Página Inicial / Animação Litúrgica / 4º Domingo do Advento (20.12)

4º Domingo do Advento (20.12)

4º Domingo do Advento – Cor roxa – Ano B – XXX – 20/12/2020

1. Saudação
Presidente – Irmãos e irmãs em Cristo, sejam bem-vindos a este encontro fraterno para fazermos memória da Páscoa do Senhor. Com a proximidade do Natal, o Sim de Maria na anunciação se converte em sim da Nova Aliança – hoje esperança da Igreja. Na feliz espera por este tempo de graça que é celebrar a memória do nascimento do Senhor, façamos o sinal da nossa fé. Em nome do Pai…
Presidente – O Deus que no tempo propício enviou Seu Filho nascido de uma mulher pela ação do Espírito Santo esteja convosco. Bendito seja Deus…
Animador(a) – Neste tempo que antecede a vinda do Salvador, somos convidados à alegria. É a alegria que brota da maternidade de Maria, a agraciada. Preparando-nos para essa grande festa, com o coração cheio de júbilo e esperança, recordemos os fatos que marcaram a semana que passou (recordação da vida).
2. Acendimento da quarta vela da coroa do Advento
3. Deus nos perdoa
Presidente – A salvação trazida por Jesus ao mundo é para todos. Reconhecendo nossas faltas, supliquemos a misericórdia de Deus (silêncio). Confiantes, peçamos perdão.
4. Oração
Presidente – Oremos – (silêncio) – Derramai, ó Deus, a Vossa graça em nossos corações para que, conhecendo pela mensagem do Anjo a encarnação do Vosso Filho, cheguemos por sua paixão e cruz, à glória da ressurreição. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
Deus nos fala
5. Leitura do Segundo Livro de Samuel (7,1-5.8b-12.14a.16)
6. Salmo Responsorial (88)(CD Cantando os Salmos) Ó Senhor, eu cantarei eternamente o teu amor! (bis)
7. Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos (16, 25-27)
8. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas (1, 26-38)
9. Partilha da Palavra
Nossa resposta
10. Profissão de fé Presidente – No Deus Uno e Trino, professemos nossa fé. Creio em Deus Pai…
11. Preces da Comunidade
Presidente – Ao Deus sempre fiel às Suas promessas, elevemos as preces de nossa comunidade. A cada pedido, cantemos: Ó Senhor, Senhor neste dia, escutai nossa prece.
12. Apresentação dos Dons
Animador(a) – Maria aceita com fé a proposta Divina e declara-se a serva do Senhor, e a Palavra se fez carne no seu Ventre. Somos nós agora a carne onde Deus pode continuar agindo e proclamando a Sua Palavra. O Sim de Maria é agora repetido pelo sim dos cristãos. Apresentemos ao Altar do Senhor a dedicação das pessoas e famílias que a exemplo de Maria, preparam por meio de atitudes e ações a vinda do Salvador.
Coleta Fraterna
Ação de Graças
13. Louvação
Presidente – Louvemos ao Senhor nosso Deus que realizou tão grande mistério de amor em Jesus Cristo.
Deus nos faz irmãos
14. Pai Nosso
Presidente – Guiados pelo Espírito do Senhor e iluminados pela sabedoria do Evangelho, rezemos a oração que Cristo nos ensinou. Pai Nosso…
15. Momento da Paz
Animador(a) – A verdadeira paz começa dentro do nosso coração. No desejo de construir relações fraternas, rezemos em silêncio pela paz.
16. Oração
Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus de bondade, Vós nos alimentastes com a Vossa Palavra (e a Comunhão). Dai-nos a graça de nos preparar com maior empenho para celebrar o Natal do Vosso Filho Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.
Deus nos envia
16. Breves Avisos
17. Bênção
Presidente – Que o Deus onipotente e misericordioso vos ilumine com o Advento do Seu Filho, em cuja vinda credes e cuja volta esperais, e derrame sobre vós as Suas bênçãos. Amém.
– Que durante esta vida Ele vos torne firmes na fé, alegres na esperança e solícitos na caridade. Amém.
– Alegrando-vos agora pela vinda do Salvador feito homem, sejais recompensados com a vida eterna, quando vier de novo em sua Glória. Amém.
– Abençoe-vos Deus Todo-Poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
– Alegrai-vos agora pela vinda do Salvador feito homem. Ide em paz e que o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus.

Meditando a Palavra de Deus
Chegamos aos últimos dias da caminhada do Advento. Com a proximidade do Natal, nosso olhar de fé se volta para o grande mistério da encarnação do Filho de Deus. São Paulo, na conclusão de sua Carta aos Romanos, convida a todos para louvarem a Deus, pois Ele revelou totalmente seu plano de amor em Jesus Cristo. É um mistério de amor e de grandeza imensurável. Deus se encarnou em nossa história, realizando as esperanças e superando as expectativas, pois veio nascer no meio dos pobres, dos quais Maria é modelo e fonte de inspiração para o agir que constrói a sociedade e as histórias novas. Deus não escolheu palácios para nascer, nem aceitou ser prisioneiro em templos: encarnou-se numa pessoa e na vida das pessoas e continuará a fazê-lo mediante os que creem e se põem a serviço do Reino. Neste quarto domingo do Advento, Maria é a figura modelar. Ela nos ajuda a contemplar o Mistério do Natal – do Deus que se fez servo – à luz do seu “Sim”. Sigamos o exemplo de Maria, fazendo do nosso coração um “presépio acolhedor. O Evangelho nos ajuda a contemplar o momento sublime em que Maria recebe o anúncio da Encarnação de Jesus. Ela, ao ser comunicada sobre a missão que a aguardava, não compreende bem como tudo irá acontecer. Mas, quando percebe que a obra não seria dela, mas de Deus, surge do mais profundo de si sua disposição para colaborar ativamente com o seu “Sim”. Bastou o coração aberto, para acolher o anúncio, para que se iniciasse o momento mais sublime da história da humanidade: o Verbo de Deus se fez carne e veio habitar no meio de nós. Preparemo-nos para essa grande festa litúrgica com o coração cheio de júbilo e esperança. Perguntemo-nos se de fato estamos disponíveis para acolher a presença de Deus em nosso meio; se estamos nos colocando diante do Deus da vida com o nosso sim generoso e cheio de disponibilidade para participar de seu plano de amor. É Deus que deseja nos presentear com o nascimento de seu Filho Jesus, agora não mais na manjedoura, mas no coração de nossas famílias, de nossas comunidades, de nosso mundo. E unidos em um só coração e uma só alma, possamos clamar com o mais profundo de nosso ser: “Eis aqui a serva (o servo) do Senhor; faça-se em mim segundo a tua Palavra!”

 

Leituras da Semana
2ª feira: Ct 2,8-14; Sl 32; Lc 1,39-45
3ª feira: 1Sm 1,24-28; 1Sm 2,1-8; Lc 1,46-56
4ª feira: Mt 3,1-4.23-24; Sl 24; Lc 1,57-66
5ª feira: 2Sm 7,1-5.8b-12.16; Sl 88; Lc 1,67-79
6ª feira: Is 52,7-10; Sl 97; Hb 1,1-6; Jo 1,1-18
Sábado: At 6,8-10;7,54-59; Sl 30; Mt 10,17-22
Domingo: Eclo 3,2-6.12-14; Sl 127; Cl 3,12-21; Lc 2,22-40

Você pode Gostar de:

29º Domingo do Tempo Comum(18.10)

29º Domingo do Tempo Comum Ano A – – cor verde – 18/10/2020 Ritos Iniciais …