Página Inicial / Notícias / Campanha para a Evangelização

Campanha para a Evangelização

A Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB) está promovendo, no período do Advento, a Campanha para a Evangelização, que este ano tem como tema “Discípulos e Missionários”.

A Campanha representa um importante instrumento para a edificação do Reino de Deus, pois garante à Igreja os recursos necessários para sustentar esta missão. “Muitas ações da Igreja no Brasil dependem das ajudas dos católicos de outros países. Por isso, devemos nos engajar mais ainda em sustentar as ações de evangelização da Igreja no Brasil, contando com nossos esforços” – afirma Dom Dimas Lara Barbosa, Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro e Secretário Geral da CNBB, na carta de apresentação da Campanha.
“Nós, que temos fé e recebemos a graça de conhecer e amar Jesus Cristo – lê-se no texto – temos a missão de anunciar esta Boa Nova a todos os que a conhecem”. Assim fazendo, reitera o Bispo, “com nossa generosa doação, ajudaremos a Igreja católica a evangelizar mais e melhor”. O objetivo principal da Campanha é recordar a todos os batizados seu chamado a evangelizar e colaborar, apoiando as atividades pastorais da Igreja. Entre os objetivos específicos, tornar evidente a co-responsabilidade de todos na obra evangelizadora; favorecer a consciência em todos os fiéis sobre seu empenho evangelizador e sua responsabilidade, em apoio das atividades pastorais; ajudar a superar a mentalidade individualista e a visão subjetiva da religião através de uma conduta de solidariedade; promover a vivência de uma fé adulta, que se manifeste em ações coerentes de conversão pessoal e de transformação social, segundo as exigências evangélicas; garantir à Igreja os recursos necessários para levar a término sua missão de evangelização e ser de ajuda ao Secretário Geral e os Secretariados regionais da própria CNBB.  
A coleta para a Campanha de Evangelização acontece em todo o país entre os dias 15 e 16 de dezembro, terceiro domingo do Advento.

Você pode Gostar de:

Papa: ser cristão é superar discriminações. O batismo confere igual dignidade a todos

“As diferenças e os contrastes que criam separação não deveriam existir entre os fiéis em …