Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – São Pedro e São Paulo 28.06.2020.

Liturgia – São Pedro e São Paulo 28.06.2020.

ENQUANTO PEDRO ESTAVA NO CÁRCERE A IGREJA REZAVA POR ELE!

1.PALAVRA DE DEUS
At 12,1-11 – Herodes mandou prender Pedro e o guardou, bem vigiado, para ser morte depois da Páscoa! Mas o anjo tocou o ombro de Pedro, caíram todas as correntes que o mantinham preso, abriram-se as portas e Pedro foi para um outro lugar (Roma), onde deu início à Igreja de Jesus, lá na capital do Império romano!
2Tm 4,6-8.17-18 – O Apóstolo Paulo, agora, associado a Pedro e igualmente preso, agora em Roma, disse: “Combati o bom combate, completei a corrida, guardei a fé. Agora, espero a recompensa!…” Ah! Se todos pudéssemos dizer a mesma confissão! Não importaria sermos condenados… Que maravilhoso não seria entrar gloriosos na Pátria celestial!
Mt 16,13-19 – Jesus dá os retoques finais na sua missão; precisa corrigir as crenças dos Apóstolos, mediante uma definição pessoal – “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem! E Pedro responde por todos: “Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo!…” Resposta do Mestre: “Por isso eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra eu construirei a minha Igreja…”

2.REFLEXÃO
Vivemos tempos difíceis e precisamos de definições claras! Quantas igrejas fundou Jesus? Temos igrejas que vendem (e muito caro!) feijões abençoas por pastores garantindo que cura até o “corona vírus”! Igrejas que parecem encarregadas de definir posições nos céus… quem vai para lá e quem não vai! Pobre Jesus, até o poder de julgar lhe foi tirado!… Pedro vem em socorro do Mestre! Ele voltará sim e haverá de julgar vivos e mortos; pois, Ele é o Senhor e o Mestre e não há outro! A sua Igreja foi temporariamente entregue, administrativamente, nas mãos de Pedro!…
Pedro estava preso e muito bem acorrentado e vigiado por três pelotões de soldados… mas o anjo do Senhor livrou-o das mãos de Herodes e de todos os seus inimigos! Livre da cadeia de Herodes e livre caminhou para Roma e lá fundou a Igreja de Jesus! Mas, tinha como retaguarda as preces insistentes de toda a Comunidade. Vejam bem, irmãos e irmãs, quanto e como rezamos pela liberdade do Papa Francisco?
Que tipo de combate sustentamos por Jesus e seu Reino? Não nos damos mais conta que Jesus nos entregou o compromisso de conquistar o mundo para Ele? Ninguém irá para o céu sem lutar para que Ele seja conhecido por todos, inclusive, por nossos filhos? Ou você pensa que o filho lhe foi dado de graça? Com certeza, Deus lhe deu um ou mais filhos para fazê-los discípulos de Jesus!
FREI CARLOS ZAGONEL

Você pode Gostar de:

XX Retiro Arquidiocesano da Pastoral do Dízimo

A Pastoral Arquidiocesana do Dízimo realizará no dia 26 de setembro de 2020 (Sábado) o …