Página Inicial / Animação Litúrgica / Solenidade de Pentecostes (05.06)

Solenidade de Pentecostes (05.06)

SOLENIDADE DE PENTECOSTES

Ano C – cor vermelha – 05/06/2022

1. Saudação Presidente – Irmãos e irmãs, sejam todos bemvindos à celebração do Mistério Pascal de Cristo neste domingo solene de Pentecostes, em que recordamos o dia em que a comunidade é revestida pela força do Espírito Santo para ser testemunha do Senhor Ressuscitado, o qual envia a anunciar o Evangelho a todos os povos, línguas e nações. Em comunhão com todas as comunidades que celebram hoje esta solenidade, saudemos a Trindade Santa. Em nome do Pai…
Presidente – O Deus da esperança que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco. Bendito seja Deus…
Presidente – Imbuídos pelo Espírito Santo somos capacitados para o anúncio da Boa Notícia, sem temer perseguições, nem morte. Encerramos hoje a semana de Oração pela Unidade dos Cristãos e em comunhão com a Paróquia Divino Espírito Santo em Colatina, que celebra a festa de seu padroeiro, recordemos, neste momento, os acontecimentos da semana que passou. (Recordação da vida).
2. Deus nos perdoa Presidente – Confiantes no amor e na misericórdia do Pai que pela ação do Espírito Santo nos purifica e nos reconcilia, confessemos nossos pecados. (Silêncio). Confesso a Deus todo poderoso…
Presidente – Deus de amor, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza, um dia, à felicidade eterna. Amém.
3. Hino do Glória Presidente – Glorifiquemos ao Deus Trindade por toda a riqueza concedida a nós por meio do Espírito Santo e pela unidade que buscamos construir entre as Igrejas cristãs, cantando.
4. Oração Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus, nesta Solenidade de Pentecostes santificais a vossa Igreja, mulheres e homens de todas as raças e povos, em todas as partes da Terra. Que hoje se veja de novo o que se viu no começo da vida da Santa Igreja: os dons do Espírito Santo enchendo de luz e alegria os corações dos que creem. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
Deus nos fala
5. Leitura dos Atos dos Apóstolos (2, 1-11)
6. Salmo Responsorial (103) (CD Cantando os Salmos – Ano C) Enviai o vosso Espírito, Senhor, e da terra toda face renovai. (bis)
7. Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios (12, 3b-7.12-13)
8. Sequência de Pentecostes
Da Mesa da Palavra, duas pessoas entoam a Sequência de
Pentecostes, conforme o Lecionário.
(CD Envia Teu Espírito, Senhor)
– Espírito de Deus, enviai dos céus um raio de luz!
– Vinde, Pai dos pobres, daí aos corações vossos
sete dons.
– Consolo que acalma, hóspede da alma, doce
alívio, vinde!
– No labor descanso, na aflição remanso, no calor
aragem.
– Enchei, luz bendita, chama que crepita, o íntimo
de nós!
– Sem a luz que acode, nada o homem pode,
nenhum bem há nele.
– Ao sujo lavai, ao seco regai, curai o doente.
– Dobrai o que é duro, guiai no escuro, o frio
aquecei.
– Dai à vossa Igreja, que espera e deseja, vossos
sete dons.
– Dai em prêmio ao forte uma santa morte, alegria
eterna. Amém.
9. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João (20, 19-23)
10. Partilha da Palavra
Nossa resposta
11. Profissão de fé Presidente – Pela graça da fé em Deus, vivemos com Cristo na força do Espírito Santo. Professemos nossa fé, cantando.
12. Preces da Comunidade Presidente – Na certeza de que Deus acolhe nossas preces, elevemos a Ele nosso clamor. A cada pedido responderemos: Enviai-nos, Senhor, o vosso Espírito.
13. Apresentação dos Dons Presidente – Com as palavras de São João Paulo II, vamos elevar a Deus nossa oração, rezando: Vinde, Espírito de amor e paz!
Coleta Fraterna
Ação de Graças
14. Louvação Presidente – Louvemos ao Deus Uno e Trino pelas nossas Comunidades Eclesiais de Base que continuam anunciando o Vosso Reino e Sua misericórdia em nossa caminhada pastoral.
Deus nos faz irmãos
15. Pai Nosso Presidente – A exemplo dos discípulos e Maria, reunidos em oração no dia de Pentecostes, rezemos como Jesus nos ensinou. Pai Nosso…
16. Momento da Paz Presidente – Se nos deixarmos envolver pelo Espírito de Deus a paz se fará presente em nossa vida. Rezemos em silêncio pela paz.
17. Oração Presidente – Oremos -(silêncio) – Ó Deus, vós destes ao povo nesta celebração, Palavra de força e de vida. Dai-nos o vosso Espírito com os seus sete dons, para que a vida da graça nos faça crescer no amor e nos leve a viver unidos, como gente que caminha para a eterna comunhão. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Deus nos envia
18. Bênção
Presidente – Deus, Pai das luzes, que hoje
iluminou os corações dos discípulos, derramando
sobre eles o Espírito Santo, vos conceda a alegria
de vossa bênção e a plenitude dos dons do
mesmo Espírito. Amém.
– Aquele fogo, descido de modo admirável sobre
os discípulos, purifique os vossos corações de
todo mal e vos transfigure em sua luz. Amém.
– Aquele que, na proclamação de uma só fé reuniu
todas as línguas, vos faça perseverar na mesma
fé, passando da esperança à realidade. Amém.
– A bênção do Deus que é amor, Pai e Filho e
Espírito Santo, desça sobre vós e permaneça para
sempre. Amém.
– Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Graças
a Deus.
– Cheios do Espírito Santo, proclamai as maravilhas
de Deus. Aleluia!

