Página Inicial / Animação Litúrgica / Solenidade de Todos os Santos(03.11)

Solenidade de Todos os Santos(03.11)

SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS QUEM VIVE AS BEM-AVENTURANÇAS ALCANÇARÁ MISERICÓRDIA!

3 de novembro de 2019
TODOS OS SANTOS – SOLENIDADE
Cor Litúrgica: Branca
A.: Irmãos caríssimos, ao celebrar hoje a Solenidade de Todos os Santos, a Igreja contempla feliz os seus filhos que neste mundo conservaram a integridade da fé e cultivaram as virtudes cristãs. Que os santos nos ajudem a sermos fiéis à sublime vocação à santidade, a que fomos chamados pelo batismo. Jubilosos, iniciemos a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA
Reunidos em torno dos nossos pastores, nós iremos a ti. Reunidos, nós todos, em uma só fé, nós iremos a ti, armados com a força que vem do Senhor, nós iremos a ti. Batizados, nós todos, na água e no Espírito, nós iremos a ti./ R.: IGREJA SANTA, POVO DO SENHOR! GLÓRIA A TI, IGREJA SANTA, Ó CIDADE DOS CRISTÃOS! QUE TEUS FILHOS HOJE E SEMPRE, VIVAM TODOS COMO IRMÃOS!/ 2. Com nossas irmãs e irmãos nos claustros, nós iremos a ti. Com nossas irmãs e irmãos sofredores, nós iremos a ti. Com os padres de todas as paróquias, nós iremos a ti. Com os líderes das comunidades de base, nós iremos a ti./ 3. Da área rural e da nossa cidade, nós iremos a ti. De nossas montanhas e nossas baixadas, nós iremos a ti. De nossos cortiços e pobres favelas, nós iremos a ti. De nossas escolas e nossos trabalhos nós iremos a ti./ 4. Com nossos anseios e nossos desejos,/ nós iremos a ti. Com nossas angústias e nossa alegria, nós iremos a ti. Com nossa fraqueza e nossa bondade, nós iremos a ti. Com nossa riqueza e nossa carência,/ nós iremos a ti./ 5. Curvados ao peso do nosso trabalho, nós iremos a ti. Curvados ao peso do nosso pecado, nós iremos a ti. Confiantes por sermos filhos de Deus, nós iremos a ti. Confiantes por sermos irmãos de Jesus, nós iremos a ti.
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: O Senhor que encaminha os nossos corações para o amor de Deus e a constância de Cristo esteja convosco! TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3.ATO PENITENCIAL – P.: De coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que tenha piedade de nós, pecadores. Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
4. HINO DE LOUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de
nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Deus Eterno e Todo-Poderoso, que nos dais celebrar numa só festa os méritos de todos os Santos, concedei-nos por intercessores tão numerosos a plenitude da vossa misericórdia. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Irmãos, a Palavra de Deus nos ajuda a viver a santidade na fidelidade às pequenas coisas e no exercício das bem-aventuranças. Ouçamos com atenção as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Ap 7, 2-4.9-14) – Leitura do Livro do Apocalipse de São João.
Eu, João, 2vi um outro anjo, que subia do lado onde nasce o sol. Ele trazia a marca do Deus vivo e gritava, em alta voz, aos quatro anjos que tinham recebido o poder de danificar a terra e o mar, dizendo-lhes: 3“Não façais mal à terra, nem ao mar, nem às árvores, até que tenhamos marcado na fronte os servos do nosso Deus”. 4Ouvi então o número dos que tinham sido marcados: eram cento e quarenta e quatro mil, de todas as tribos dos filhos de Israel. 9Depois disso, vi uma multidão imensa de gente de todas as nações, tribos, povos e línguas, e que ninguém podia contar. Estavam de pé diante do trono e do Cordeiro; trajavam vestes brancas e traziam palmas na mão. 10Todos proclamavam com voz forte: “A salvação pertence ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro”. 11Todos os anjos estavam de pé, em volta do trono e dos Anciãos e dos quatro Seres vivos e prostravam-se, com o rosto por terra, diante do trono. E adoravam a Deus, dizendo: 12”Amém. O louvor, a glória e a sabedoria, a ação de graças, a honra, o poder e a força pertencem ao nosso Deus para sempre. Amém”. 13E um dos Anciãos falou comigo e perguntou: “Quem são esses vestidos com roupas brancas? De onde vieram?” 14Eu respondi: “Tu é que sabes, meu Senhor”. E então ele me disse: “Esses são os que vieram da grande tribulação. Lavaram e alvejaram as suas roupas no sangue do Cordeiro”. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – DO SALMO (23/24) – R.: É ASSIM A GERAÇÃO DOS QUE O PROCURAM O SENHOR!/ 1. Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, o mundo inteiro com os seres que o povoam; porque ele a tornou firme sobre os mares, e sobre as águas a mantém inabalável./ 2. Quem subirá até o monte do Senhor, quem ficará em sua santa habitação?’ ‘Quem tem mãos puras e inocente coração, quem não dirige sua mente para o crime./ 3. Sobre este desce a bênção do Senhor e a recompensa de seu Deus e Salvador’. ‘É assim a geração dos que o procuram, e do Deus de Israel buscam a face’.
8. 2ª LEITURA (1 Jo 3, 1-3) – Leitura da Primeira Carta de São João.
Caríssimos: 1Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos! Se o mundo não nos conhece, é porque não conheceu o Pai. 2Caríssimos, desde já somos filhos de Deus, mas nem sequer se manifestou o que seremos! Sabemos que, quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque o veremos tal como ele é. 3Todo o que espera nele, purifica-se a si mesmo, como também ele é puro. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA. Vinde a mim, todos vós que estais cansados e penais a carregar pesado fardo e descanso eu vos darei, diz o Senhor.
