Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 30º Domingo Comum 24.10.2021

Liturgia – 30º Domingo Comum 24.10.2021

“O QUE QUERES QUE EU TE FAÇA?MESTRE, QUE EU VEJA!”
1.Acolhida
Irmãos e irmãs, sede bem vindos nesta Igreja, onde celebramos o enceramento do “Mês Missionário”. Encera-se a celebração; iniciemos (fortaleçamos) nosso compromisso missionário. A Igreja é missionária pelo mandato do próprio Senhor, Jesus: “Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo!” (Mt 28,19).
Anunciar Jesus é nosso compromisso batismal! Devemos abrir os olhos àqueles que desconhecem e nem amam nosso Salvador, Jesus Cristo. Devemos compadecer-nos com aqueles que não têm a alegria de conhecer a Jesus!

2.Palavra de Deus
Jr 31,7-9 – Deus usa o sofrimento e o amor na condução de seu Povo eleito: Leva-o para o exílio sempre que peca e o atrai de volta pelo amor. O Povo de Israel entra na segunda fase – Fase do amor: “Tornei-me um pai para Israel, e Efraim é meu primogênito!”
Hb 5,1-6 – Jesus é o verdadeiro sacerdote, que intercede por nós, sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque. Ele não veio para receber honrarias, mas para interceder por nós junto ao Pai misericordioso.
Mc 10, 46-52 – Até os cegos pressentem que Jesus é o Salvador! Assim gritou o cego de Jericó: “Filho de Davi, tem piedade de mim!… Mestre que eu veja!” E Jesus curou o cego dizendo-lhe: “Vai, a tua fé te curou!”

3.Reflexão
O exílio é castigo e, ao mesmo tempo, é missão: Espalhar pelo mundo afora a fé no Deus de Israel. Cumprida a missão e expiado o pecado, o Amor de Javé traz seu povo de volta para sua terra! Assim, o exílio é castigo pelas infidelidades do Povo e é, ao mesmo tempo, missão para o Povo de Israel: Divulgar a existência de Javé o Deus libertador.
Deus de Israel é um Deus misericordioso: castiga o pecado e divulga a fé em Javé, o Deus libertador! A pedagogia de nosso Deus continua sendo a mesma: castiga-nos por nossos pecados e revela sua misericórdia estendendo-nos a mão salvadora e misericordiosa sempre que o invocamos.
Aliás, a missão de Jesus, na segunda leitura de hoje, é de intercessor junto ao Pai: intercede em nosso favor, que somos pecadores, deseja e quer salvar-nos do castigo final! Somos obra do amor infinito de nosso Deus Pai que nos envia o próprio Filho como intercessor poderoso e cheio de ternura.
Os inimigos de Jesus eram os verdadeiros cegos: Não reconheciam a Jesus como o Messias, enviado por Deus Pai. Perseguiram-no até a morte humilhante sobre uma cruz! Os pobres e os doentes são os privilegiados da graça. O cego de Jericó enxergava mais que os Mestre da Lei: Clamou pelo auxílio do filho de Davi,  sem enxergar! A sua fé conseguiu a cura de sua cegueira… Anda hoje, temos muitos milagres acontecendo graça à fé do povo simples e necessitado!

“O verdadeiro sacerdote é aquele que sabe ter compaixão daqueles que estão na ignorância e no erro”!

FREI CARLOS ZAGONEL.

Você pode Gostar de:

Ano Jubilar Missionário – CNBB

ANO JUBILAR MISSIONÁRIO SERÁ LANÇADO COM ABERTURA OFICIAL EM LIVE AMANHÃ, SÁBADO, 20 DE NOVEMBRO, …