Página Inicial / Animação Litúrgica / 5º Domingo do Tempo Comum(09.02)

5º Domingo do Tempo Comum(09.02)

Celebração Dominical da Palavra de Deus
Deus nos reúne
09 de fevereiro de 2020
QUINTO DOMINGO DO TEMPO COMUM
ANO A COR LITÚRGICA: VERDE
A.: Meus irmãos, todo aquele que está em comunhão com Cristo contribui, com eficácia, para a fraternidade, a solidariedade e a justiça, com a consciência de que ser sal e luz é o jeito próprio de ser e de viver do discípulo missionário de Jesus. Iniciemos a nossa celebração, com muita alegria.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – Hinário do Ano Litúrgico, anexo Ano A, p. 4 – 5º domingo
R.: VÃO ENTRANDO E DE JOELHOS AO SENHOR NÓS ADOREMOS, POIS É ELE O NOSSO CRIADOR, NOSSO DEUS, E SOMOS DELE./ 1. Venham todos, com alegria, aclamar nosso Senhor, caminhando ao seu encontro, proclamando seu louvor. Ele é o Rei dos reis e dos deuses o maior. / 2. Tudo é dele: abismos, montes, mar e terra ele formou. De joelhos adoremos este Deus que nos criou, pois nós somos seu rebanho e ele é nosso Pastor. / 3. Ninguém feche o coração, escutemos sua voz. Não sejamos tão ingratos, tal e qual nossos avós, mereçamos o que ele tem guardado para nós. / 4. Glória ao Pai que nos acolhe e a seu Filho Salvador. Igualmente, demos glória ao Espírito de Amor. Hoje e sempre, eternamente, cantaremos seu louvor.
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: Irmãos eleitos segundo a presciência de Deus Pai, pela santificação do Espírito para obedecer a Jesus Cristo e participar da bênção da aspersão do seu sangue, graça e paz vos sejam concedidas abundantemente. TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: Irmãos e irmãs, reconheçamos as nossas culpas para celebrarmos dignamente os santos mistérios. (Pausa). Senhor, que viestes salvar os corações arrependidos, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, que viestes chamar os pecadores humilhados, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, que intercedeis por nós, junto a Deus Pai que nos perdoa, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Deus de bondade e misericórdia, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
4. HINO DE LOUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Velai, ó Deus, sobre a vossa família, com incansável amor; e, como só confiamos na vossa graça, guardai-nos sob vossa proteção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Irmãos amados, a Palavra de Deus é a luz que ilumina a nossa vida e nos faz viver em sintonia com a fé, sendo sal da terra e luz do mundo. Ouçamos com atenção as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Is 58, 7-10) – Leitura do Livro do Profeta Isaías.
Assim diz o Senhor: 7Reparte o pão com o faminto, acolhe em casa os pobres e peregrinos. Quando encontrares um nu, cobre-o, e não desprezes a tua carne. 8Então brilhará tua luz como a aurora e tua saúde há de recuperar-se mais depressa; à frente caminhará tua justiça e a glória do Senhor te seguirá. 9Então invocarás o Senhor e ele te atenderá, pedirás socorro, e ele dirá “Eis-me aqui”. Se destruíres teus instrumentos de opressão, e deixares os hábitos autoritários e a linguagem maldosa; 10se acolheres de coração aberto o indigente e prestares todo o socorro ao necessitado, nascerá nas trevas a tua luz e tua vida obscura será como o meio-dia. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (DO SALMO 111/112) R.: UMA LUZ BRILHA NAS TREVAS PARA O JUSTO, PERMANECE PARA SEMPRE O BEM QUE FEZ. 1. Ele é correto, generoso e compassivo, como luz brilha nas trevas para os justos. Feliz o homem caridoso e prestativo, que resolve seus negócios com justiça. / 2. Porque jamais vacilará o homem reto, sua lembrança permanece eternamente! Ele não teme receber notícias más: confiando em Deus seu coração está seguro. / 3. Seu coração está tranquilo e nada teme. Ele reparte com os pobres os seus bens, permanece para sempre o bem que fez e crescerão a sua glória e seu poder.
8. 2ª LEITURA (1 Cor 2, 1-5) –Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios.
