Página Inicial / Animação Litúrgica / 4º Domingo do Advento (24.12)

4º Domingo do Advento (24.12)

O ANJO ANUNCIOU A MARIA E ELA CONCEBEU DO ESPÍRITO SANTO

24 de dezembro de 2017
QUARTO DOMINGO DO ADVENTO – ANO B – SÃO MARCOS Cor litúrgica: roxo
ANO NACIONAL DO LAICATO
A.: Irmãos e irmãs, nestas poucas horas que antecedem a celebração do nascimento de Jesus, nós somos convidados a contemplar o mistério da encarnação do Verbo de Deus no seio da Virgem Maria, por obra do Espírito Santo. Louvemos a Deus pelo sim de Maria e, com alegria, iniciemos a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: OUVE-SE NA TERRA UM GRITO, DO POVO UM GRANDE
CLAMOR: “SENHOR, ABRE OS CÉUS, QUE AS NUVENS CHOVAM O SALVADOR!”/ 1. É
um só canto de amor e esperança, que a terra mãe, germinando, contém: a ti, Senhor, nós clamamos: Vem, Senhor Jesus, vem! /2. Mesmo se as guerras destroem a terra, pondo em perigo a paz e o bem, que a nossa voz não se canse: Vem, Senhor Jesus, vem! /3. Vem reunir hoje as tuas Igrejas, a tua prece rezamos, também, o nosso amor sempre espere: Vem, Senhor Jesus, vem!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE –
P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
TODOS:AMÉM. P.: O Senhor que encaminha os nossos corações para o amor de Deus e a constância de Cristo esteja convosco!
TODOS:BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. COROA DO ADVENTO
Animador: Acendemos hoje a última vela da Coroa do Advento. Jesus está a caminho de nossa casa. Preparemo-nos de forma imediata para receber Cristo-Luz do mundo em nossos corações e em nossas famílias. (após acender as velas, o celebrante reza a seguinte oração:)
P.: OREMOS: Senhor, acendemos as velas desta coroa para que possamos preparar nossos corações para o advento do vosso Filho. Protegei-nos dos maus costumes e inflamai nossos corações a uma contínua conversão de vida, para que, servindo a Vós em nossos irmãos, possamos fugir da escuridão do pecado e ir ao encontro do nosso Salvador, Jesus Cristo, que vive e reina na unidade do Espírito Santo.
TODOS: Amém.
4. ATO PENITENCIAL –
P.: No início desta celebração eucarística, peçamos a conversão do coração, fonte de reconciliação e comunhão com Deus e com os irmãos e irmãs. Senhor, que viestes ao mundo para nos salvar, tende piedade de nós.
TODOS:SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.
P.: Cristo, que continuamente nos visitais com a graça do vosso Espírito, tende piedade de nós. TODOS:CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS.
P.: Senhor, que vireis um dia para julgar as nossas obras, tende piedade de nós.
TODOS:SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.
P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.
TODOS: AMÉM.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Derramai, ó Deus, a vossa graça em nossos corações para que, conhecendo pela mensagem do Anjo a encarnação do vosso Filho, cheguemos, por sua paixão e cruz, à glória da ressurreição. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Irmãos amados, na companhia da Virgem Maria, nós aprendemos a ouvir e meditar a Palavra de Deus. Ouçamos com atenção o próprio Deus que nos fala.
6. 1ª LEITURA (2Sm 7, 1-5.8b-12.14a.16 ) – Leitura do Segundo Livro de Samuel. 1Tendo-se o rei Davi instalado já em sua casa e tendo-lhe o Senhor dado a paz, livrando-o de todos os seus inimigos, 2ele disse ao profeta Natã: “Vê: eu resido num palácio de cedro, e a arca de Deus está alojada numa tenda!” 3Natã respondeu ao rei: “Vai e faze tudo o que diz o teu coração, pois o Senhor está contigo”. 4Mas, nessa mesma noite, a palavra do Senhor foi dirigida a Natã nestes termos: 5“Vai dizer ao meu servo Davi: ‘Assim fala o Senhor: Porventura és tu que me construirás uma casa para eu habitar? 8bFui eu que te tirei do pastoreio, do meio das ovelhas, para que fosses o chefe do meu povo, Israel. 9Estive contigo em toda a parte por onde andaste, e exterminei diante de ti todos os teus inimigos, fazendo o teu nome tão célebre como o dos homens mais famosos da terra. 10Vou preparar um lugar para o meu povo, Israel: eu o implantarei, de modo que possa morar lá sem jamais ser inquietado. Os homens violentos não tornarão a oprimi-lo como outrora, 11no tempo em que eu estabelecia juízes sobre o meu povo, Israel. Concedo-te uma vida tranquila, livrando-te de todos os teus inimigos. E o Senhor te anuncia que te fará uma casa. 12Quando chegar o fim dos teus dias e repousares com teus pais, então, suscitarei, depois de ti, um filho teu, e confirmarei a sua realeza. 14aEu serei para ele um pai e ele será para mim um filho. 16Tua casa e teu reino serão estáveis para sempre diante de mim, e teu trono será firme para sempre”. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
