Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia do 26º Domingo Comum 25.09.2022

Liturgia do 26º Domingo Comum 25.09.2022

1.Acolhida
Neste domingo, no Brasil, celebramos o “Dia da Bíblia”. Deixemo-nos iluminar pela Palavra de Deus. A Palavra de Deus ilumina, corrige e abre caminho para nossa Salvação. Deixemos de lado as celebrações lingas e melosas e cultivemos a Palavra de Deus, luminosa e salgada que corrige nossos defeitos e nossa vida superficial e descomprometida com a vida espiritual e eterna! A Palavra de Deus é luz, é sal e é certeza do amor de nosso Deus!

2.Palavra de Deus
Am 6,1ª-4-7 – O profeta Amós era pastor e agricultor, mas conhecia bem as malícias e a vida fácil dos gozadores da Samaria. Anuncia-lhes o fim de sua vida cômoda de gozadores e o caminho do exílio:
1Tm 6,11-16 -“Por isso, Paulo recomenda e elogia o bom comportamento de Timóteo, seu discípulo, inspirado no testemunho do Senhor Jesus. A recomendação não é apenas para Timóteo, mas, hoje, é para nós! A Palavra de Deus, certamente, é atual e eficaz!
Lc 16,19-31 – O Evangelho apresenta-nos dois personagens: o pobre e doente Lázaro e o rico comilão. Ambos morrem, mas o rico vai para a condenação e o pobre Lázaro, para o seio feliz de Abraão. A vida irresponsável, vivida irresponsavelmente neste mundo, não tem desculpas perante o Juiz. A Palavra de Deus (de Moisés e dos profetas), vale para esta vida temporal, pois, estamos em tempo de provação e não de gozação!

3.Reflexão
A Palavra de Deus não é para simples leitura! É convite para conversão. É aviso prévio! É para valer! Jesus derramou todo o seu Sangue para nos resgatar. Custamos o preço alto do Sangue do Filho de Deus! A Palavra de Deus é para ser vivida no dia a dia.
O profeta Amós, criador de gato e plantador de sicômoros, é profeta no Reino do Norte (fora de sua terra). É profeta nas terras ricas da Samaria, contudo, demostra um conhecimento exato dos pecados dos gozadores do Norte. Mas o “bando dos gozadores” será desfeito e marcharão na primeira linha dos desterrados! A misericórdia de Deus é imensa, mas tem seus limites! “Eles exploram o órfão e a viúva… mas Deus confunde o caminho dos maus!… Filho, recorda-te que na vida tiveste prazer de sobra… e Lázaro sofreu privações sem conta, por isso, hoje, ele está na glória e você, no sofrimento! Abraão recorda-lhes (aos irmãos) que ouçam a Palavra de Deus e façam penitência obedecendo aos ensinamentos dos Profetas e dos Antigos. Que os escutem!
Mas, se não escutam a Palavra de Deus em vida é inútil a intervenção de mortos e ressuscitados! É melhor seguir o conselho de Paulo ao discípulo Timóteo: “Homem de Deus, foge das coisas perversas, procura a justiça, a piedade, a fé, o amor, a firmeza, a mansidão Combate o bom combate da fé e conquista a vida eterna! O tempo propício para a salvação é aqui sobre a terra…” Guiemo-nos pela Palavra de Deus enquanto estamos no tempo propício para a salvação
Celebremos esta Eucaristia com a disposição de valorizar sempre mais a Palavra de Deus! Ela nos indica o caminho seguro para o céu. Seguir os caminhos da Palavra de Deus é andar em caminho seguro. Não há erro de destino! Caminhamos na penumbra da fé. É penumbra, mas suficientemente luminosa para não errar no destino. “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida!” A Palavra de Deus é a luz verdadeira; caminhemos à luz da Palavra de Deus!

FREI CARLOS ZAGONEL.

Você pode Gostar de:

Edições CNBB lança o Texto-Base da Campanha da Fraternidade (CF) 2023

Já encontra-se disponível para compra, no site da Edições CNBB, o Texto-Base da Campanha da …