Página Inicial / Notícias / Papa Francisco participa da oração do Terço pelo fim da pandemia

Papa Francisco participa da oração do Terço pelo fim da pandemia

Com a presença do Papa iniciou nesta tarde (01/05) na Basílica de São Pedro, no Vaticano o primeiro Terço invocando o fim da pandemia. Todos os dias do mês de maio serão rezados em 30 Santuários espalhados pelo mundo às 18h (horário de Roma)
Vatican News

Na tarde deste sábado, o Papa Francisco participou da oração do Terço que dá início a uma “maratona” de oração pelo fim da pandemia e para a retomada das atividades sociais e de trabalho. O Terço será rezado diretamente de 30 Santuários em todo o mundo. A iniciativa está sendo realizada à luz da expressão bíblica: “De toda a Igreja subia incessantemente a oração a Deus” (At 12,5).
Neste primeiro dia o Terço foi rezado na Capela Gregoriana da Basílica Vaticana e iniciou com a seguinte oração:
“No início do mês dedicado a Nossa Senhora, nós nos unimos em oração com todos os Santuários em todo o mundo, com os fiéis e com todas as pessoas de boa vontade, para confiar às mãos de nossa Mãe Santíssima toda a humanidade, duramente provada por este período de pandemia. A cada dia deste mês de maio, confiaremos a Vós, Mãe de Misericórdia, as muitas pessoas que foram tocadas pelo vírus e que continuam a sofrer as consequências: dos nossos irmãos e irmãs falecidos, às famílias que vivem a dor e a incerteza do amanhã; dos doentes aos médicos, aos cientistas e enfermeiros que estão na linha de frente nesta batalha; dos voluntários até todos os profissionais que prestaram seu precioso serviço em favor dos outros; das pessoas em luto e dor, até aquelas que, com um simples sorriso e uma boa palavra, levaram conforto aos necessitados. daqueles que, especialmente mulheres, sofreram violência dentro das paredes de seus lares devido ao fechamento forçado a quantos desejam os ritmos de vida cotidianos. Mãe do Socorro, acolhei-nos sob o vosso manto e protegei-nos, sustentai-nos na hora da provação e acendei em nossos corações a luz da esperança pelo futuro”.

No final do Terço o Santo Padre proferiu a seguinte oração:
“Sob vossa proteção buscamos refúgio, Santa Mãe de Deus”
Na dramática situação atual, carregada de sofrimentos e angústias que oprimem o mundo inteiro, recorremos a Vós, Mãe de Deus e nossa Mãe, refugiando-nos sob a vossa proteção.
Ó Virgem Maria, volvei para nós os vossos olhos misericordiosos nesta pandemia do coronavírus e confortai a quantos se sentem perdidos e choram pelos seus familiares mortos e, por vezes, sepultados de uma maneira que fere a alma.
Sustentai aqueles que estão angustiados por terem pessoas enfermas de quem não se podem aproximar, para impedir o contágio. Infundi confiança em quem vive ansioso com o futuro incerto e com as consequências sobre a economia e o trabalho.
Mãe de Deus e nossa Mãe, alcançai-nos de Deus, Pai de misericórdia, que esta dura prova termine e que volte um horizonte de esperança e de paz. Como em Caná, intervinde junto do vosso Divino Filho, pedindo-Lhe que conforte as famílias dos doentes e das vítimas e abra os seus corações à confiança.
Protegei os médicos, os enfermeiros, os agentes de saúde, os voluntários que, neste período de emergência, estão na vanguarda arriscando a própria vida para salvar outras vidas. Acompanhai a sua fadiga heroica e dai-lhes força, bondade e saúde.
Permanecei junto daqueles que assistem noite e dia os doentes, e dos sacerdotes que procuram ajudar e apoiar a todos, com solicitude pastoral e dedicação evangélica.
Virgem Santa, iluminai as mentes dos homens e mulheres da ciência, a fim de que possam encontrar as soluções justas para vencer este vírus.
Assisti os Responsáveis das nações, para que atuem com sabedoria, solicitude e generosidade, socorrendo aqueles que não têm o necessário para viver, programando soluções sociais e econômicas com clarividência e espírito de solidariedade
Maria Santíssima, tocai as consciências para que as somas enormes usadas para aumentar e aperfeiçoar os armamentos sejam, antes, destinadas a promover estudos adequados para prevenir catástrofes do gênero no futuro.
Mãe amadíssima, fazei crescer no mundo o sentido de pertença a uma única grande família, na certeza do vínculo que une a todos, para acudirmos, com espírito fraterno e solidário, à tanta pobreza e às inúmeras situações de miséria. Encorajai a firmeza na fé, a perseverança no serviço, a constância na oração.
Ó Maria, consoladora dos aflitos, abraçai todos os vossos filhos atribulados e alcançai-nos a graça de que Deus intervenha com a Sua mão onipotente para nos libertar desta terrível pandemia, de modo que a vida possa retomar com serenidade ao seu curso normal.
Confiamo-nos a Vós, que resplandeceis sobre o nosso caminho como sinal de salvação e de esperança, ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria. Amém.
Conduzi os passos de vossos peregrinos que desejam rezar o amar-vos nos Santuários dedicados a Vós em todo o mundo sob os mais variados títulos que pedem a vossa intercessão, sede para cada um deles uma guia segura. Amém.
Em seguida o Papa Francisco abençoou os Terços que serão enviados aos 30 Santuários que participam da “maratona” de oração deste mês mariano e abençoou os fiéis invocando com confiança a intercessão da Bem-aventurada Virgem Maria.
https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-05/papa-oracao-terco-rosario-basilica-sao-pedro.html

Você pode Gostar de:

Entrar no Vaticano é preciso do passaporte da vacina, o Green pass

A partir de 1° de outubro para entrar no Vaticano é preciso do passaporte da …