Página Inicial / Animação Litúrgica / QUARTO DOMINGO DA PÁSCOA – ANO A

QUARTO DOMINGO DA PÁSCOA – ANO A

SOMOS CHAMADOS A PARTICIPAR DA MISSÃO DO BOM PASTOR
Dia Mundial de Orações pelas Vocações

07 de maio de 2017
QUARTO DOMINGO DA PÁSCOA – ANO A
DIA MUNDIAL DE ORAÇÃO PELAS VOCAÇÕES PRESBITERAIS E RELIGIOSAS
Cor: branco
A.: Irmãos, a Igreja toda se alegra por Cristo ressuscitado ser o seu Pastor: O Bom Pastor. Ele conhece a cada um de nós porque nos remiu e nos acolhe em Seu amor. Hoje, somos chamados a rezar por todos os que escutaram o chamado de Jesus e se dispõem a segui-Lo numa vida de consagração. Iniciemos a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: CRISTO VENCEU, ALELUIA! RESSUSCITOU, ALELUIA! / O PAI LHE DEU GLÓRIA E PODER, EIS NOSSO CANTO, ALELUIA! / 1. Este é o dia em que o amor venceu, brilhante luz iluminou as trevas, nós fomos salvos para sempre! / 2. Suave aurora veio anunciando que nova era foi inaugurada, nós fomos salvos para sempre!/ 3. No coração de todo homem nasce a esperança de um novo tempo, nós fomos salvos para sempre!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: A vós, irmãos e irmãs, paz e fé da parte de Deus, o Pai e do Senhor Jesus Cristo! TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: Irmãos e irmãs, reconheçamos as nossas culpas para celebrarmos dignamente os santos mistérios. (Pausa). Senhor, que viestes salvar os corações arrependidos, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, que viestes chamar os pecadores humilhados, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, que intercedeis por nós, junto a Deus Pai que nos perdoa, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Deus de bondade e misericórdia, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
4. HINO DE LOUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Deus eterno e todo-poderoso, conduzi-nos à comunhão das alegrias celestes, para que o rebanho possa atingir, apesar de sua fraqueza, a fortaleza do Pastor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Irmãos caríssimos, reconhecendo a voz do Bom Pastor, busquemos segui-Lo com confiança. Ouçamos com atenção as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (At 2,14a.36-41) – Leitura dos Atos dos Apóstolos.
No dia de Pentecostes, 14aPedro, de pé, no meio dos Onze apóstolos, levantou a voz e falou à multidão: 36“Que todo o povo de Israel reconheça com plena certeza: Deus constituiu Senhor e Cristo a este Jesus que vós crucificastes”. 37Quando ouviram isso, eles ficaram com o coração aflito, e perguntaram a Pedro e aos outros apóstolos: “Irmãos, o que devemos fazer?” 38Pedro respondeu: “Convertei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para o perdão dos vossos pecados. E vós recebereis o dom do Espírito Santo. 39Pois a promessa é para vós e vossos filhos, e para todos aqueles que estão longe, todos aqueles que o Senhor nosso Deus chamar para si”. 40Com muitas outras palavras, Pedro lhes dava testemunho, e os exortava, dizendo: “Salvai-vos dessa gente corrompida!” 41Os que aceitaram as palavras de Pedro receberam o batismo. Naquele dia, mais ou menos três mil pessoas se uniram a eles. