Página Inicial / Notícias / Novos Cardeais

Novos Cardeais

Cardeais: Evangelização deve responder a expectativas de felicidade e liberdade do homem.

.- A evangelização se somou ao ecumenismo e o diálogo inter-religioso como tema da reunião que o Papa Bento XVI e os cardeais sustentaram esta tarde no Vaticano nas vésperas do Consistório de criação de 23 novos cardeais.

Os cardeais reunidos na sessão vespertina da jornada de reflexão e oração que sustentaram hoje, consideraram "as dificuldades da fé cristã no mundo secularizado" e a necessidade de uma "nova evangelização que responda às expectativas profundas e permanentes de felicidade e liberdade do homem pós-moderno".

Um comunicado distribuído pelo Escritório de Imprensa da Santa Sé informa que sobre o ecumenismo os cardeais destacaram "a cooperação entre os cristãos das distintas confissões em favor da defesa da família na sociedade e nos ordenamentos jurídicos, a importância do ecumenismo espiritual e das relações pessoais com os paroquianos e as autoridades das demais confissões cristãs".

O texto divulga que as relações com os judeus e com o Islã também foram debatidas pelos cardeais, quem qualificou de "gesto alentador" a carta das 138 personalidades muçulmanas e a recente visita do rei da Arábia Saudita ao Santo Padre.

"As considerações se ampliaram às dificuldades da fé cristã no mundo secularizado, ao dever e à importância de uma nova evangelização que responda às expectativas profundas e permanentes de felicidade e liberdade do homem pós-moderno", prossegue o comunicado.

Os cardeais assinalaram, segundo o mesmo comunicado, que "no continente americano se dá um novo impulso missionário, alimentado pela recente Conferencia Geral do Episcopado Latino-americano que se celebrou em Aparecida" em maio último.

Também se abordaram aspectos específicos como a situação atual da vida consagrada e a formação nos seminários, a acolhida favorável por parte de bispos e fiéis da carta do Papa à Igreja Católica na China e a "urgência do compromisso da Igreja a favor da paz, da luta contra a pobreza e contra o desarmamento, sobre tudo nuclear".

Ao final do encontro, o Santo Padre ofereceu um "resumo conclusivo", e após agradecer aos cardeais sua participação, "anunciou a próxima publicação de sua nova encíclica dedicada à esperança, em resposta às expectativas mais profundas de nossos contemporâneos".

Você pode Gostar de:

Papa: ser cristão é superar discriminações. O batismo confere igual dignidade a todos

“As diferenças e os contrastes que criam separação não deveriam existir entre os fiéis em …