Página Inicial / Notícias / Papa nomeia comissário para relançar o serviço da Caritas Internationalis

Papa nomeia comissário para relançar o serviço da Caritas Internationalis

Com um Decreto do Papa Francisco a Sala de Imprensa da Santa Sé lançou nesta terça-feira (22) um comunicado de imprensa no qual anuncia que o Papa nomeia um Comissário extraordinário para relançar o serviço da Caritas Internationalis
Vatican News

Segue o Decreto do Santo Padre:

A Caritas Internationalis assiste o Sumo Pontífice e os Bispos no exercício de seu ministério para com os mais pobres e mais necessitados, participando na gestão de emergências humanitárias e colaborando na difusão da caridade e da justiça no mundo à luz do Evangelho e dos ensinamentos da Igreja Católica. A fim de melhorar o cumprimento desta missão, parece necessária uma revisão do quadro normativo atual para torná-lo mais apropriado às funções estatutárias do Organismo, bem como prepará-lo para as eleições a serem realizadas na próxima Assembleia Geral. Com o fervoroso desejo de favorecer a renovação prevista da Instituição

nomeio
o Dr. Pier Francesco Pinelli como Comissário extraordinário da Caritas Internationalis, para que, a partir de 22 de novembro de 2022, ele possa dirigi-la temporariamente ad nutum da Sé Apostólica, com todos os poderes de governo, de acordo com o direito comum e os Estatutos e o Regulamento do Organismo, e com plena faculdade para derrogá-los, caso o considere oportuno ou necessário.
Com a entrada em vigor desta medida, os Membros do Conselho Representativo e do Conselho Executivo, o Presidente e os Vice-Presidentes, o Secretário Geral, o Tesoureiro e o Assistente Eclesiástico cessam seus respectivos cargos.
O Comissário extraordinário, auxiliado em suas funções pela Dra. Maria Amparo Alonso Escobar e apoiado pelo Rev. Padre Manuel Morujão, S.I., para o acompanhamento pessoal e espiritual dos funcionários, providenciará a atualização dos Estatutos e do Regulamento da Caritas Internationalis, por uma sua maior funcionalidade e eficácia, orientando a Organização na preparação da próxima Assembleia Geral. Nesta última tarefa, o Comissário extraordinário será assistido pelo Card. Luis Antonio G. Tagle, que será particularmente responsável pelas relações com as Igrejas locais e as Organizações Membros da Caritas Internacionalis.
O Comissário extraordinário atuará de acordo com o Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral.
Do Vaticano, 21 de novembro de 2022

Segundo o Comunicado, “após uma avaliação de seu desempenho por uma comissão independente, a administração da Caritas Internationalis (CI) foi colocada sob administração temporárea com o objetivo de melhorar suas normas e procedimentos de gestão – embora a gestão financeira seja correta e os objetivos de captação de recursos tenham sido alcançados – e assim servir melhor as organizações membros da confederação em todo o mundo”.
O Papa Francisco nomeou como Comissário Extraordinário da CI, o senhor Pier Francesco Pinelli, com efeito a partir de 22 de novembro de 2022. O Sr. Pinelli é um conhecido consultor profissional e organizacional. Ele será assistido pela Sra. Maria Amparo Alonso Escobar, atual Chefe de Advocacia da CI, e pelo Pe. Manuel Morujão S.J. para o acompanhamento pessoal e espiritual da equipe. Durante o período de comissariamento, todas as nomeações atuais da gerência dentro da CI estão suspensas. A nomeação de um Comissário Extraordinário para a CI não terá impacto sobre o funcionamento das organizações membros e do serviço de solidariedade global que elas promovem, ao contrário, servirá para fortalecê-lo.

Assembleia Geral
O Sr. Pinelli e a Sra. Alonso acompanharão a CI para garantir a estabilidade e a liderança empática. Trabalharão para finalizar o processo de nomeação de candidatos e os procedimentos de eleição, conforme estipulado nos Estatutos da organização. A próxima Assembleia Geral das Organizações Membros da CI elegerá o Presidente, o Secretário Geral e o Tesoureiro. O evento será realizado regularmente em maio de 2023 e será presencial. Para a preparação da Assembleia Geral, o Comissário Extraordinário será auxiliado pelo cardeal Luis Antonio G. Tagle, que cuidará particularmente das relações com as Igrejas locais e as Organizações Membros da Cáritas Internacionalis.
Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral
Segundo a nova constituição apostólica da Cúria Romana, Praedicate Evangelium, prossegue ainda o Comunicado, o Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral (DSSUI) “exerce as competências reservadas por lei à Santa Sé na constituição e supervisão das associações internacionais de caridade e dos Fundos instituidos para os mesmos fins, de acordo com o estabelecido em seus respectivos Estatutos e em conformidade com as normas em vigor” (Art. 174 § 3). DSSUI é “competente em relação à Caritas Internationalis (…), de acordo com [seus] Estatutos” (Art 174 § 2).
No decorrer do ano, o DSSUI encomendou uma auditoria da organização e do bem-estar de trabalho da Secretaria Geral da CI e seu alinhamento com os valores católicos da dignidade humana e do respeito a cada pessoa. A auditoria foi realizada por uma comissão de especialistas independentes; além do Sr. Pinelli, fizeram parte da comissão Don Enrico Parolari e Dra. Francesca Busnelli, ambos psicólogos.
Os atuais funcionários da CI, assim como ex-funcionários e colaboradores, foram convidados a participar da auditoria. O trabalho realizado não revelou qualquer evidência de má administração financeira ou comportamento inadequado de natureza sexual, mas, ao mesmo tempo, foram destacadas questões e áreas que requerem atenção urgente. Foram encontradas deficiências nos procedimentos de gestão que tiveram um efeito negativo também no espírito de equipe e na moral dos funcionários.

Cardeal Michael Czerny S.J.
“Nos últimos anos tivemos um aumento significativo das necessidades das muitas pessoas que a Caritas assiste, e é imperativo que a Caritas Internationalis esteja bem preparada para enfrentar estes desafios”, disse o Cardeal Michael Czerny S.J., Prefeito do DSSUI. “O Papa Francisco nos convida a considerar a missão que a Cáritas é chamada a desenvolver na Igreja…. A caridade não é um benefício estéril ou um mero óbolo a ser doado para salvar nossas consciências. O que nunca devemos esquecer é que a caridade tem sua origem e essência no próprio Deus (cf. Jo 4,8); a caridade é o abraço de Deus, nosso Pai, a todo ser humano, especialmente o menor e o que sofre, que ocupa um lugar preferencial em seu coração” (27 de maio de 2019). Suas palavras inspiram todos os envolvidos a garantir que a CI esteja à altura de sua missão”.
Tendo tomado conhecimento das conclusões da auditoria e motivado para ajudar a elevar a CI a um padrão que esteja à altura de sua missão, o DSSUI continuará a exercer sua “competência” em nome da Caritas Internationalis, encorajando a resolução das questões evidenciadas na auditoria da comissão. Dada a importância da missão da CI e a urgência de melhorar sua gestão, confiamos nas orações e esperamos o apoio de todos.
https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2022-11/papa-francisco-decrto-comissario-caritas-internacional.html

Você pode Gostar de:

Entrevista Dom Luiz Antônio Ricci – Pastoral da aids.

A Rádio Bom Jesus FM 92,7 recebeu na manhã de 1 º de dezembro/2022 no …