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (SALMO 22/23) R.: O SENHOR É O PASTOR QUE ME CONDUZ; / PARA AS ÁGUAS REPOUSANTES ME ENCAMINHA./ 1. O Senhor é o Pastor que me conduz; não me falta coisa alguma. Pelos prados e campinas verdejantes ele me leva a descansar. Para as águas repousantes me encaminha e restaura as minhas forças./ 2. Ele me guia no caminho mais seguro, pela honra de seu nome. Mesmo que eu passe pelo vale tenebroso, nenhum mal eu temerei; Estais comigo com bastão e com cajado; eles me dão a segurança./ 3. Preparais à minha frente uma mesa, bem à vista do inimigo, e com óleo vós ungis minha cabeça; o meu cálice transborda./ 4. Felicidade e todo bem hão de seguir-me por toda a minha vida; e, na casa do Senhor, habitarei pelos tempos infinitos.
8. 2ª LEITURA (1Pd2,20b-25) – Leitura da Primeira Carta de São Pedro.
Caríssimos: 20bSe suportais com paciência aquilo que sofreis por ter feito o bem, isto vos torna agradáveis diante de Deus. 21De fato, para isto fostes chamados. Também Cristo sofreu por vós deixando-vos um exemplo, a fim de que sigais os seus passos. 22Ele não cometeu pecado algum, mentira nenhuma foi encontrada em sua boca. 23Quando injuriado, não retribuía as injúrias; atormentado, não ameaçava; antes, colocava a sua causa nas mãos daquele que julga com justiça. 24Sobre a cruz, carregou nossos pecados em seu próprio corpo, a fim de que, mortos para os pecados, vivamos para a justiça. Por suas feridas fostes curados. 25Andáveis como ovelhas desgarradas, mas agora voltastes ao pastor e guarda de vossas vidas. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA!/ Eu sou o Bom Pastor, diz o Senhor, Eu conheço as minhas ovelhas e elas me conhecem a mim.
10. EVANGELHO – (Jo 10,1-10) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, disse Jesus: 1“Em verdade, em verdade vos digo, quem não entra no redil das ovelhas pela porta, mas sobe por outro lugar, é ladrão e assaltante. 2Quem entra pela porta é o pastor das ovelhas. 3A esse o porteiro abre, e as ovelhas escutam a sua voz; ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz para fora. 4E, depois de fazer sair todas as que são suas, caminha à sua frente, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. 5Mas não seguem um estranho, antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos”. 6Jesus contou-lhes esta parábola, mas eles não entenderam o que ele queria dizer. 7Então Jesus continuou: “Em verdade, em verdade vos digo, eu sou a porta das ovelhas. 8Todos aqueles que vieram antes de mim são ladrões e assaltantes, mas as ovelhas não os escutaram. 9Eu sou a porta. Quem entrar por mim, será salvo; entrará e sairá e encontrará pastagem. 10O ladrão só vem para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, Criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos e irmãs, neste Dia Mundial das Vocações, oremos a Jesus Cristo, o Bom Pastor, pedindo-Lhe que nos faça ouvir a Sua voz. Supliquemos, com amor: Jesus, Bom Pastor, ouvi-nos!
TODOS: JESUS, BOM PASTOR, OUVI-NOS!
1) Pelo Santo Padre, o Papa Francisco, para que, atento às necessidades da Igreja, seja hoje a voz do Bom Pastor, rezemos ao Senhor.
TODOS: JESUS, BOM PASTOR, OUVI-NOS!
2) Pelos ministros ordenados, a quem o Senhor confiou o Seu rebanho, para que conduzam o povo de Deus com sabedoria e fortaleza nos caminhos da fé e da esperança, rezemos ao Senhor.
TODOS: JESUS, BOM PASTOR, OUVI-NOS!
3) Por todos os que colaboram com a Pastoral Vocacional e com a manutenção dos nossos Seminários, para que Deus lhes conceda a graça da perseverança na fé, rezemos ao Senhor.

