Página Inicial / Animação Litúrgica / Solenidade da Ascensão do Senhor (16.05)

Solenidade da Ascensão do Senhor (16.05)

Ano B – cor branca ou dourada – 16/05/2021

1. Saudação
Presidente – Celebrando, hoje, a elevação de Jesus à direita do Pai, comemoramos um modo novo d’Ele estar presente. Aquele que percorreu os caminhos deste mundo, no amor e na doação, é glorificado pela sua Ascensão ao céu. Reunidos pelo amor da Santíssima Trindade, façamos o sinal de nossa fé. Em nome do Pai…
Presidente – O Deus que elevou Seu Filho aos céus, pela ação do Espírito Santo, esteja sempre convosco. Bendito seja Deus…
Animador(a) – Celebramos hoje, o domingo da Ascensão do Senhor. Damos hoje o início da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos que tem como tema “Permanecei no meu amor e produzireis muitos frutos” (ef. João 15,5-9). Animados com tantos motivos que temos para celebrar a nossa fé e a nossa vida, recordemos os fatos que marcaram a semana que passou. (Recordação da vida).
2. Deus nos perdoa
Presidente – No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer para o pecado e a ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai (silêncio). Peçamos perdão, cantando.
3. Hino do Glória
Presidente – Glorifiquemos ao Senhor nosso Deus, pela vida de todos os cristãos que trabalham e rezam pela paz e unidade no mundo, cantando.
4. Oração
Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus de amor, a Ascensão do Vosso Filho já é nossa vitória. Fazei-nos exultar de alegria e fervorosa ação de graças, pois, como membros do Seu corpo, somos chamados na esperança a participar de Sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
Deus nos fala
5. Leitura dos Atos dos Apóstolos (1, 1-11)
6. Salmo Responsorial (46) (CD Cantando os Salmos) Por entre aclamações Deus se elevou, o Senhor subiu ao toque da trombeta. (bis)
7. Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios (1, 17-23)
08. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos (16, 15-20)
Partilha da Palavra
Nossa resposta
9. Profissão de Fé
Presidente – Na celebração da Ascensão de nosso Salvador, professemos nossa fé, rezando. Creio em Deus Pai…
10. Preces da Comunidade Presidente – Jesus Cristo foi elevado aos céus na presença dos discípulos. Façamos nossos pedidos, cantando após cada prece: Senhor da vida, ouvi vosso povo! (CD Aparecida 300 anos)
11. Apresentação dos Dons
Animador(a) – A Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos convoca as Igrejas Cristãs do Brasil (CONIC) para juntos rezarmos pela união de todos os batizados que professam a mesma fé no Cristo Ressuscitado. Apresentemos ao Altar do Senhor a vida de todos nós, vossos filhos e filhas, que fazemos parte destas Igrejas que se unem para orar e refletir a caminhada de fé, no diálogo e na conversão fraterna, rumo ao Reino definitivo.
Coleta Fraterna
Ação de Graças
12. Louvação
Presidente – Louvemos ao Pai, por tantos sinais da Vossa luz que se manifestam em ações que defendem e promovem a vida.
Deus nos faz irmãos
13. Pai Nosso
Presidente – A missão de Jesus foi entregue a todos os cristãos. Em comunhão com todas as Igrejas Cristãs, rezemos a oração que Jesus nos ensinou. Pai Nosso…
14. Momento da Paz
Animador(a) – Paz é fruto do amor de Deus por todos nós. Assumir nossa missão é proclamar ao mundo quem é Cristo e Seu Reino de paz.
15. Oração Presidente – Oremos -(silêncio) – Ó Deus, ajudai-nos a viver nesta terra como testemunhas de Vossa presença e continuadores da missão de Vosso Filho, hoje elevado aos céus. Dai-nos o Espírito de amor que realiza entre nós a unidade e nos conduz à comunhão com todos os que adoram o Vosso nome. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Deus nos envia
16. Notícias e Avisos
17. Bênção Presidente – Que Deus vos abençoe no dia de hoje, quando o seu Filho ascendeu aos céus, abrindo o caminho para a nossa ascensão. Amém. – Abençoe-vos Deus todo-poderoso: Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. – Levai a todos a alegria do Senhor Ressuscitado. Ide em paz e que o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus. Aleluia!

