Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 28º Domingo Comum 13.10.2019

Liturgia – 28º Domingo Comum 13.10.2019

LITURGIA – 28º DOMINGO COMUM 13.10.2019
“LEMBRA-TE DE JESUS CRISTO RESSUSCITADO!”

1.ACOLHIDA
A gratidão é filha da humildade! É uma virtude maravilhosa, mas difícil de ser vivida, pois, o pecado de nossos Pais introjetou em nós alma uma raiz maligna do orgulho diabólico. Nossos pais, Adão e Eva, sucumbiram à tentação de serem “grandes como Deus” e. por isso que, nós queremos estar acime de todo mundo, até de Deus! Nem o mendigo da rua deseja ser pequeno! Todos queremos ser grandes, donos da própria vida e nos damos mal, quebramos a cara!
Os “Dez leprosos” queriam ser curados e clamaram por Jesus, guardando a distância recomendada pela Lei de Moisés. A doença da lepra (hanseníese) não os tornou humildes! Queriam ser curados para viver livremente! Apenas um samaritano – pobre e desprezado – voltou para agradecer! Quando Deus é, de fato, grande no coração do ser humano, abre-se espaço para a humildade! Uma grande santa religiosa carmelita definia a humildade como sendo a verdade. Deus é grande e nós somos pequenos, mas podemos ter um coração grande e agradecido! “A humildade é a verdade!”

2.Palavra de Deus

2Re 5,14-17 – Naamã, general assírio, queria ser tratado como grande general, mas, foi curado da lepra, quando, humildemente, foi banhar-se nas águas do pequeno rio Jordão, obedecendo ao profeta Eliseu. Foi curado da lepra e converteu-se a Javé, o Deus de Israel! A humildade abre caminho para o poder de Deus agir em nosso corpo e curar-nos das enfermidades.
2Tm 2,8-13 – “Lembre-se de Jesus Cristo, ressuscitado dos mortos, segundo o meu Evangelho!” e suporta o sofrimento assim como eu, prisioneiro, “Sofro, até as algemas, como um malfeitor!” Este é o testamento espiritual do Apóstolo Paulo para seu discípulo Timóteo.
Lc 17,11-19 – A Lei de Moisés ordenava que todo leproso fosse afastado do convívio social para evitar a epidemia da letra. Era um recurso de higiene pública. Mas, o tempo, criou a ideologia que leproso era um amaldiçoado por Deus! Isto Deus não quer também não quer que usemos da mesma lógica condenando todo o enfermo, como sendo um castigado de Deus!

3.Reflexão
Os “grandes e os orgulhosos” não conhecem os caminhos de Deus, que aprecia os caminhos da humildade e da gratidão. Jesus, ao longo de sua vida sobre a terra, somente se queixou da falta de agradecimento! No fato, narrado no Evangelho de hoje, Ele se queixou da falta de agradecimento. Dez leprosos foram curados e, apenas, um pobre samaritano, voltou alegre para agradecer! A gratidão é garantia de novos favores da parte de Deus. Até parece que Ele precisa da gratidão do ser humano!
O caminho da humildade curou e converteu o poderoso general assírio. Obedeceu à ordem do profeta Eliseu, banhando-se sete vezes no riozinho Jordão e saiu da água completamente curado e convertido, a ponto de levar uma porção de terra da Palestina para fazer suas orações de convertido, prostrado sobre a porção de da Palestina, levada para seu próprio palácio. Humildade e gratidão são caminhos que conduzem a Deus!
O Apóstolo Paulo, preso e algemados em Roma e aguardando a condenação final, envia seu “Testamento espiritual” para o discípulo Timóteo! Lembra-te de Jesus Cristo, morto e ressuscitado, segundo o meu Evangelho. O sofrimento é a moeda usada por Deus para resgatar o ser humano para a vida eterna! Não vivamos lamentando nossos sofrimentos e contrariedades, mas abracemos nossa cruz diária e vamos carrega-la em parceria com a Cruz de Cristo. Diz São Paulo: “Completo em minha carne o que falta à paixão de Cristo para a salvação do mundo!” Será que Jesus não sofreu que chega? Ele quer parceiros na sua missão de Salvador!

Frei Carlos Zagonel.

Você pode Gostar de:

Liturgia -29º Domingo Comum 20.10.2019

LITURGIA –290 DOMINGO COMUM 20.10.2019 “Faça-me justiça contra meus inimigos!” 1.ACOLHIDA O Reino de Deus …