TODOS: JESUS, BOM PASTOR, OUVI-NOS!
4) Por todos nós aqui reunidos, para que, mesmo nas situações difíceis e complexas da sociedade atual, saibamos proclamar a todos que a ressurreição de Cristo é fonte de esperança e de paz, rezemos ao Senhor.
TODOS: JESUS, BOM PASTOR, OUVI-NOS!
(Preces Espontâneas)
P.: Senhor Jesus Cristo, Bom Pastor, que nos alegrais com a solenidade da Vossa Ressurreição, ouvi as preces do Vosso povo e concedei àqueles que Vos imploram os bens que santamente desejam. Vós que sois Deus com o Pai e o Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – R.: CRISTO É O DOM DO PAI QUE SE ENTREGOU POR NÓS. ALELUIA, ALELUIA! BENDITO SEJA O NOSSO DEUS!/ 1. Dai graças a Deus, pois Ele é bom; Eterno por nós é seu amor./ 2. Coragem e força Ele nos dá, fazendo-se nosso Salvador./ 3. Eu não morrerei, mas viverei e, assim, louvarei o meu Senhor.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Concedei, ó Deus, que sempre nos alegremos por estes mistérios pascais, para que nos renovem constantemente e sejam fonte de eterna alegria. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA II – MR (p. 478) -Prefácio da Páscoa V: O Cristo Sacerdote e Vítima – (MR. p. 425)
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – R.: O PÃO DA VIDA, A COMUNHÃO, NOS UNE A CRISTO E AOS IRMÃOS. E NOS ENSINA A ABRIR AS MÃOS PARA PARTIR, REPARTIR O PÃO. (BIS) / 1. Lá no deserto, a multidão com fome segue o Bom Pastor. Com sede busca a Nova Palavra: Jesus tem pena e reparte o pão./ 2. Na Páscoa Nova da Nova Lei, quando amou-nos até o fim, partiu o pão, disse: “Isto é meu corpo por vós doado: tomai, Comei”./ 3. Se neste pão, nesta comunhão, Jesus por nós dá a própria vida, vamos também repartir os dons, doar a vida por nosso irmão./ 4. Onde houver fome, reparte o pão e tuas trevas hão de ser luz; encontrarás Cristo no irmão, serás bendito do Eterno Pai./ 5. Abri, Senhor, estas minhas mãos, que para tudo guardar se fecham. Abri minh’alma, meu coração, para doar-me no eterno dom.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Velai com solicitude, ó Bom Pastor, sobre o vosso rebanho e concedei que vivam nos prados eternos as ovelhas que remistes pelo sangue do vosso Filho. Que vive e reina para sempre. TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO JUBILAR 300 ANOS DE BÊNÇÃOS
Senhora Aparecida, Mãe Padroeira, em vossa singela imagem, há 300 anos aparecestes nas redes dos três benditos pescadores no Rio Paraíba do Sul. Como sinal vindo do céu, em vossa cor, vós nos dizeis que para o Pai não existem escravos, apenas filhos muito amados. Diante de vós, embaixadora de Deus, rompem-se as correntes da escravidão! Assim, daquelas redes, passastes para o coração e a vida de milhões de outros filhos e filhas vossos. Para todos tende sido bênção: peixes em abundância, famílias recuperadas, saúde alcançada, corações reconciliados, vida cristã reassumida. Nós vos agradecemos tanto carinho, tanto cuidado! Hoje, em vosso Santuário e em vossa visita peregrina, nós vos acolhemos como mãe, e de vossas mãos recebemos o fruto de vossa missão entre nós: o vosso Filho Jesus, nosso Salvador. Recordai-nos o poder, a força das mãos postas em prece! Ensinai-nos a viver vosso jubileu com gratidão e felicidade! Fazei de nós, vossos filhos e filhas, irmãos e irmãs de nosso irmão Primogênito, Jesus Cristo. Amém!
RITOS FINAIS
21. BREVES AVISOS
22. BÊNÇÃO FINAL – (MR. p. 523)
P.: O Senhor esteja convosco! TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS! P.: Deus, que pela ressurreição do seu Filho único vos deu a graça da redenção e vos adotou como filhos e filhas, vos conceda a alegria da bênção. TODOS: AMÉM. P.: Aquele que, por sua morte, vos deu a eterna liberdade, vos conceda, por sua graça, a herança eterna. TODOS: AMÉM. P.: E vivendo agora retamente, possais no céu unir-vos a Deus, para o qual, pela fé, já ressuscitastes no batismo. TODOS: AMÉM. P.: Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai, e Filho, e Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: Ide em paz e o Senhor vos acompanhe! TODOS: GRAÇAS A DEUS!