Meditando a Palavra de Deus
A Ascensão do Senhor é de tamanha grandeza que nos impulsiona à missão. Não é mais possível permanecermos imóveis e admirados, olhando para o céu, a exemplo dos primeiros discípulos. Cabe aos discípulos missionários dos novos tempos sempre procurar as coisas do alto, romper com os velhos esquemas que aprisionam, vencer o egoísmo, a indústria do medo, a violência, a impunidade e a corrupção que retardam a realização do sonho de uma sociedade alicerçada no amor, no respeito e na dignidade. A construção da sociedade segura somente será possível quando as pessoas viverem o mandamento do amor, que tem o agir de Jesus como modelo, do qual o mistério pascal é a maior expressão. O evangelho refere-se às aparições do Ressuscitado aos discípulos e discípulas, enviando-os em missão com a ordem: “Vão pelo mundo inteiro e anunciem a Boa Nova para toda a humanidade. ” O livro dos Atos dos Apóstolos atesta que o mesmo Espírito que esteve presente e acompanhou a Jesus, agora está presente na missão da comunidade cristã. Lucas adverte às comunidades de que o projeto de salvação revelado por Jesus tem agora sua continuidade na Igreja, animada pelo Espírito Santo. A 2ª leitura pertence à oração de ação de graças e de súplica que Paulo eleva a Deus. Ele dá graças a Deus pela adesão a Jesus e pela resposta de amor dos fiéis. O Apóstolo reitera que a comunidade deve conhecer a esperança a qual foi chamada, ou seja, à vida plena de comunhão com Deus. Assim, todos devem caminhar ao encontro dessa esperança de mãos dadas, como irmãos, membros do Corpo, cuja cabeça é Jesus Cristo. Ele, pela Igreja, continua presente e realizando o projeto de salvação da humanidade. A Ascensão, mais do que uma espécie de despedida ou de ausência, deve ser vista como coroamento de uma caminhada, e presença do Cristo Senhor no meio de sua comunidade em missão, portanto, a ascensão lembra missão. O mesmo Senhor que nos envia, garante estar sempre presente, para nossa alegria e tranquilidade, mais do que ausência, é um novo modo de presença. “O Senhor está sempre no meio de nós”. A comunidade dos discípulos deverá anunciar a Boa Nova de um mundo novo, inaugurado pelo Filho de Deus. Estamos sendo fiéis à missão que Jesus, ao deixar este mundo nos confiou? Estamos efetivamente atentos aos problemas e às angústias dos nossos irmãos, ou vivemos de olhos voltados para o céu, em um espiritualismo alienado?

 

Leituras da Semana
2ª feira: At 19,1-8; Sl 67; Jo 16,29-33
3ª feira: At 20,17-27; Sl 67; Jo 17,1-11a
4ª feira: At 20,28-38,1; Sl 67; Jo 17,11b-19
5ª feira: At 22,30; 23,6-11; At 4,8-12; Sl 15; Jo 17,20-26
6ª feira: At 25,13-21; Sl 102; Jo 21,15-19
Sábado: At 28,16.20.30-31; Sl 10; Jo 21,20-25; Gn 11,1-
9; Ex 19,3-8a.16-20b; Ez 37,1-14; J1 3,1-5; Sl 103; Rm
8,22-27; Jo 7,37-39
Domingo: At 2,1-11; Sl 103; 1Cor 12,3b-7.12-13; Rm
8,8-17; Jo 14,15-16.23b-26

Você pode Gostar de:

4º Domingo da Quaresma (14.03)

Ano B cor roxa ou rósea – 14/03/2021 1. Saudação Presidente – Irmãos e irmãs …