1Irmãos, quando fui à vossa cidade anunciar-vos o mistério de Deus, não recorri a uma linguagem elevada ou ao prestígio da sabedoria humana. 2Pois, entre vós, não julguei saber coisa alguma, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado. 3Aliás, eu estive junto de vós, com fraqueza e receio, e muito tremor. 4Também a minha palavra e a minha pregação não tinham nada dos discursos persuasivos da sabedoria, mas eram uma demonstração do poder do Espírito, 5para que a vossa fé se baseasse no poder de Deus, e não na sabedoria dos homens. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA. / Pois eu sou a Luz do mundo, quem nos diz é o Senhor; e vai ter a Luz da vida quem se faz meu seguidor.
10. EVANGELHO – Mt 5, 13-16) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 13“Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Ele não servirá para mais nada, senão para ser jogado fora e ser pisado pelos homens. 14Vós sois a luz do mundo. Não pode ficar escondida uma cidade construída sobre um monte. 15Ninguém acende uma lâmpada e a coloca debaixo de uma vasilha, mas sim, num candeeiro, onde brilha para todos,
que estão na casa. 16Assim também brilhe a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus”. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Caríssimos irmãos, peçamos ao Senhor que nos ajude a pôr em prática a Sua Palavra e O invoquemos, dizendo: Senhor, nosso refúgio, ouvi-nos!
TODOS: SENHOR, NOSSO REFÚGIO, OUVI-NOS!
1) Senhor, abençoai a Vossa Santa Igreja, a fim de que seja sempre mais luz do mundo e sal da terra, um autêntico sinal do Vosso amor, nós Vos rogamos.
TODOS: SENHOR, NOSSO REFÚGIO, OUVI-NOS!
2) Senhor, concedei sabedoria aos governantes de nosso país e inspirai-os a trabalhar em prol do bem comum e na promoção da justiça, nós Vos rogamos.
TODOS: SENHOR, NOSSO REFÚGIO, OUVI-NOS!
3) Senhor, iluminai os jovens com a Vossa bondade e amparai-os com a força da Vossa Palavra no serviço de evangelização da juventude, nós Vos rogamos.
TODOS: SENHOR, NOSSO REFÚGIO, OUVI-NOS!
4) Senhor, volvei o Vosso olhar para a nossa comunidade a fim de que, como o sal, transforme a partir de dentro todas as realidades, colaborando para a construção de um mundo novo, nós Vos rogamos.
TODOS: SENHOR, NOSSO REFÚGIO, OUVI-NOS!
(Preces Espontâneas)
P.: Escutai, Senhor, as orações da Vossa Igreja e defendei-a dos perigos que a rodeiam, para que possa servir-Vos com inteira liberdade e dar-Vos graças pelos benefícios recebidos. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – Hinário do Ano Litúrgico, anexo Ano A, p. 7 – 5º domingo
R.: DE MÃOS ESTENDIDAS, OFERTAMOS O QUE DE GRAÇA RECEBEMOS. (BIS) / 1. A natureza tão bela, que é louvor, que é serviço, o sol que ilumina as trevas, transformando-as em luz. O dia que nos traz o pão e a noite que nos dá repouso, ofertamos ao Senhor o louvor da criação / 2. Nossa vida toda inteira ofertamos
ao Senhor, como prova de amizade, como prova de amor. Com o vinho e com o pão, ofertamos ao Senhor nossa vida toda inteira, o louvor da criação.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Senhor nosso Deus, que criastes o pão e o vinho para alimento da nossa fraqueza, concedei que se tornem para nós sacramento da vida eterna. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA IV – MR (p. 488).
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – Hinário do Ano Litúrgico, anexo Ano A, p. 12 – 5º domingo
R.: SENHOR, NÓS QUEREMOS SER LUZ PARA O MUNDO, QUE VIVE NAS TREVAS, ANDANDO NO ESCURO. QUEREMOS SER SAL, LEVANDO PRA TODOS O GOSTO DA VIDA, NUM MUNDO TÃO DURO. / 1. Ó meus filhos, escutem o que eu digo pra aprender o temor do Senhor. Qual o homem que ama sua vida e a seus dias quer dar mais valor? / 2. Tua língua preserva do mal e não deixes tua boca mentir. Ama o bem e detesta a maldade. Vem a paz procurar e seguir! / 3. Sobre o justo o Senhor olha sempre, seu ouvido se põe a escutar. Que teus olhos se afastem dos maus, pois ninguém deles vai se lembrar. / 4. Deus ouviu quando os justos chamaram e livrou-os de sua aflição. Está perto de quem se arrepende, ao pequeno Ele dá salvação. / 5. Para o justo há momentos amargos, mas vem Deus pra lhe dar proteção. Ele guarda com amor os seus ossos, nenhum deles terá perdição. / 6. A malícia do ímpio o liquida, quem persegue o inocente é arrasado. O Senhor a seus servos liberta, quem o abraça não é castigado.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Ó Deus, vós quisestes que participássemos do mesmo pão e do mesmo cálice; fazei-nos viver de tal modo unidos em Cristo, que tenhamos a alegria de produzir muitos frutos para a salvação do mundo. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL

