Página Inicial / Animação Litúrgica / Solenidade da Ascensão do Senhor(24.05.2020)

Solenidade da Ascensão do Senhor(24.05.2020)

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos

Ano A
Cor branca ou dourada
24/05/2020

1. Saudação
Presidente – Amados irmãos e irmãs em Cristo, sejam todos bem-vindos para celebrar o Mistério de nossa salvação nesta Solenidade da Ascensão do Senhor. Com a subida de Jesus aos céus, Ele nos deixa a missão de testemunhar a Sua Palavra e fazer discípulos e discípulas todas as nações. Iniciamos esta celebração com o sinal de nossa fé. Em nome do Pai..
Presidente – A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco. Bendito Seja Deus…
Animador(a) – Hoje, em comunhão com as Igrejas que fazem parte do CONIC (Conselho Nacional das Igrejas Cristãs do Brasil), damos início a Semana de Oração Pela Unidade dos Cristãos, com o tema “Gentileza gera Gentileza”. Trazemos presente também os fatos marcantes que aconteceram nesta semana que passou na Comunidade, na Paróquia, na Diocese, no Brasil e no mundo.
2. Deus nos perdoa
Presidente – Pelo Batismo passamos a fazer parte da Igreja de Cristo e nos tornamos seus discípulos missionários. Supliquemos a misericórdia do Pai, pelas vezes em que não assumimos o nosso compromisso batismal (silêncio). Peçamos perdão, rezando.
3. Hino do Glória
Presidente – Glorifiquemos a Deus que nos ama e nos envia a sermos testemunhas do Cristo Ressuscitado no meio em que vivemos, cantando.
4. Oração
Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus da vida, a Ascensão do vosso Filho já é nossa vitória. Exultamos de alegria e fervorosa ação de graças, pois, membros de Seu Corpo, somos chamados na esperança à participação da Sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
Deus nos fala
5. Leitura dos Atos dos Apóstolos (1, 1-11)
6. Salmo Responsorial (46)
(CD Cantando os Salmos – Ano A) Por entre aclamações Deus se elevou, o Senhor subiu ao toque da trombeta. (bis)
– Povos todos do universo, batei palmas, gritai a Deus aclamações de alegria! Porque sublime é o Senhor, o Deus Altíssimo, o soberano que domina toda a terra.
– Por entre aclamações Deus se elevou, o Senhor subiu ao toque da trombeta. Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa, salmodiai ao som da harpa ao nosso Rei!
– Porque Deus é o grande Rei de toda a terra, ao som da harpa acompanhai os seus louvores! Deus reina sobre todas as nações, está sentado no seu trono glorioso.
7- Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios (1, 17-23)
8. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus (28, 16-20)
9. Profissão de Fé
Presidente – Iluminados pela Palavra de Deus renovemos a nossa fé. Creio em Deus Pai…
10. Preces da Comunidade
Presidente – Ao Deus que elevou seu Filho Jesus ao Céu e nos deixou a missão de darmos continuidade ao Seu Projeto de Amor, peçamos confiantes, cantando: Tua Igreja eleva o clamor, escutai nossa prece, Senhor.
– Deus de bondade, abençoai a Vossa Igreja, o Papa Francisco, os bispos, os padres, diáconos, religiosos(as) para que continuem a lutar pela Unidade das Igrejas Cristãs, pelo acolhimento, e no compromisso de formar um só rebanho e um só Pastor. Nós vos pedimos.
– Deus de bondade, despertai nossos governantes para que, iluminados por Vosso Santo Espírito, promovam leis a favor da justiça, da igualdade e da solidariedade. Nós vos pedimos.
– Deus de bondade, acompanhai todas as comunidades das Paróquias e revigore a missão evangelizadora de todos os batizados. Nós vos pedimos.
– Deus de bondade, concedei a todos nós, batizados, a sabedoria e a coragem para exercer a missão de discípulos missionários nos serviços e ministérios que nos fora confiado. Nós vos pedimos.
– Deus de bondade, compadecei-vos do vosso povo que sofre por causa da fome, da violência, da indiferença, do desemprego, do preconceito, das doenças, das catástrofes e das inúmeras formas de exclusão, para que não se apague em seus corações a chama da fé e da esperança. Nós vos pedimos.
Presidente – Acolhei, Pai Santo, os pedidos de vossos filhos e filhas aqui reunidos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Coleta Fraterna
11. Louvação
Presidente – Louvemos a Deus por todas as Igrejas Cristãs que se empenham na construção da Unidade e respeito entre os diferentes modos de professar a fé.
12. Pai Nosso
Presidente – Em comunhão com todos os cristãos que buscam a Unidade, rezemos a oração que Jesus nos ensinou. Pai Nosso…
13. Abraço da Paz
Presidente – A paz é fruto dos gestos concretos de amor e justiça realizados por todos nós. Saudemo-nos com um gesto fraterno.
14. Oração
Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus, ajudai-nos a viver nesta terra como testemunhas de vossa presença e continuadores da missão de vosso Filho, hoje elevado aos Céus. Dai-nos o Espírito de Amor que realiza entre nós e nos conduza à comunhão com todos os que adoram o vosso nome. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
15. Bênção e Envio Presidente
– Que o Deus de amor vos abençoe neste dia, quando o Seu Filho penetrou no mais alto dos céus, abrindo o caminho para a nossa ascensão. Amém.
– A bênção de Deus Pai e Filho e Espírito Santo, desça sobre vós e permaneça para sempre. Amém. – Fazei com que todos os povos se tornem discípulos missionários de Cristo. Ide em paz e que o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus.