6. SALMO RESPONSORIAL – (Do Salmo 88/89)
R.: Ó SENHOR, EU CANTAREI ETERNAMENTE O VOSSO AMOR! / 1. Senhor, eu cantarei
eternamente o vosso amor, de geração em geração eu cantarei vossa verdade! Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre! E a vossa lealdade é tão firme como os céus.”/ 2. Eu firmei uma aliança com meu servo, meu eleito, e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor. Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, de geração em geração garantirei o teu reinado!”/ 3. Ele então, me invocará: “Ó Senhor, vós sois meu Pai, sois meu Deus, sois meu rochedo onde encontro a salvação!” Guardarei eternamente para ele a minha graça e com ele firmarei minha aliança indissolúvel!”
7. 2ª LEITURA (Rm 16, 25-27) – Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos. Irmãos: 25Glória seja dada àquele que tem o poder de vos confirmar na fidelidade ao meu evangelho e à pregação de Jesus Cristo, de acordo com a revelação do mistério mantido em sigilo desde sempre. 26Agora este mistério foi manifestado e, mediante as Escrituras proféticas, conforme eternização do Deus eterno, foi levado ao conhecimento de todas as nações, para trazê-las à obediência da fé. 27A ele, o único Deus, o sábio, por meio de Jesus Cristo, a glória, pelos séculos dos séculos. Amém! Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA! Eis a serva do Senhor; cumpra-se em mim a tua palavra!
10. EVANGELHO – (Lc1, 26-38) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, 26O anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da virgem era Maria. 28O anjo entrou onde ela estava e disse: “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!” 29Maria ficou perturbada com essas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. 30O anjo, então, disse-lhe: “Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. 31Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. 33Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim”. 34Maria perguntou ao anjo: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?” 35O anjo respondeu: “O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. 36Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37porque para Deus nada é impossível”. 38Maria, então, disse: “Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!” E o anjo retirou-se. Palavra da Salvação.
TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR.
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS –
P.: Irmãos e irmãs, elevemos a Deus Pai nossas preces, na certeza de que a vinda de Cristo é a garantia da nossa salvação. Roguemos ao Senhor, dizendo: Vinde, Senhor Jesus!
TODOS: VINDE, SENHOR JESUS!
1) Pela Santa Igreja de Deus, para que, iluminada pela face do Menino Deus, leve a luz do Evangelho a todos os povos e nações, rezemos ao Senhor.
TODOS: VINDE, SENHOR JESUS!
2) Pelos dirigentes de todas as Nações, povos e línguas, para que, rompendo com as barreiras do egoísmo e do poder, reconheçam e atendam às justas aspirações de seu povo, rezemos ao Senhor.
TODOS: VINDE, SENHOR JESUS!
3) Para que a celebração do Natal motive ações permanentes de caridade em favor das crianças e das pessoas carentes, rezemos ao Senhor.
TODOS: VINDE, SENHOR JESUS!
4) Pela nossa comunidade, para que, com o compromisso dos leigos e leigas a serviço
do Reino, continue anunciando o amor de Cristo em todos os ambientes sociais, rezemos ao Senhor.
TODOS: VINDE, SENHOR JESUS!
5) Por todos nós aqui reunidos, para que, a exemplo de Maria, sejamos solidários às necessidades do nosso próximo com gestos de doação e gratuidade, rezemos ao Senhor.
TODOS: VINDE, SENHOR JESUS!
(Preces Espontâneas):
