Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – Domingo de Pentecostes 31.05.2020

Liturgia – Domingo de Pentecostes 31.05.2020

Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar outras línguas como o Espírito os inspirava!

1.ACOLHIDA
A Igreja vive do Espírito Santo: sem Ele a Igreja não recorda as Palavras de Jesus e, muito menos, as entende! O Espírito Santo recorda e explica todas as Palavra de Jesus (Jo 14,26; 16,13)
Aos Apóstolos Jesus ordena que não se afastem de Jerusalém sem ter recebido o dom do Pai; eles devem cumprir a Missão de anunciar Jesus até os confins do tempo e do mundo; mas sem o Espírito Santo, nada feito! (At 19,2-7). O Espírito Santo faz da Igreja sua parceira inseparável (At 15,28-29).
Os Apóstolos, pobres pescadores, certamente, analfabetos, mas com o dom do Espírito Santo tornaram-se sábios, fortes e irresistíveis! Ninguém conseguia resistir-lhes e nem fugir de suas denúncias: “Deus constituiu Senhor e Cristo a este Jesus que vós crucificastes… Ficai sabendo todos vós e todo Povo de Israel, que este homem está curado diante de vós, é pelo nome de Jesus Cristo, que vós crucificastes e que Deus ressuscitou dos mortos. E mais, todos nós somos testemunhas disso! (At 2,36; 4,10).

2.PALAVRA DE DEUS
At 2,1-11 – No Dia de Pentecostes, o Espírito Santo desceu sobre os Apóstolos, na forma de línguas de fogo! E, então, os Apóstolos falavam em diversas línguas anunciando as maravilhas de Deus.
1Co 12,3-13 – Paulo Apóstolo, usando a analogia do corpo humano, afirma que este tem diversos membros e todos diferentes um do outro, mas todos colaboram para o bem do próprio corpo humano! Assim, na Igreja: dons diversos, mas todos para o bem do da Igreja! São dons diferentes, mas um único é o doador!
Jo 20,19-23 – Jesus aparece pela segunda vez aos Apóstolos e confere-lhe o Espírito Santo e, com Ele, a Missão Apostólica: “Como meu Pai me enviou eu, também, vos envio”! Agora, a Missão de Jesus é nossa Missão! E os Discípulos de Jesus, são Discípulos missionários de Jesus!

3.REFLEXÃO
Conta-se uma “História verdadeira”. Um jornalista pediu para um Bispo que estava entrando Concílio Vaticano II: “Excelência, que pensa o senhor do Espírito Santo?” Resposta do Bispo católico: “A dizer a verdade, não sei o que o Espírito Santo faz na Igreja! O Pai e o Filho dão conta do recado! Na conclusão do Concílio o jornalista perguntou ao mesmo Bispo: E, agora, Excelência, que faz mesmo o Espírito Santo? Resposta do Bispo: “Agora, meu caro jornalista, eu não sei o que o Espírito Santo não faz na Igreja de Jesus! Ele é a alma da Igreja! Enviado pelo Pai e pelo Filho, agora, tudo passa por Ele! Deus é um só, mas o Espírito Santo ilumina, recorda, explica e mostra o Caminho para seguir Jesus Cristo – o Caminho, a Verdade e a Vida! Sem o Espírito Santo somos simplesmente analfabetos em tudo e continuamos no pecado!”
O Espírito prometido foi derramado pelo Pai e pelo Filho para ser a “alma da Igreja! “Um corpo sem a alma é um cadáver! E sem o Espírito Santo nós caminhamos nas trevas! Jesus diz no Evangelho: “E vós, que sois maus, sabeis dar coisas boas para os vossos filhos, quanto mais o Pai celestial não dará o Espírito Santo a quem o pedir!” (….). Sigamos nossas devoções particulares, mas não nos esqueçamos de pedir, todo dia, o dom do Espírito!
De acordo com o Evangelho de João, Jesus não esperou a Festa do Pentecostes para dar o Espírito Santo. Já na sua primeira aparição disse aos Apóstolos : “Recebei o Espírito Santo, a quem perdoardes os pecados estes serão perdoados… mas, a quem não perdoardes estes serão retiros!” (Jo20,22-23). O Espírito Santo não convive com o pecado! O poder de perdoar foi dado à Igreja e eles não serão perdoados sem sua intervenção! Quem peca gravemente vive nas trevas e se morrer na trevas lá permanecerá por toda a eternidade!

“Vinde Espírito Santo e acendei o coração dos féis!”

Frei Carlos Zagonel.

Você pode Gostar de:

Liturgia – 15º Domingo Comum

“A Palavra de Deus é viva e eficaz!” 1.ACOLHIDA. Neste Domingo, Jesus quer iluminar nossa …