Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 25º Domingo Comum 20.09.2020

Liturgia – 25º Domingo Comum 20.09.2020

“Só uma coisa importa: Vivei à altura do Evangelho de Cristo”

1.ACOLHIDA
Deus criou o universo e o governa com sabedoria infinita… e quem somos nós para questionar a obra de Deus? Quem somos nós para questionar o proceder de Deus? nossa parte (seres humanos) seria pretensão incompreensível questionar o procedimento do Criador! Quem somos nós para questionar o proceder de Deus! E quantas vezes nós nos revoltamos contra Ele julgando-o injusto ou descuidado com nossa vida pessoal! Mas Ele, pacientemente, responde-nos: “Meus pensamentos estão acima de vossos pensamentos, como o céu está acima da terra…!”
O Apóstolo Paulo, colocado diante de uma escolha, afirma: “Só uma coisa importa: vivei à altura do Evangelho de Cristo!” Não sejamos questionadores dos Planos de Deus, mas adoradores, humildes adoradores de nosso bom Deus, que criou todo o universo pensando com amor e carinho infinitos na sua criatura humana! Criou o universo por nós e para nós!
Deus é rico em misericórdia e nele não há injustiça alguma! Nem sombra de injustiça e, pelo contrário, um amor infinito por toda sua criatura humana: “De tal maneira Deus amou o mundo que lhe deu seu próprio Filho para que o mundo seja salvo por Ele!” (Jo 3,16).

2.PALAVRA DE DEUS
Is 55,6-9 – Busquemos a Deus e sua sabedoria e seremos salvos e teremos uma eternidade inteira para glorifica-lo e gozá-lo na companhia dos santos e dos anjos celestiais.
Fl 1,20-24,27 – O Apóstolo Paulo tem que escolher entre estar com Jesus na eternidade ou permanecer por mais tempo entre seus discípulos na terra! O critério seguido por ele é a vida vivida à altura do Evangelho!
Mt 20,1-16 – Na parábola contada por Jesus, o senhor do campo paga um salário justo a todos os contratados, na sua liberdade e generosidade, faz um agrado para aqueles que trabalharam menos!
Que direitos nós temos de opinar sobre a generosidade de Deus! Ele é justo e generoso e nós devemos ser agradecidos por tudo o que recebemos de sua generosidade e liberalidade.

3.REFLEXÃO
Nós, seres humanos, esquecemos facilmente nossas origens! Esquecemos que saímos das mãos Deus e, prejudicados pelo pecado de nossos apaís, recebemos de volta, gratuitamente, a dignidade de filhos adotivos! Irmãos, “busquemos a Deus, enquanto pode ser achado; invocai-o enquanto está perto (…) voltemos para o Senhor, que terá piedade de nós!” Aproveitemos o tempo da graça e retomemos o caminho de Deus!
O caminho da sabedoria para nós, que estamos, ainda, a caminho… é abandonar-se confiantes, nas mãos do Senhor! Paulo, apaixonado por Cristo, afirma: Pois, para mim, o viver é Cristo e morrer é lucro”. O dia de entrar na sala é triste para nós que esquecemos o horizonte da eternidade, pensando que nossa vida na terra seja eterna! Coitados de nós! Meu irmão, dê um tempo para sua alma!
Todos nós queremos viver bastante tempo! Mas, no Evangelho somos avisados que importa estar vigilantes, pois, não sabemos nem o dia e a hora em que o noivo vai chegar! Não podemos dormir e, pior ainda, sem um bom depósito de óleo para ter a certeza de ter a lâmpada acesa para acompanhar o noivo na sala de festa! Ficar de fora e no escuro da noite seria triste demais!
Enquanto temos tempo trabalhemos, intensamente, no campo do Senhor. O salário está garantido e justo! A certeza de entrar na posse da casa do Pai evitará de termos que “entrar com queixa no sindicato”, reclamando um direito de acréscimo no pagamento da diária!
Lembremo-nos que os últimos… serão os primeiros a serem pagos!
FREI CARLOS ZAGONEL

 

Você pode Gostar de:

Ataques contra igrejas no Chile

Cidadãos não se deixarão intimidar por ameaças de violência, dizem bispos chilenos. Encapuzados atacaram inicialmente …