Página Inicial / Notícias / O Papa aos sacerdotes idosos: “A fragilidade pode nos aperfeiçoar e santificar”

O Papa aos sacerdotes idosos: “A fragilidade pode nos aperfeiçoar e santificar”

“Espero que este período nos ajude a compreender que é necessário não perder o tempo que nos é dado; desfrutemos a beleza do encontro com o outro, para curar o vírus da autossuficiência”. Mensagem do Papa Francisco aos sacerdotes idosos e doentes em peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio em Bérgamo
Jane Nogara – Vatican News

O Papa Francisco enviou uma mensagem aos participantes da Jornada dos Sacerdotes Idosos e Doentes da região da Lombardia que se realiza no Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio nas proximidades de Bérgamo.
O Santo Padre iniciou agradecendo os organizadores, a Conferência Episcopal da Lombardia recordando como “é bela esta atenção dos pastores para a parte fisicamente mais frágil de seu presbiterado. Na realidade, vocês são sacerdotes que, na oração, na escuta, na oferta de sofrimento, realizam um ministério que não é secundário em suas Igrejas”. Também agradeceu a UNITALSI que organiza a parte logística do encontro, destacando que com “seus voluntários expressa a gratidão de todo o povo de Deus a seus ministros”.
É sobretudo a vocês, queridos irmãos que vivem o tempo da velhice ou a hora amarga da doença, que eu sinto a necessidade de dizer obrigado. Obrigado por seu testemunho de amor fiel a Deus e à Igreja. Obrigado pela proclamação silenciosa do evangelho da vida. Obrigado porque vocês são a memória viva a ser aproveitada para construir o amanhã da Igreja”

Lição aprendida com a pandemia
Francisco recordou as restrições vividas por todos causada pela pandemia e a lição que podemos aprender com a situação vivida:
“Sentimos a falta de nossos entes mais queridos e amigos; o medo do contágio nos fez lembrar de nossa precariedade. Sabemos – continua o Papa – o que alguns de vocês, assim como muitos outros idosos, experimentam diariamente. Espero tanto que este período nos ajude a compreender que, muito mais do que ocupar espaço, é necessário não perder o tempo que nos é dado; que nos ajude a desfrutar da beleza do encontro com o outro, para curar o vírus da autossuficiência. Não esqueçamos esta lição!

Experiência de purificação
O Pontífice concluiu sua mensagem aos sacerdotes idosos recordando o Momento de Oração do dia 27 de março passado na Praça São Pedro:
“Durante o período mais difícil, cheio ‘de um silêncio ensurdecedor e um vazio desolador’ muitos, quase espontaneamente, levantaram os olhos para o Céu. Com a graça de Deus, pode ser uma experiência de purificação. Também para nossa vida sacerdotal, a fragilidade pode ser ‘como o fogo do fundidor e como a lixívia dos lavadeiros’ (Mal 3,2) que, elevando-nos a Deus, nos aperfeiçoa e nos santifica. Não temos medo de sofrer: o Senhor carrega a Cruz conosco!”

Sacerdotes falecidos pela pandemia
O Santo Padre concluiu sua mensagem recordando os sacerdotes falecidos por causa da pandemia e confiando todos à Virgem Maria: “A ela, Mãe dos sacerdotes, recordo na oração os muitos sacerdotes que morreram por causa deste vírus e os que estão enfrentando o caminho da reabilitação”.
https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2020-09/papa-francisco-mensagem-sacerdotes-idosos-doentes.html

Você pode Gostar de:

UNIFACC-MT amplia oferta de educação católica em Mato Grosso

A UNIFACC-MT nasce a partir de uma célula mater, a Faculdade Católica de Mato Grosso …