Preparando a Partilha da Palavra
Chegamos ao Domingo do Evangelho do Bom Pastor. Em conexão com as outras leituras, este Evangelho deve ser interpretado no contexto do Tempo Pascal. Jesus apresenta-se como o bom pastor. A mais importante função do bom pastor é ser porta por onde as ovelhas possam sair e entrar e encontrar abundante pastagem. Além disso, as ovelhas ouvem a sua voz e ele chama cada uma de suas ovelhas pelo próprio nome e as conduz para fora. Caminha à sua frente e estas o seguem, porque conhecem sua voz. Os cristãos são chamados a serem tais ovelhas que seguem a voz do Bom Pastor, o conhecem, por ele se deixam alimentar e passam através dele como pela porta. Isso exige conversão. Ouvir a sua voz e sentir o coração transpassado, deixar-se batizar e receber o dom do Espírito Santo. Ouvir sua voz significa ser paciente, imitando a Cristo que também sofreu por nós, deixando-nos um exemplo, a fim de que sigamos os seus passos. Esta ação de pastor e de porta, realizada por Cristo para a conversão dos homens e a vida nova n’Ele, continua sendo realizada hoje pela Igreja. Toda ela exerce a função de bom Pastor. De maneira forte, isso acontece por meio dos bispos, presbíteros e diáconos. Eles dedicam sua vida à humanidade por intermédio da pregação do Evangelho e do culto, oferecendo assim a todos o alimento da Palavra, dos Sacramentos e da oração. Sendo guias, conduzindo o rebanho de Cristo pela porta segura ao redil e às pastagens da vida de Deus. Assim eles continuam a função de Cristo, Bom Pastor. É por isso que, no Domingo de hoje, reza-se no mundo inteiro pelas vocações sacerdotais. Mas não pensemos que apenas os ministros ordenados participam dessa função de Bom Pastor. Todos os cristãos são chamados a tornar presente hoje Jesus Cristo, o Bom Pastor, a serem portas por onde as pessoas possam entrar na vida de Cristo e de Deus, a oferecerem o alimento da mensagem do Evangelho por palavras e ações. Somos lideranças que vamos ao encontro das pessoas, ou ficamos de braços cruzados esperando que elas venham? Estamos saindo rumo às pastagens do mundo, passando por Jesus e seu projeto, ou vamos levando a ideologia imperialista que domina hoje? Sabemos discernir entre pastores e assaltantes? Também nós cedemos à tentação de nos servir do povo para subir na vida?
(Viver em Cristo – Espiritualidade do Ano Litúrgico
Frei Alberto Beckhäuser
Roteiros homiléticos do Tempo da Páscoa – Ano A – CNBB)

LEITURAS DA SEMANA
2ª-: At 11, 1-18; Sl 41 (42), 2. 3; 42(43), 3. 4 (R/. cf. Sl 41 [42], 3a); Jo 10, 11-18.
3ª-: At 11, 19-26; Sl 86 (87), 1-3. 4-5. 6-7; (R/. Sl 116[117], 1a); Jo 10, 22-30
4ª-:
5ª-: At 13,13-25; Sl 88(89), 2-3. 21-22. 25 e 27 (R/. cf. 2a); Jo 13,16-20
6ª-: At 13, 26-33; Sl 2, 6-7. 8-9. 10-11 (R/. 7); Jo 14,1-6.
Sab.: At 13, 44-52; Sl 97 (98), 1. 2-3ab. 3cd-4 (R/. 3cd); Jo 14, 7-14. Ou próprias de Nossa Senhora de Fátima: Is 61, 9-11; Sl 44 (45); Lc 11, 27-28.
Quarta Semana do Saltério
Quarto Domingo da Páscoa

Você pode Gostar de:

Solenidade de todos os Santos e Santas de Deus

Ano A – cor branca – 01/11/2020 1. Saudação Presidente – Irmãos e irmãs em …