Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 4º Domingo da Quaresma 07.03.2021

Liturgia – 4º Domingo da Quaresma 07.03.2021

“O Senhor Deus admoestava seu Povo Com solicitude…mas eles zombavam dos enviados de Deus!”

1.Acolhida
A misericórdia divina não é “infinita”! A teimosia humana cansa a paciência divina e o castigo de Deus levou o seu Povo para o exílio; Jerusalém foi destruída e o Povo chorou sua desgraça junto aos rios da Babilônia durante 70 anos!
O pecado e a maldade têm gosto saboroso nos seus inícios, mas é um veneno que não tem cura! O ser humano é criado à imagem e semelhança do próprio Deus: É criado por amor e realiza-se amando e fora do amor ele adoece! Ele precisa ser recriado à imagem de seu criador!
Por isso, o amor infinito de nosso Deus recria-nos por sua misericórdia. Somos filhos adotivos de nosso Pai celestial. A Quaresma é a oportunidade para nossa recriação à sua imagem e semelhança de nosso Deus e Pai celestial!”
Deus não nos abandona! Ele envia seu próprio Filho único, que morre crucificado para refazer sua obra de amor misericordioso!

2.Palavra de Deus
2Cr 36,14-23 – O Povo de Deus seguia o caminho do pecado, imitando os povos de seu tempo. O Povo zombava dos profetas, desprezava suas Palavras… até que Deus perdeu a “paciência” e permitiu o castigo do Exílio!
Ef 2,4-10 – Deus não quer desfazer-se de seu Povo; mas, pelo contrário, quer salvá-lo mediante a sua graça! – “Ele nos deu a vida com Cristo. É pela graça que vós sois salvos mediante a fé”
Jo 3,14-21 – “Deus amou tanto o mundo que lhes deu o seu próprio Filho Unigênito, para que não se perca todo aquele que nele crer, mas tenha a vida eterna”!

3.Reflexão
O pecado é nosso, é criatura nossa, mas a salvação é obra da graça divina; Deus não quer perder sua criatura amada! Ele enviou seu Filho único ao mundo para nos salvar e não para condenar-nos! “É por graça que vós sois salvos mediante a fé e isto não vem de nós, mas de Deus! Não é por nossas boas obras ou pela vontade de sermos salvos, mas pelo amor infinito e gratuito de nosso Deus. Nosso Deus não é um Deus egoísta que pensa na sua felicidade. Ele é um Deus Amor e por Amor Ele nos criou e por amor Ele quer nos salvar; para isso é que Ele enviou seu próprio Filho que deu sua vida para salvar-nos, seu Filho que derramou todo o seu próprio Sangue na cruz para nos salvar!
Nós somos obra do Amor e por Amor quer salvar-nos gratuitamente. Ele nos salva gratuitamente e não por interesse, mas por Amor e amor gratuito! Deus é amor e por amor nos criou! Por amor Ele nos redimiu do pecado: por amor Ele enviou seu próprio Filho que por amor morreu pregado na Cruz pagando um preço muito alto para nossa redenção: Custamos o Sangue de nosso Deus!
Deus é luz e quem se aproxima da luz aproxima-se de Deus! Deus é luz divina. Quem prefere o caminho das trevas, está escolhendo o caminho da morte! Aproximemo-nos da luz divina para conhecer o amor infinito de nosso Deus! Quem anda pelos caminhos da luz está no caminho de Deus e de sua própria salvação.

“O julgamento é este os homens preferiram o caminho das trevas Porque as suas obras eram más!”

FREI CARLOS ZAGONEL.

Você pode Gostar de:

Papa Francisco participa da oração do Terço pelo fim da pandemia

Com a presença do Papa iniciou nesta tarde (01/05) na Basílica de São Pedro, no …