casa do meu pai, 28porque eu tenho cinco irmãos. Manda preveni-los, para que não venham também eles
para este lugar de tormento’. 29Mas Abraão respondeu: ‘Eles têm Moisés e os Profetas, que os escutem!’
30O rico insistiu: ‘Não, Pai Abraão, mas se um dos mortos for até eles, certamente vão se converter’. 31Mas
Abraão lhe disse: ‘Se não escutam a Moisés, nem aos Profetas, eles não acreditarão, mesmo que alguém
ressuscite dos mortos’”. Palavra da Salvação.
TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, Criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu
único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria,
padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou
ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar
os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na
remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos caríssimos, Deus iluminou nossas consciências com Sua Palavra. Agora,
elevemos a Ele os nossos pedidos, dizendo juntos: Senhor, ouvi as nossas preces!
TODOS: SENHOR, OUVI AS NOSSAS PRECES!
1) Senhor, Vós que estais presente em Vossa Igreja por meio de Vossa Palavra e dos Sacramentos,
concedei ao Santo Padre, o Papa Francisco, e a todo o clero, a graça de ter olhos atentos às
necessidades dos pobres.
TODOS: SENHOR, OUVI AS NOSSAS PRECES!
2) Vós que saciais a fome dos pobres, protegei os fiéis cristãos que atuam em cargos de responsabilidade
social, para que sejam, com firmeza e sabedoria, construtores de uma sociedade justa e solidária.
TODOS: SENHOR, OUVI AS NOSSAS PRECES!
3) Vós que nos acompanhais com a Vossa misericórdia, ensinai-nos a reconhecer a Vossa presença em
todos os nossos irmãos, e a Vos encontrarmos sobretudo nos pobres e infelizes.
TODOS: SENHOR, OUVI AS NOSSAS PRECES!
4) Vós que enviastes o Vosso Filho a este mundo para servir aos mais pobres, abençoai e ajudai-nos a socorrer com amor e cuidado as pessoas que estão nas periferias.
TODOS: SENHOR, OUVI AS NOSSAS PRECES!
(Preces Espontâneas)
P.: Senhor, ouvi, benigno, o Vosso povo e fazei-o atento à voz do Vosso Filho, que é Deus convosco, na
unidade do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – (cf. https://www.paulus.com.br/loja/cd-liturgia-xii-tempo-comum-18-ao-34-dtc-anoc_p_2290.html, faixa 8)
1. Ó Deus, recebe o trigo, moído! Vê como é bom o pão! Seja teu Corpo!/ 2. Ó Deus, recebe a uva pisada!
Vê como é bom o vinho! Seja teu Sangue!/ 3. Ó Deus, recebe a vida da gente! Vê como é boa a lida! Seja
tua oferta.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Ó Deus de misericórdia, que esta oferenda vos seja agradável e
possa abrir para nós a fonte de toda bênção. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III – MR (p. 483) –
Prefácio dos Domingos do Tempo Comum VI: Cristo, penhor da Páscoa eterna – MR (p. 433)
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – (Hinário da CNBB, fasc. 3, p. 345)
R.: BEM AVENTURADOS OS QUE TÊM UM CORAÇÃO DE POBRE: PORQUE DELES É O REINO DOS CÉUS.
PORQUE DELES É O REINO DOS CÉUS!/ 1. Confia no Senhor e faze o bem, e, sobre a terra, habitarás em
segurança!/ 2. Coloca no Senhor tua alegria, e ele dará o que pedir teu coração!/ 3. Repousa no Senhor e
espera nele! Não cobices a fortuna desonesta!/ 4. O Senhor cuida da vida dos honestos, e sua herança
permanece eternamente! / 5. Os que Deus abençoar, terão a terra; os que ele amaldiçoar, se perderão./ 6.
Observa o bem o homem justo e o honesto: quem ama a paz, terá bendita descendência.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Ó Deus, que a comunhão nesta Eucaristia
renove a nossa vida para que, participando da paixão de Cristo neste mistério, e anunciando a sua morte,
sejamos herdeiros da sua glória. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL

Preparando a Partilha da Palavra
A história do rico e de Lázaro deve ser lida com atenção para não deformar sua mensagem. Semelhante, é a mensagem de Amós na primeira leitura: os que agora fazem festa e humilham o povo, amanhã serão os primeiros a serem deportados para o exílio. Jesus usou a parábola, sobretudo para frisar que é agora, aqui na terra, que se decide o destino eterno. Lucas está preocupado com o uso da riqueza. De que se acusa o rico nesta parábola? De ser cego e insensível, ao ponto de deixar morrer de fome na porta de sua casa o pobre Lázaro. O rico cria um abismo entre si mesmo e o irmão. O ideal cristão para este mundo é superar este abismo, que não está alicerçado sobre um problema econômico, mas sobre o egoísmo. Este texto nos adverte sobre a busca da felicidade nas riquezas. Para alcançarmos a vida eterna devemos ver os bens como procedentes de Deus e partilhá-los com os mais necessitados. Não basta conhecer Moisés e os profetas, é preciso viver o que se crê. A fé provém da revelação de Deus. Hoje, a indiferença religiosa cresce no Brasil, como também a negação da eternidade, da ressurreição e da necessidade de Cristo para a salvação. Somos talvez nós um dos cinco irmãos do rico que não acreditamos? O que nos falta para crer e viver conforme nossa fé? Paulo nos fala que devemos dar testemunho da verdade, a exemplo de Cristo, e a fidelidade na prática cotidiana das virtudes em relação a Deus: fé, esperança e amor. E, em relação ao próximo: caridade, justiça, paciência, atenção, cuidado. O essencial do cristianismo é o amor: quem ama, conhece a Deus. Quem sabe se, lendo a Bíblia, possamos abrir os olhos, sair da cegueira, do apego a nós mesmos e aos nossos bens, para enxergar melhor o que devemos fazer?

LEITURAS DA SEMANA
Seg.: S. Jerônimo, PresbDr., memória. Zc 8, 1-8; Sl 101 (102); Lc 9, 46-50
Ter.: Sta Teresinha do Menino Jesus VgDra, memória. Zc 8,20-23; Sl 86 (87); Lc 9, 51-56
Qua.: Santos Anjos da Guarda, memória. Ex 23, 20-23; Sl 90 (91); Mt 18, 1-5.10
Qui.: Bvs. André de Soreval, Ambrósio Francisco Ferro Presbs. e Comps. Mts., mem; Ne 8, 1-4a.5-6.7b-12; Sl 18 (19); Lc 10, 1-12
Sex.: S. Francisco de Assis, Rlg, memória. Br 1,15-22; Sl 78 (79); Lc 10, 13-16
Sáb.: S. Benedito, o Negro, Rlg, MFac; Br 4,5-12.27-29; Sl 68 (69); Lc 10, 17-24
Segunda Semana do Saltério
Vigésimo Sexto Domingo do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

15º Domingo do Tempo Comum(14.07)

O AMOR QUE GERA CUIDADOS A TODOS, AO PRÓXIMO E AOS MARGINALIZADOS. 14 de julho …