10. EVANGELHO – (Mt 5, 1-12a) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, 1Vendo Jesus as multidões, subiu ao monte e sentou-se. Os discípulos aproximaram-se, 2e Jesus começou a ensiná-los: 3”Bem-aventurados os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus. 4Bem-aventurados os aflitos, porque serão consolados. 5Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra. 6Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados. 7Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. 8Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus. 9Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus. 10Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos Céus. 11Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim. 12aAlegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus”. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR.
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, Criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos caríssimos, uma multidão imensa de intercessores nos sustenta hoje, enquanto elevamos a Deus todo-poderoso nossas orações por todos os homens. Supliquemos com fé.
1. Senhor, Vós que instituístes os sacramentos para nossa salvação,
Todos: fazei com que a Santa Igreja continue proclamando, com fortaleza e coragem, o Vosso perdão e as Vossas maravilhas por todo o mundo.
2. Senhor, Vós que sois o promotor da santidade da vida da Igreja,
Todos: acompanhai com a Vossa graça os nossos governantes na defesa dos direitos humanos e na promoção da justiça e da paz.
3. Senhor, Vós que acolhestes os pecadores com misericórdia, acompanhai com a Vossa ternura todos os doentes, os excluídos e os marginalizados,
Todos: a fim de que eles possam encontrar, nas bem-aventuranças do Evangelho, a esperança e alegria necessárias para santificar as dificuldades.
4. Senhor, Vós que sois o nosso Deus adorado e amado, concedei-nos a graça da perseverança;
Todos: impulsionai-nos na correspondência ao Vosso chamado de conversão e assim, pela vivência da santidade, preparai-nos para o nosso encontro convosco no Céu.
(Preces Espontâneas):
P.: Senhor, que Vossa mão proteja, purifique e sustente o povo que vos suplica, e, confortado na vida presente, possa caminhar para os bens futuros. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – (https://www.youtube.com/watch?v=f7AkN6XNJk0)
R.: A VIDA DOS JUSTOS ESTÁ NAS MÃOS DE DEUS, NENHUM TORMENTO OS ATINGIRÁ. AOS OLHOS DOS INSENSATOS, PARECERAM MORRER; / MAS ELES ESTÃO EM PAZ! ALELUIA! ALELUIA!/ 1.“Senhor, quem morará em vossa casa e em vosso Monte Santo habitará?” É aquele que caminha sem pecado pratica a justiça fielmente;/ 2. “Senhor, quem morará em vossa casa e em vosso Monte Santo habitará?” / Que pensa a verdade no seu íntimo e não solta em calúnias sua língua;/ 3. “Senhor, quem morará em vossa casa e em vosso Monte Santo habitará?” que em nada prejudica o seu irmão, nem cobre de insultos seu vizinho; / 4. “Senhor, quem morará em vossa casa e em vosso Monte Santo habitará?” que não dá valor algum ao homem ímpio, mas honra os que respeitam o Senhor.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Possam agradar-vos, ó Deus, as oferendas apresentadas em honra de todos os Santos. Certos de que eles já alcançaram a imortalidade, esperamos sua intercessão contínua pela nossa salvação. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III – MR (pág. 483) – Prefácio: A Jerusalém celeste – MR (p. 692) –
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – (https://www.paulus.com.br/loja/cd-festas-liturgicas-iv-cantos-do-hinario-liturgico-da-cnbb-envelope_p_2826.html, faixa 14)
R.: BEM AVENTURADOS OS QUE TÊM UM CORAÇÃO DE POBRE, / PORQUE DELES É O REINO DOS CÉUS/ PORQUE DELES É O REINO DOS CÉUS / 1. Senhor, meu Deus, a vós elevo a minha alma. Em vós confio: que eu não seja envergonhado!/ 2. Mostrai-me, ó Senhor, vossos caminhos, e fazei-me conhecer a Vossa estrada!/ 3. Vossa verdade me oriente e me conduza, porque sois o Deus da minha salvação!/ 4. Recordai, Senhor meu Deus, vossa ternura e a vossa compaixão que são eternas!/ 5. O Senhor é piedade e retidão, e reconduz ao bom caminho os pecadores./ 6. Ele dirige os humildes na justiça, e aos pobres ele ensina seu caminho./ 7. O Senhor se torna íntimo aos que o temem e lhes dá a conhecer sua Aliança.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Ao celebrarmos, ó Deus, todos os Santos, nós vos adoramos e admiramos, porque só vós sois o Santo, e imploramos que a vossa graça nos santifique na plenitude do vosso amor, para que, desta mesa de peregrinos, passemos ao banquete do vosso reino. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
RITOS FINAIS
21. BREVES AVISOS
22. BÊNÇÃO FINAL – MR (P. 529)
P.: Deus, glória e exultação dos Santos que hoje celebrais solenemente, vos abençoe para sempre.
TODOS: AMÉM
P.: Livres por sua intercessão dos males presentes, e inspirados pelo exemplo de suas vidas, possais colocar-vos constantemente a serviço de Deus e dos irmãos.
TODOS: AMÉM
P.: E, assim, com todos eles, vos seja dado gozar a alegria da verdadeira pátria, onde a Igreja reúne os seus filhos e filhas aos santos para a paz eterna.
TODOS: AMÉM
P.: Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.
TODOS: AMÉM

