Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Jubileu prata do Pe. Júlio Paulino

Jubileu prata do Pe. Júlio Paulino

“TU ES SACERDOS IN AETERNUM” (Sl 110, 4)
(Jubileu prata do Pe. Júlio Paulino – Ecônomo da Arquidiocese de Cuiabá)


Este segundo dia da novena, nesta vetusta e histórica Igreja do Bom Despacho, coincide com a comemoração dos 25 de sacerdócio do Pe. Júlio Paulino, do clero Diocesano de Cuiabá. Por isso queremos, nesta celebração eucarística, entoar o TE DEUM dos corações exultantes e agradecidos pelo dom do sacerdócio do querido Pe. Júlio Paulino. O sacerdócio é dom de Deus para toda a Igreja!

O ministério presbiteral é um Sacerdócio participado, pois Jesus é o único e perfeito sacerdote. Portanto, com a sagrada ordenação, P. Júlio foi imortalizado pelo único e eterno sacerdócio de Jesus Cristo, confirmando o que diz o salmista no sacrossanto livro: “Tu és sacerdote eternamente” (SL110,4). Pe. Júlio foi ordenado sacerdote em 31 de Agosto de 1997, pela imposição das mãos do saudoso D. Bonifácio Piccinini. O álbum do seu sacerdócio tem como lema de ordenação: “Não temas! Continua a falar e não te cales, pois estou contigo (AT 18,9-10). Este é seu luminoso programa de vida sacerdotal, que vem pavimentando e energizando o livro da sua vida. No lema diz “não cales”. Sim, Pe. Júlio, Continue, com vibração e coragem, desfraldando a bandeira do evangelho, com entusiasmo santo do ardente apostolado! Toma o evangelho, como jugo suave da lei santa, que deves cumprir, dele vivendo e com ele vivificando, e ensinando as pessoas! Toma o evangelho como um capacete de luz, na cavalaria andante do seu apostolado por Deus e pela Igreja! Como bem disse S. Charles de Foucault, recentemente canonizado: Grita o evangelho com a vida!
Assim proclamou o Divino Mestre: “Se o grão de trigo que cai na terra não morrer, permanecerá só. Mas se morrer, produzirá muito fruto” (Jo 12, 24). Pe. Júlio é esse grão de trigo, revestido e imortalizado pela plenitude do sacerdócio de Cristo, consagrado para ser dispensador das riquezas da graça de Deus e da divina palavra ao povo santo de Deus. Realmente, o ideal de vida apostólica e missionária, parece ter impressionado o Pe. Júlio, o qual deixou a comodidade, o sossego, o aconchego familiar e as futilidades da vida, em vista de uma vida missionária operosa, generosa e dedicada ao povo. Celebrar bodas de prata Numa sociedade marcada pela relativização dos valores éticos, metalizada pelas ânsias da riqueza, pelo materialismo, pelo consumismo, é celebrar a vitória e o triunfo da fé, da fidelidade, da perseverança e da gratuidade.

Portanto, unamo-nos ao Pe. Júlio para, nesta grandiosa sinfonia de afetos e júbilo, louvar e agradecer a Deus pelos 25 anos de vida presbiteral, gastada nesta arquidiocese em diferentes frentes missionárias: Iniciou seu ministério na Paróquia S. Sebastiao-VG (com os Padres Italianos), em seguida foi enviado como formador no seminário C. Rei. Posteriormente, foi nomeado Pároco na Paróquia S. João Bosco, Paróquia Nossa das Brotas (Acorizal), na Paróquia Nossa Senhora do Rosário (Rosário Oeste) e Vigário cooperador da Paróquia Cristo Rei, Coração Imaculado de Maria e agora no Santuário Bom Despacho. Além do apostolado paroquial, Pe. Júlio vem exercendo com lealdade, honestidade e transparência a função de ecônomo da arquidiocese, desde de 2005 e da UNIFAC (Faculdades Católicas), desde 2010. Estas foram as rotas luminosas de sua peregrinação missionária na arquidiocese e no Regional.

Que o Deus altíssimo, fonte de todas as graças e bênçãos, derrame sua generosa bênção e sua confortadora graça sobre o Pe. Júlio, conservando-o firme e fiel no exercício do ministério até o fim! Parabéns Pe. Júlio Paulino e muito obrigado por sua admirável solicitude pastoral nesta arquidiocese e, também, no regional Oeste 2, sobretudo sua dedicação na área administrativa.

Pe. Deusdédit Monge de Almeida

Você pode Gostar de:

Edições CNBB lança o Texto-Base da Campanha da Fraternidade (CF) 2023

Já encontra-se disponível para compra, no site da Edições CNBB, o Texto-Base da Campanha da …