Meditando a Palavra de Deus
A festa da Ascensão de Jesus marca um novo momento na comunidade cristã primitiva. Pode-se dizer que se inicia o tempo da maturidade da fé para os discípulos do Ressuscitado. Ao invés de ficarem olhando para o alto, vendo Jesus subir entre as nuvens, devem agora anunciar o Evangelho e serem autênticas testemunhas do Cristo. A promessa da volta de Jesus, feita pelos dois homens de branco, é certa. Jesus não os abandona, mas agora continua presente na comunidade e no coração de cada discípulo por meio de seu Espírito. Eis, portanto, o tempo de ser manifestação viva de Jesus para todos os povos. A comunidade, batizada no Espírito Santo, será conduzida na força de Deus, como outrora Jesus foi conduzido por essa mesma força de vida. Vivendo assim a Ascensão de Jesus, a comunidade se certifica de que a pregação do Evangelho não tem por finalidade somente o aqui e agora da vida humana terrena. Viver e anunciar a Boa-Nova significa estar preparado para um caminho, cuja plenitude é o Céu, com Jesus, à direita do Pai. Ele abre o caminho de retorno ao Pai, deixando claro que esse caminho se faz na força do amor vivido, anunciado e testemunhado. Nesse sentido, o céu começa aqui, quando o amor triunfa sobre o ódio, a vida sobre a morte. Por isso, o livro dos Atos dos Apóstolos abre sua narrativa enfatizando a importância da abertura de toda a comunidade ao Espírito Santo de Deus. A missão hoje é nossa também. Somos convidados a fazer a experiência dos discípulos que, ao adorarem o Senhor, receberam a missão de anunciar o Evangelho e batizar em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. A Igreja peregrina, ao longo dos séculos, chega até nós com o frescor do Espírito, enviando-nos também a sermos testemunhas do Ressuscitado. Nossos desafios também são grandes. Inúmeros missionários anunciam o Evangelho com tamanha doação de vida, chegando, em tantos casos, a derramar o próprio sangue. Também nós temos a tentação de ficarmos olhando para o alto adorando Jesus. É bom, e até necessário, que dediquemos tempo para fixar nossos olhos n’Ele. Quando percebemos que tantos ainda hoje não vivem os valores do Evangelho, convencemo-nos de que é preciso sair e anunciar a Boa-Nova do Ressuscitado. Não estamos sozinhos! Cristo continua sendo nosso Caminho, nossa Verdade e Vida. Basta abrirmos nosso coração à força de seu Espírito e deixarmos que ele se manifeste em nós e, por meio de nós, continue a ser presença viva e redentora onde estivermos. Que esta Solenidade litúrgica nos leve à maturidade da fé e à coragem de sermos testemunhas do Ressuscitado, onde quer que estejamos.

Você pode Gostar de:

Solenidade de todos os Santos e Santas de Deus

Ano A – cor branca – 01/11/2020 1. Saudação Presidente – Irmãos e irmãs em …