P.: Ouvi, ó Deus, os pedidos da Igreja que se prepara para celebrar o nascimento de
Cristo Jesus, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – A NOSSA OFERTA APRESENTAMOS NO ALTARE TE
PEDIMOS: VEM, SENHOR, NOS LIBERTAR! / 1. A chuva molhou a terra, o homem plantou um grão, a planta deu flor e frutos, do trigo se fez o pão. / 2. O homem plantou videiras, cercou-as com seu carinho; da vinha brotou a uva, da uva se fez o vinho. / 3. Os frutos da nossa terra e as lutas dos filhos teus serão, pela tua graça, pão vivo, que vem dos céus. / 4. Recebe, Pai, nossas vidas, unidas ao pão e vinho, e vem conduzir teu povo, guiando-o no teu caminho.
15.P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Ó Deus, que o mesmo Espírito Santo, que
trouxe a vida ao seio de Maria, santifique essas oferendas colocadas sobre o vosso
altar. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III – MR (p. 483) – Prefácio do Advento II A –Maria, a nova
Eva – MR (p.409) –
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – R.:DAS ALTURAS ORVALHEM OS CÉUS E AS NUVENS, QUE CHOVAM JUSTIÇA, QUE A TERRA SE ABRA AO AMORE GERMINE O DEUS
SALVADOR. / 1. Foste amigo antigamente desta terra que amaste, deste povo que escolheste; sua sorte melhoraste, perdoaste seus pecados, tua raiva acalmaste. / 2. Vem de novo restaurar-nos! Sempre irado estarás, indignado contra nós? E a vida não darás? Salvação e alegria, outra vez, não nos trarás? / 3. Escutemos suas palavras, éde paz que que vai falar; paz ao Povo, a seus fiéis, a quem dele se achegar. Está perto a salvação e a glória vai voltar. / 4. Eis: amor, fidelidade vão unidos se encontrar, bem assim, justiça e paz vão beijar-se e se abraçar. Vai brotar fidelidade e justiça se mostrar. / 5. E virão os benefícios do Senhor a abençoar e os frutos de amor desta terra vão brotar, a justiça diante dele e a paz o seguirá. / 6. Glória ao Pai onipotente, ao que vem, glória e amor. Ao Espírito cantemos: glória a nosso Defensor! Ao Deus Uno e Trino demos a alegria do louvor.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa)Ó Deus todo-poderoso, tendo nós recebido o penhor da eterna redenção, fazei que, ao aproximar-se a festa da salvação, nos preparemos com maior empenho para celebrar dignamente o mistério do vosso Filho. Que vive e reina para sempre.
TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO PARA O ANO NACIONAL DO LAICATO
Ó Trindade Santa, Amor pleno e eterno, que estabelecestes a Igreja como Vossa “imagem terrena”: Nós Vos agradecemos pelos dons, carismas, vocações, ministérios e serviços que todos os membros de Vosso povo realizam como “Igreja em saída”, para o bem comum, a missão evangelizadora e a transformação social, no caminho de Vosso Reino. Nós Vos louvamos pela presença e organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil, sujeitos eclesiais, testemunhas de fé, santidade e ação transformadora. Nós Vos pedimos que todos os batizados atuem como sal da terra e luz do mundo: na família, no trabalho, na política e na economia, nas ciências e nas artes, na educação, na cultura e nos meios de comunicação; na cidade, no campo e em todo o planeta, nossa “casa comum”. Nós Vos rogamos que todos contribuam para que os cristãos leigos e leigas compreendam sua vocação e identidade, espiritualidade e missão, e atuem de
forma organizada na Igreja e na sociedade à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres. Isto Vos suplicamos pela intercessão da Sagrada Família, Jesus, Maria e José, modelos para todos os cristãos. Amém!
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL – MR (p. 520)
P.: O Senhor esteja convosco.
TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.
P.: Que o Deus onipotente e misericordioso vos ilumine com o advento do seu Filho,
em cuja vinda credes e cuja volta esperais, e derrame sobre vós as suas bênçãos.
TODOS: AMÉM.
P.: Que durante esta vida ele vos torne firmes na fé, alegres na esperança, solícitos na
caridade.
TODOS: AMÉM.
P.: Alegrando-vos agora pela vinda do Salvador feito homem, sejais recompensados
com a vida eterna, quando vier de novo em sua glória.
TODOS:AMÉM.
P.: Abençoe-vos o Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.
TODOS:AMÉM.

