Página Inicial / Animação Litúrgica / 2º Domingo do Tempo Comum (17.01)

2º Domingo do Tempo Comum (17.01)

Ano B – cor verde – 17/01/2021

1- Presidente
– Queridos irmãos e irmãs em Cristo, sejam todos bem-vindos para fazer memória da Páscoa de Jesus Cristo. Hoje o Senhor nos convida a seguir seu Filho amado. Ele renova em nós a disposição de seguir Jesus para construir seu Reino de Justiça e Fraternidade. Reunidos como missionários (as) dispostos a fazer a vontade do pai, façamos o sinal de nossa fé. Em nome do Pai…
Presidente – O Deus da esperança que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espirito Santo esteja convosco. Bendito seja Deus…
Animador(a) – Deus se manifesta aos nossos olhos em cada acontecimento da vida e na história da humanidade. Para bem celebrarmos nosso encontro fraterno, recordemos os fatos importantes que marcaram a semana que passou (recordação da vida).
2- Deus nos perdoa
Presidente – Irmãos, de coração arrependido, aproximemo-nos do Deus Justo e Santo, para que tenha piedade de nós pecadores e perdoe as nossas faltas e omissões. (Silêncio) Cantemos, pedindo perdão.
3. Hino do Glória
Presidente – Glorifiquemos ao Pai que em Jesus quer salvar toda a humanidade, rezando o Hino do Glória.
4. Oração
Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus, nós vos louvamos porque nos chamastes pelo batismo a participar de Vossa vida e missão. Renovai-nos na força do Vosso Espírito para que possamos acolher Vossa Palavra e corresponder ao que ela nos pede para vencermos todas as forças da morte e proclamarmos a vitória da vida. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
Deus nos fala
5. Leitura do Primeiro Livro de Samuel (3, 3b-10.19)
6. Salmo Responsorial (39) (CD Liturgia IX – TC) Eu disse: “Eis que venho, Senhor!” Com prazer faço a vossa vontade. (bis)
7. Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios (6, 13c-15a.17-20)
8. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João (1, 35-42)
9. Partilha da Palavra
Nossa resposta
10. Profissão de Fé
11. Preces da Comunidade Presidente – Ao Deus que nos convida a conhecer onde mora Jesus, elevemos a Ele os pedidos de nossa comunidade.
Coleta Fraterna
Ação de Graças
12. Louvação
Presidente – Louvemos ao Senhor por todas as pessoas que ouvem o chamado de Deus e O seguem com alegria.
Deus nos faz irmãos
13. Pai Nosso
Presidente – Atentos ao modelo de oração dado por Cristo, nosso Senhor, digamos: Pai Nosso…
14. Momento da Paz
Animador(a) – Na alegria de ouvir o chamado do Senhor e seguir seus passos, rezemos em silêncio pela paz.
15. Oração
Presidente – Senhor nosso Deus, alimentados pela Vossa Palavra (e pela Comunhão), dai-nos sempre acreditar mais na presença do Vosso Filho Jesus no meio de nossas comunidades. Ajudai-nos a ser anunciadores do Vosso Reino como foram os discípulos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Deus nos envia
16. Breves Avisos
17. Bênção
Presidente – O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós.
– Abençoe-vos o Deus Todo-Poderoso: Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
– Glorificai o Senhor com vossa vida. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus.

Meditando a palavra de Deus
A Liturgia de hoje nos coloca diante do chamado de Deus, do encontro com Jesus e da consequência deste mistério em nossa vida. Deus chama Samuel várias vezes. Ele não reconhece a voz do Senhor. Não pode ouvir o que Deus deseja dele, enquanto não souber que é o Senhor. Eli aponta-lhe o caminho e Samuel coloca-se diante do Senhor. A Palavra de Deus, dirigida a Samuel, aos discípulos e aos cristãos de Corinto, nos convida a uma resposta. Uma resposta que consiste em seguimento, em discipulado. O seguimento de Jesus supõe permanecer nele: “Constituiu doze para que ficassem com Ele. (Jo 1,39) para enviá-los a pregar. Trata-se, na verdade, de conviver com Ele, em um relacionamento muito próximo, entrar na insegurança de seus caminhos, compartilhar suas condições de vida, fazer com ele a experiência de carregar a cruz e dar a vida no dia a dia. A união mútua entre Jesus e o discípulo é a condição básica para produzir frutos: “Aquele que permanece em mim e eu nele produz muitos frutos.” (Jo 15,5) A amizade do discípulo com Jesus deve ir além da mútua contemplação; deve chegar ao anúncio da BoaNova do Reino que está acontecendo no meio das pessoas. Ela significa partilhar o mesmo destino do Mestre. De forma que acreditar em Jesus é entrar em um processo de caminho na luz e comunhão de vida com Ele. Hoje, somos convidados a olhar agora o Cordeiro, segui-Lo, descobrir sua morada e ficar com Ele. Nós o encontramos na oração pessoal e comunitária, na Sagrada Escritura, assim como no irmão que necessita de nosso auxílio e afeto, seja qual for o motivo. Firmemos nosso caminhar nas pegadas de Jesus e formemos comunidade com ele no mundo!

Leituras da Semana
2ª feira: Hb 5,1-10; Sl 109; Mc 2,18-22
3ª feira: Hb 6,10-20; Sl 110; Mc 2,23-28
4ª feira: Hb 7,1-3.15-17; Sl 109; Mc 3,1-6
5ª feira: Hb 7,25-8,6; Sl 39; Mc 3,7-12
6ª feira: Hb 8,6-13; Sl 84; Mc 3,13-19
Sábado: Hb 9,2-3.11-14; Sl 46; Mc 3,20-21
Domingo: Jn 3,1-5.10; Sl 24; 1Cor 7,29-31; Mc 1,14-20

Você pode Gostar de:

Festa do Batismo do Senhor(10.01)

Ano B – cor branca – 10/01/2021 1. Saudação Presidente – Amados irmãos e irmãs, …