Página Inicial / Notícias / Costela Assada do Seminário Cristo Rei (drive thru )

Costela Assada do Seminário Cristo Rei (drive thru )

O Seminário Arquidiocesano Cristo Rei, convida a todos a colaborarem com o seminário adquirindo o cartão almoço da Costela Assada.Pode ser adquirido o cartão do almoço pelo (65) 3029-1805.

Será entregue (retirada da Costela – drive thru ) em 3 locais :

1.Comunidade São Benedito (localizada na Rua quarenta e três,205 no bairro Boa Esperança em Cuiabá,MT).
2. Memorial Papa São João Paulo II – Morada do Ouro
3.Paróquia Cristo Rei em Várzea Grande
Data de retirada do almoço:02 de agosto/2020 das 11h00 às 14h00

Acompanhamentos:
Mandioca ao leite de coco
Farofa de cebola caramelizada
Valor R$50,00

Mais informações: :(65) 3029-1805

Conheça um pouco o Seminário:

Reitor: Pe. Reginaldo de Souza Oliveira
Vice-Reitor: Pe. Deoni Alexandrino da Silva
Propedeutico: Pe. Wellynthon Jonny de Oliveira
Aquele que nos ama(…) E que fez de nós um Reino de Sacerdotes para seu Deus e Pai, a Ele a Glória e o Poder,pelos Séculos dos Séculos.Amém”(Ap.1,5-6).
Seja um Benfeitor do Seminário Cristo Rei (Arquidiocese de Cuiabá),ajude na formação de nossos futuros Sacerdotes.

Email: seminario.arquidiocesano@gmail.com.  Reze pelas vocações!!!
Mais informações como ser um benfeitor:(65) 3029-1805

O Seminário Arquidiocesano Cristo Rei celebra neste ano de 2020 seus 167 anos de criação. Agradecemos a Deus por todas as vocações cultivadas para o povo de Deus.
HISTÓRICO DO SEMINÁRIO CRISTO REI 
Criado por um decreto imperial de 1853,o Seminário de Cuiabá passou ao longo de sua história por muitas transformações,tanto físicas como estruturais.
O Seminário da Conceição
O Seminário da Conceição está majestosamente erguido no Morro do Bom Despacho, ao lado da Igreja de Nossa Senhora do Bom Despacho, patrimônio legado aos cuiabanos por Dom José Antônio dos Reis, primeiro Bispo de Cuiabá (1832-1876).
A construção do Seminário começou em 1858, com Dom José Antônio e foi concluída em 1882, por seu sucessor Dom Carlos Luiz D’Amour, segundo Bispo e primeiro Arcebispo de Cuiabá (1878-1921).
Especialmente idealizado para a formação de Seminaristas, o Seminário esteve de 1854 a 1888 sob gestão direta e exclusiva dos Sacerdotes Seculares do seu Clero. Entre 1890 e 1893 foi administrado pelos Lazaristas e, finalmente, pelos Franciscanos da Ordem Terceira Regular, de 1904 a 1925.
Atendendo às circunstâncias diversas do contexto histórico, o Seminário se transformou em Enfermaria durante a epidemia da varíola, em 1867, e Quartel General durante a luta entre os partidos políticos, em 1906.
Em 1922, o segundo Arcebispo Dom Francisco de Aquino Corrêa transferiu a residência episcopal para o prédio, ali residindo por um período de 34 anos até seu falecimento, em 22 de Março de 1956. Nesse período o prédio abrigou ainda o Instituto Histórico e Centro de Letras da Província.
O sucessor de Dom Aquino, Dom Orlando Chaves (1956-1982), continuou a direção do Seminário como Instituto de Ensino, utilizando mais tarde o pavimento térreo para dormitório e salas de aula do departamento de Ação Social Arquidiocesana.
Em 1958, foi instalada a Rádio Difusora Bom Jesus de Cuiabá no piso inferior do prédio. E, em 1964, a ação religiosa do Seminário transferiu-se para o Seminário Cristo Rei, em Várzea Grande.
O Seminário Cristo Rei  foi uma obra idealizada e implantada pelo Arcebispo Dom Orlando Chaves com a intenção de ser um grande centro de formação cristã. Para tanto foi adquirido uma bela chácara de 120 hectares, que se estendia desde as margens do rio Cuiabá e se estendia até o planalto do aeroporto.
Em 1958 fora lançada sua pedra fundamental, precisamente no dia 7 de dezembro.
Alguns meses começaram os trabalhos de construção com os projetos do arquiteto Calixto de Jesus, o mesmo arquiteto da nova Basílica Nacional da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida; tendo como responsável pelos trabalhos da construção do novo seminário, o monsenhor Pio Sandri e o mestre de obra foi o senhor Eustáquio. Em 1962 estava pronta a “Entrada dos Seminaristas”, com construção de algumas salas do primeiro pavilhão. Depois foi construída a parte principal para o funcionamento do educandário; porém a obra não foi concluída de acordo com o projeto original por falta de recursos. Num prédio menor ao fundo o Arcebispo mantinha as Irmãs Missionárias do Bom Jesus, que foi uma congregação fundada por Dom Orlando Chaves e tinha como carisma ajudar na manutenção do Seminário Cristo Rei.
O então Arcebispo, Dom Orlando Chaves, escolheu os salesianos para administrarem o seminário, os quais se desincumbiram de sua tarefa até 1990.
O terreno do Seminário, que media 140 hectares, foi reduzido por ter sido cedido uma parte para a construção da casa do clero, outra para a empresa Sadia, e outras três partes para o município de Várzea Grande para a construção de três cohab’s, sendo que uma dessas cohab’s se tornaria hoje o bairro Cristo Rei.
O projeto idealizado foi reduzido mais ainda por ter sido cedido o prédio onde funcionava o seminário para uma faculdade particular, Univag, ficando o Seminário Cristo Rei instalado no prédio onde moravam as irmãs do Senhor Bom Jesus de Cuiabá.
Em 1990, o Seminário passou para a administração dos diocesanos, e esteve nestes últimos anos sob reformas, com a ampliação de sua estrutura, com uma nova capela (litúrgica), um auditório, uma biblioteca e salas para a administração.Com a reforma física almeja-se um progresso espiritual na formação de um número maior de sacerdotes. Atualmente o Reitor do Seminário é Padre Reginaldo de Oliveira
http://www.seminariodecuiaba.blogspot.com.br/

Você pode Gostar de:

Encontro Estadual de Coordenadores RCC MT

ENCONTRO ESTADUAL DE COORDENADORES DE GRUPO DE ORAÇÃO E NÚCLEOS. Dias 05 e 06 de …