Preparando a Partilha da Palavra
Estamos na etapa final do caminho em preparação para o Natal do Senhor. Olhamos para a figura de Maria, que é plenamente a virgem do advento. Ela é cheia de graça, a serva do Senhor, a nova mulher. É a filha de Sião que representa o antigo e o novo Israel. O seu sim na anunciação se converte em sim da nova aliança. Maria resume em si as esperanças de seu povo; hoje, esperanças da Igreja. Seu Filho é o Deus conosco e já se faz presente, ainda de modo velado, mas real, no seio da Virgem, que concebeu por obra do Espírito Santo. Nossa Senhora fomenta na alma a alegria, porque, quando procuramos a sua intimidade, leva-nos a Cristo. Ela é Mestra da esperança. Maria proclama que a chamarão bem-aventurada todas as gerações. Desde o presépio de Belém até o momento da sua Ascensão aos céus, Jesus Cristo proclama uma mensagem de esperança. Ele é a garanta plena de que alcançaremos os bens prometidos. Olhamos para a gruta de Belém, em vigilante espera, e compreendemos que somente com Ele poderemos aproximar-nos de Deus Pai. Nas festas que celebramos por ocasião do Natal, lutemos com todas as nossas forças, agora e sempre, contra o desânimo na vida espiritual, o consumismo exagerado, e a preocupação quase exclusiva pelos bens materiais. O Espírito do Advento consiste em boa parte, vivermos unidos à Virgem Maria neste tempo em que Ela traz Jesus em seu seio. Na aproximação do Natal, com as lâmpadas de nossa espera acesas, suplicamos com mais ardor: Vem, Senhor, Jesus!

LEITURAS DA SEMANA
Seg.:NATAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. Solenidade. 1ª Missa: Is9,1-6; Sl95; Tt2,11-14; Lc2,1-14.
2ª Missa: Is62,11-12; Sl96; Tt3,4-7; Lc2,15-20. 3ª Missa Is52,7-10; Sl97; Hb1,1-6; Jo1,1-18.
Ter.:S. Estêvão. Diácono. Protomártir. Festa.At6,8-10;7,54-59; Sl30; Mt10,17-22.
Qua.:S. João. Apóstolo e Evangelista. Festa. 1 Jo1,1-4; Sl96; Jo20,2-8.
Qui.:Santos Inocentes Mt.festa. 1Jo 1,5 – 2,2; Sl 123(124); Mt 2,13-18
Sex.:S. Tomás Becket BMt. 1Jo 2,3-11; Sl 95(96); Lc 2,22-35
Sáb.:1Jo 2,12-17; Sl 95(96); Lc 2,36-40
Quarta Semana do Saltério
Quarto Domingo do Advento

Você pode Gostar de:

4º Domingo da Quaresma (21.03)

Ano B – cor roxa – 21/03/2021 1. Saudação Presidente – Irmãos e irmãs em …