O Sínodo Pan-Amazônico

O SÍNODO PAN-AMAZÔNICO
Em 15 de Outubro de 2017, o Papa Francisco anunciou a convocação de um sínodo especial sobre a Amazônia. Participarão desse Sínodo: Bispos, peritos, assessores e alguns convidados especais que trabalham na grande região Amazônica. A Pan-Amazônia é uma área geográfica que envolve os seguintes Países: Brasil, Venezuela, Colômbia, Peru, equador, Bolívia, Guianas Inglesa e Francesa, e Suriname. Entretanto, a maior parte da Amazônia está em território brasileiro. Desde o anúncio do Sínodo, iniciou-se um intenso processo de escuta dos povos originários da Amazônia e missionários, através de centenas de reuniões, assembleias, roda de conversas, simpósios e seminários. O processo de escuta culminou com a elaboração do “Instrumento laboris” (instrumento de trabalho) que é fruto desse longo caminho de estudo e partilha de preocupações sobre a vida na Amazônia. Participei do último encontro em Belém, de 27 a 39/08, para a discussão e síntese das propostas que serão aprofundadas no Sínodo , em Outubro. O Sínodo tem como tema: “Amazônia, novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”. Pelo objetivo podemos perceber que será um Sínodo sobre a vida. A vida da Igreja na Amazônia, a vida da floresta, a vida dos rios, a vida dos povos originários da Amazônia e a vida do planeta. Pois, a Amazônia é a grande reguladora do clima planetário. É bom lembrar que a Igreja Católica está inserida há mais de 400 anos no território Amazônico e prestou relevantes serviços aos povos da Amazônia, através dos seus missionários, suas escolas, Barcos-hospitais, creches e orfanatos. Disse o Papa João Paulo II, em Manaus: “Eu me ajoelho diante de cada missionário que aportou em terras da Amazônia”. Considerando que a Igreja está com o pé fincado na Amazônia, ela continuará contribuindo com sua reflexão sobre a ecologia integral e a superação da crise socioambiental que castiga a nossa casa comum . A vida na Amazônia, entrelaçada pela água, pelo território, pela floresta, pelas identidades e espiritualidades de seus povos, convida ao diálogo e à aprendizagem de sua diversidade biológica e cultural. A Igreja participa e gera processos de aprendizagem que abrem caminhos para uma formação sobre o sentido da vida integrada com o meio ambiente e enriquecida por sabedorias, conhecimentos e experiências ancestrais. À luz da encíclica “Laudo Si” do Papa Francisco(encíclica social sobre o meio ambiente), o sínodo discutirá o sentido da ecologia integral que se baseia no reconhecimento da relacionalidade como categoria humana fundamental. Isso significa dizer que nós desenvolvemos como seres humanos, com base em nossos relacionamentos: conosco, com os outros, com a sociedade, com o meio ambiente e com Deus. Essa integralidade vincular foi amplamente salientada durante as consultas às comunidades amazônicas. Toda a atividade da Igreja na Amazônia deve começar pela integralidade do ser humano: vida, território e cultura. Ecologia integral é, portanto, a interação entre a abordagem ambiental, humana, social e econômica, sobre essa rica a complexa realidade amazônica. Na verdade, como afirma a Laudato SI: “tudo está interligado, e isso convida-nos a maturar uma espiritualidade da solidariedade global que brotado mistério da Trindade”(LS,240). O sínodo busca finalmente, revisar a presença missionária da Igreja Católica na Pan-Amazônia e apontar novos caminhos para uma evangelização mais eficaz e frutuosa, sobretudo na linha de novos ministérios para o atendimento às comunidades e populações tradicionais. O sínodo projeta a construção uma Igreja com rosto amazônico e missionário. Porquanto, o rosto amazônico da Igreja, encontra sua expressão na pluralidade de seus povos, culturas e no ecossistema. A Inculturação do evangelho e interculturalidade não se opõem, mas se completam. Assim a universalidade ou Catolicidade da Igreja será enriquecida pela beleza desse rosto pluriforme. Pois, ser Igreja, significa ser o povo de Deus, encarnado nos povos da terra e suas culturas.
Pe. Deusdédit é sacerdote Diocesano e Pároco da Paróquia C. Imaculado de Maria.

Você pode Gostar de:

XIX Retiro Arquidiocesano da Pastoral do Dízimo

XIX RETIRO ARQUIDIOCESANO DA PASTORAL DO DÍZIMO A Pastoral Arquidiocesana do Dízimo realizará no dia …