Meditando a Palavra de Deus
Uma das tarefas mais urgentes da Igreja de hoje e de sempre é conseguir que a fé chegue aos seres humanos como “Boa Notícia”. Muitas vezes entendemos a evangelização como uma tarefa quase exclusivamente doutrinal. Evangelizar seria levar a doutrina de Jesus Cristo àqueles que ainda não a conhecem ou a conhecem de maneira insuficiente. Neste caso, nos preocupamos em assegurar o ensino religioso e a propagação da fé diante de outras ideologias e correntes de opinião. Buscamos homens e mulheres bem formados que conheçam perfeitamente a mensagem cristã e a transmitam de maneira correta. Tratamos de melhorar nossas técnicas e organização pastoral. É claro que tudo isto é importante, pois a evangelização implica anunciar a mensagem de Jesus Cristo. Mas o essencial não é só isto. Evangelizar não significa somente anunciar verbalmente uma doutrina, mas tornar presente na vida das pessoas a força humanizadora, libertadora e salvadora que se encerra no acontecimento e na pessoa de Jesus Cristo. Se assim entendermos a evangelização, o mais importante não será contar com meios poderosos e eficazes de propaganda religiosa, mas saber atuar com o modo libertador de Jesus. O decisivo não é contar com homens e mulheres bem formados doutrinalmente, mas poder contar com testemunhas vivas do Evangelho, crentes em cuja vida se possa ver a força humanizadora e salvadora que se encerra no Evangelho, quando acolhido com convicção e de maneira responsável. Nós cristãos confundimos muitas vezes a evangelização com o desejo de que se aceite socialmente “nosso cristianismo”. As palavras de Jesus chamando-nos a ser “sal da terra” e “luz do mundo” nos obrigam a fazer-nos perguntas muito sérias como as que seguem: Será que nós cristãos somos uma “boa notícia” para alguém? O que se vive em nossas comunidades cristãs, o que se observa entre os crentes, é “boa notícia” para as pessoas de hoje? Será que nós cristãos colocamos na atual sociedade algo que dê sabor à vida, algo que purifique, cure e liberte da decomposição espiritual e do egoísmo brutal e insolidário? Vivemos algo que possa iluminar as pessoas nestes tempos de incerteza, oferecendo uma esperança e um horizonte novo aos que buscam salvação? (O Caminho aberto por Jesus – José Antonio Pagola)

LEITURAS DA SEMANA
2ª feira- Sta Escolástica Vg, Mem.1 Rs 8, 1-7.9-13; Sl 131(132); Mc 6, 53-56
3ª feira- Nossa Senhora de Lourdes, MFac. 1 Rs 8,22-23.27-30; Sl 83 (84); Mc 7, 1-13
4ª feira – 1 Rs 10,1-10; Sl 36 (37); Mc 7, 14-23
5ª feira- 1 Rs 11,4-13; Sl 105 (108); Mc 7, 24-30
6ª feira- S. Cirilo, monge, e S. Metódio, B, memória – 1 Rs 11, 29-32;12,19; Sl 80 (81); Mc 7, 31-37
Sábado: 1 Rs 12,26-32;13,33-34; Sl 105 (106); Mc 8, 1-10
Primeira semana do Saltério
Quinto Domingo do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

Solenidade de todos os Santos e Santas de Deus

Ano A – cor branca – 01/11/2020 1. Saudação Presidente – Irmãos e irmãs em …