Página Inicial / Notícias / Formação no Regional Oeste 2

Formação no Regional Oeste 2

 

 Aos vinte e cinco dias do mês de maio de dois mil e nove no CENE, às doze horas, com o almoço, deu-se início ao quinto encontro dos secretários e secretárias das cúrias diocesanas e paróquas que compõem Regional Oeste 2 da CNBB. Às catorze horas na sala de palestras teve início dos trabalhos com a acolhida simpática e amiga das Irmãs Discípulas do Divino Pastor, que atualmente residem no CENE e oração inicial coordenada por elas.  Às quinze horas houve a apresentação da Irmã Cleonice, da Congregação das Irmãs Agostinianas, que assessorou o encontro com o Tema Arquivos Paroquiais. Em sua primeira fala, Ir Cleonice, pediu que nos apresentássemos e falássemos de onde víamos. Neste encontro teve representatividade de 8 dioceses do Regional, sendo 1 de Paranatinga, 3 de Cáceres, 2 de Rondonópolis, 3 de Guiratinga, 2 de Sinop, 2 de Barra do Garças, 3 de Diamantino e 2 de Cuiabá.

Em sua primeira colocação Ir Cleonice nos falou das características que nós secretários devemos ter, a saber: ser de confiança, guardar segredo, ser o cartão postal da Paróquia, ser humilde, ser discreto (a), ter organização, ser pontual, ser cordial, falar a mesma linguagem do padre ou bispo e ser uma pessoa de diálogo. Ainda nos falou que toda profissão se exercida por amor é uma vocação.
Ás vinte horas a Ir Maria José das Irmãs Discípulas do Divino Pastor nos apresentou o site do regional e solicitou que as paróquias e dioceses enviassem notícias a serem postadas no mesmo. Assim concluímos esse primeiro dia.
No segundo dia às seis horas e trinta minutos todos despertaram. Às sete horas momento do café da manhã e às oito horas na capela, teve a celebração Eucarística presidida pelo Pe Jair Cardoso. Às nove horas na sala de palestras iniciamos o retiro espiritual dividido em quatro pregações, também orientado pelo Pe Jair Cardoso, sendo a primeira com o tema: Deus é Amor norteada a partir dos textos bíblicos Ex 3, 1-6;  Jo 1, 1-15 e Fl 2, 6-11.  A segunda pregação: Oração, Encontro com Deus, Lc 6, 12-16 ; Mt 6, 7-15, impulsionados pela fala com amor e com oração transformaremos a humanidade. Na terceira pregação refletimos sobre a Eucaristia: A Igreja vive da Eucaristia Mt 26, 26-29; Mc 14, 22-25; Lc 22, 19-29, 1Cor 11, 23-25 e Jo 6. A missa é o céu na terra, sendo a Eucaristia Vida Eterna. A quarta pregação do dia teve como tema: Maria Discípula de Jesus Mensageira do Evangelho, onde os textos norteadores foram: Lc 1, 26-38; Lc 1, 46-52; Jo 2, 1-11 e Jo 19, 25-27. Às dezesseis horas e trinta minutos rezamos o terço e às dezessete horas e trinta minutos iniciamos a Adoração ao Santíssimo presidida pelo Pe Izaias Bernardo. Às dezenove horas e trinta minutos no salão de palestras assistimos ao filme sobre a vida de Santa Terezinha do Menino Jesus. Às vinte e duas horas encerramos os trabalhos deste dia.
No terceiro dia – quarta-feira  despertamos às seis horas e trinta minutos. Às sete horas tivemos café da manhã , logo em seguida iniciamos nossos trabalhos sobre a coordenação da Ir Cleonice, falando sobre a importância de manter em nossas paróquias e cúrias diocesanas os arquivos organizados.Começando explicando a importância da assinatura do pároco nos documentos, como livro de batismo, casamento, certidões. Bem como apresentou os documentos que devem manter nos arquivos paroquiais e o tipo de arquivo a serem usados: Documentos avulsos – circulares do bispo, capelas e comunidades, construções, decretos, normas da diocese etc, devem ser arquivados em pastas suspensas; os livros manuscritos – tombo e de atas, sendo que o livro tombo deve ser registrado os principais acontecimentos na vida paroquial, como o decreto de criação da paróquia, visitas pastorais, festas e quermesses relação das pastorais e movimentos existentes e eventos eclesiásticos marcantes. Enquanto que no livro de atas são registrados os principais assuntos e deliberações realizadas durante as reuniões ordinárias e extraordinárias de uma determinada entidade ou conselho. Documentos impressos e documentos iconográficos (fotografias, filmes e vídeos). Ainda nos deu dicas como armazenar fotos e documentos usando sempre plástico e papel neutro, bem como usar as pastas de arquivos padronizadas e etiquetadas com os nomes do arquivo.   
Quarto dia do encontro às seis horas e trinta minutos despertamos. Ás sete horas o café da manhã, logo em seguida na sala de palestras fizemos a oração da manhã coordenada pela Prelazia de Paranatinga. Às oito horas a Ir Cleonice dividiu em grupos os participantes para por em prática a teoria desenvolvida durante o encontro.
Às dez horas e quinze minutos houve a avaliação do encontro e entrega dos certificados.
Avaliação do encontro e sugestões para os próximos:
No âmbito geral a avaliação do encontro foi boa, a irmã que assessorou o encontro foi muito capaz e com competência desenvolveu o tema.
– Como sugestões apresentamos: que as noites sejam livres, diminuir o tempo do encontro, enviar a programação do encontro com antecedência, bem como com os valores exatos a serem pagos, e que tenha a presença do bispo secretário do regional; sugerimos como tema para o próximo encontro o Código de Direito Canônico  assessorado pelo Pe Paulo Ricardo.   
Onze horas o Pe Izaias Bernardo presidiu a celebração eucarística de encerramento.Foi o que aconteceu que eu Seminarista Douglas S. Araújo secretário do encontro lavrei. 

Você pode Gostar de:

Mutirão de Comunicação 2021

Voltado a refletir sobre os caminhos e as perspectivas das relações entre a Igreja Católica, …