Preparando a Partilha da Palavra (D.R.)
Hoje, a Igreja volta seu olhar e seu coração para o céu e enche-se de alegria ao contemplar uma multidão que participa da glória e da plenitude do Deus Santo. A nossa fé nos ensina que somente Deus é Santo. Deus é único, Ele é absoluto, Ele sozinho se basta, sozinho é pleno, sozinho é infinitamente feliz. Ele é Deus! Por isso, Santo, em sentido absoluto, é somente o Deus Uno e Trino, Pai, Filho e Espírito Santo. A Jesus, o Filho eterno feito homem, nós proclamamos em cada Missa: “Só vós sois o Santo”; ao Pai nós dizemos: “Na verdade, ó Pai, Vós sois Santo e fonte de toda santidade”; ao Espírito nós chamamos de Santo. Mas, a nossa fé também nos ensina que este Deus santo e pleno, dobra-se carinhosamente sobre a humanidade – sobre cada um de nós – para nos dar a sua própria vida, para nos fazer participantes de sua própria plenitude, sua própria santidade. Foi assim que o Pai, cheio de imenso amor, enviou-nos seu Filho único, e este, morto e ressuscitado, infundiu no mais íntimo de cada ser e de toda a Igreja o seu Espírito de santidade. Eis, quanta misericórdia: Deus, o único Santo, nos santifica pelo Filho, no Espírito: “Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos!” É isto a santidade para nós: participar da vida do próprio Deus, sermos consagrados por Ele e para Ele desde o nosso Batismo, para vivermos sua própria vida, vida de filhos no Filho Jesus! O texto do Apocalipse nos diz:“Depois disso, vi uma multidão imensa de gente de todas as nações, tribos, povos e línguas, e que ninguém podia contar. Estavam de pé diante do trono e do Cordeiro”. Essa multidão são todos os povos da terra, chamados por Cristo, na Igreja, para a salvação, para a santificação que Deus nos oferece. Olhemos para o céu: lá estão Pedro e Paulo, lá estão os Doze, lá estão os mártires de Cristo, os santos pastores e doutores, lá estão as santas e os santos, lá estão tantos e tantos – uns, conhecidos e reconhecidos pela Igreja publicamente, outros, cujo nome somente Deus conhece; lá está a Santíssima e Bem-aventurada sempre Virgem Maria. Eles chegaram lá, eles intercedem por nós, eles são nossos modelos, eles nos esperam. Em um mundo que vive estressado, que corre sem saber para onde… um mundo que já não crê nos verdadeiros valores, porque já não crê em Deus, contemplar hoje todos os santos é recordar para onde vamos e qual é o sentido da nossa vida! Não tenhamos medo de ser de Deus, não tenhamos medo de testemunhar o Evangelho, não tenhamos medo de alimentar nossa vida com o Cristo, na sua Palavra e na sua Eucaristia para ficarmos repletos da vida do próprio Deus. Que nossos heróis e modelos sejam os santos e santas de Cristo, que foram heróis porque venceram e correram para o Cristo! Que eles roguem por nós, pois o que eles foram, nós somos e o que eles são, todos nós somos chamados a ser.

LEITURAS DA SEMANA
Seg: São Carlos Borromeu B, memória. Rm 11, 29-36; Sl 68(69); Lc 14,12- 14
Ter: Rm 12, 5-16a; Sl 130(131); Lc 14,15-24
Qua: Rm 13, 8-10; Sl 111 (112); Lc 14, 25-33
Qui: Rm 14, 7-12; Sl 26(27); Lc 15,1-10
Sex: Rm 15, 14-21;Sl 97 (98); Lc 16,1-8
Sáb: Dedicação da Basílica do Latrão (Catedral de Roma), festa. Ez 47,1-2.8-9.12 ou 1Cor 3,9c-11.16-17; Sl 45(46),2-3.5-6.8-9 (R/. 5); Jo 2,13-22.
Terceira Semana do Saltério
Trigésima Segunda Semana do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

26º Domingo do Tempo Comum(29.09)

O CAMINHO PARA DEUS PASSA PELA ESCUTA DA PALAVRA E NO SERVIÇO AOS IRMÃOS 29 …