Meditando a Palavra de Deus
No Pentecostes, o Mistério Pascal é celebrado como um todo (morte, ressurreição, ascensão, envio do Espírito). Com esta solenidade concluímos o Tempo Pascal e somos convidados a acolher o dom total do Espírito na comunidade. É o Espírito que dá a vida, transforma e une a comunidade, nos faz pessoas novas para o serviço da Igreja. Nas relações comunitárias, Ele nos ajuda a superar as indiferenças e nos torna misericordiosos. Que o milagre de Pentecostes, que transformou o medo em testemunho ardoroso das comunidades cristãs comprometidas, aconteça em nossa sociedade. Que a presença do Ressuscitado em nosso meio nos torne artífices da paz e de relações reconciliadas e reconciliadoras. Fortificada pelo Ressuscitado, a Igreja realize a missão que d’Ele recebeu: “Como o Pai me enviou, assim também eu envio a vocês”, sobretudo, na busca do diálogo, do consenso; na busca do autêntico ecumenismo, que vise compreender e viver a unidade na diversidade. Quem garante a ternura e o vigor da missão da Igreja é o Espírito Santo. Que seja retomado o Pentecostes do Vaticano II, Concílio que nos abriu para a Igreja, Povo de Deus, nos abriu para o ecumenismo! Que a festa de Pentecostes nos anime a retomarmos com novo ardor o caminho da evangelização. Evangelizar é muito mais do que mera proclamação do anúncio. É antes um processo de passagem de situações menos humanas para mais humanas, por meio do testemunho, do anúncio, da catequese, da formação teológica, da celebração na liturgia, daquilo que se espera do serviço, em especial aos mais pobres, em espírito de comunhão com os irmãos na fé. Acostumemo-nos a procurar o convívio com o Espírito Santo, que é quem nos há de santificar; a confiar n’Ele, a pedir a sua ajuda, a senti-lo perto de nós. A chama do Espírito Santo transformou totalmente os apóstolos. Que essa chama ilumine e aqueça a nossa vida no caminho da Unidade, do Bem e da Verdade.
Leituras da Semana
2ª feira: Gn 3,9-15.20; At 1,12-14; Sl 86; Jo 19,25-34
3ª feira: 1Rs 17,7-16; Sl 4; Mt 5,13-16
4ª feira: 1Rs 18,20-39; Sl 15; Mt 5,17-19
5ª feira: 1Rs 18,41-46; Sl 64; Mt 5,20-26
6ª feira: 1Rs 19,9a.11-16; Sl 26; Mt 5,27-32
Sábado: At 11,21b-26; 13,1-3; Sl 97; Mt 10,7-13
Domingo: Pr 8,22-31; Sl 8; Rm 5,1-5; Jo 16,12-15

Você pode Gostar de:

27º Domingo do Tempo Comum (02.10)

Ano C – cor verde – 02/10/2022 1. Saudação Presidente – Sejam bem-vindos, todos que …