Página Inicial / Animação Litúrgica / 2o Domingo da Páscoa

2o Domingo da Páscoa

ANO XX – Nº 1202 (cor branca ou dourada) – ANO C – 11/04/2010
2º DOMINGO DA PÁSCOA

“COMO O PAI ME ENVIOU, TAMBÉM EU VOS ENVIO!” (Jo 20,21b)
01. ACOLHIDA
Preparar um lugar de destaque para o Círio Pascal próximo à pia batismal ou um recipiente com água benzida na Vigília Pascal. Colocar em lugar de destaque a imagem ou quadro de Jesus Ressuscitado. Antes de iniciar a celebração, cantar de forma orante o refrão abaixo.
CRISTO RESSUSCITOU, O SERTÃO SE ABRIU EM FLOR, DA PEDRA ÁGUA SAIU, ERA NOITE O SOL SURGIU, GLÓRIA AO SENHOR! (2x)
Animador(a) – Irmãos e irmãs, sejam todos bem-vindos! Que a paz de Cristo esteja com todos vocês! Hoje, fazendo memória da Páscoa semanal, o Senhor Ressuscitado nos convida a renovar o nosso compromisso de continuar no seu seguimento e sopra sobre nós o seu Espírito, para sermos no mundo testemunhas da ressurreição.
Animador(a) – A liturgia deste 2º Domingo da Páscoa reflete sobre a perseverança da fé dos cristãos. Uma das maneiras do nosso povo manifestar sua fé são as romarias aos santuários, como acontece, hoje, com a nossa Diocese, na peregrinação ao Convento da Penha. Em comunhão com todos os participantes da romaria, cantemos.
Procissão de entrada como de costume.
02. CANTO INICIAL
1. Por sua morte a morte viu o fim, do sangue derramado a vida renasceu. Seu pé ferido nova estrada abriu e neste homem o homem, enfim, se descobriu.
MEU CORAÇÃO ME DIZ: “O AMOR ME AMOU E SE ENTREGOU POR MIM!” JESUS RESSUSCITOU! PASSOU A ESCURIDÃO, O SOL NASCEU! A VIDA TRIUNFOU: JESUS RESSUSCITOU!
2. “Jesus me amou e se entregou por mim!” Os homens todos podem o mesmo repetir. Não temeremos mais a morte e a dor, o coração humano em Cristo descansou.
Presidente – Celebrando a nossa fé no Cristo Ressuscitado, façamos o sinal que nos reúne como família de Deus, cantando. (à escolha)
03. DEUS NOS PERDOA
Presidente – No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer ao pecado e ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai. (pausa) Confiantes supliquemos.
– Senhor, nossa paz, tende piedade de nós.
SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.
– Cristo, nossa Páscoa, tende piedade de nós.
CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS.
– Senhor, nossa vida, tende piedade de nós.
SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.
Presidente – Deus de infinita bondade, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. AMÉM.
04. ORAÇÃO
Presidente – Ó Deus de eterna misericórdia, que reacendeis a fé do vosso povo na renovação da festa pascal, aumentai a graça que nos destes e fazei que compreendamos melhor o Batismo que nos lavou, o Espírito que nos deu nova vida e o Sangue que nos redimiu. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. AMÉM.
O animador motiva a comunidade para a apresentação do Lecionário.
05. APRESENTAÇÃO DO LIVRO DA PALAVRA
PELA PALAVRA DE DEUS SABEREMOS POR ONDE ANDAR. ELA É LUZ E VERDADE, PRECISAMOS ACREDITAR.
06. LEITURA DOS ATOS DOS APÓSTOLOS (5,12-16)
07. SALMO RESPONSORIAL (117)
DAI GRAÇAS AO SENHOR, PORQUE ELE É BOM! “ETERNA É A SUA MISERICÓRDIA!” (bis)
– A casa de Israel agora o diga: “Eterna é a sua misericórdia!” A casa de Aarão agora o diga: “Eterna é a sua misericórdia!” Os que temem o Senhor agora o digam: “Eterna é a sua misericórdia!”
– “A pedra que os pedreiros rejeitaram, tornou-se agora a pedra angular. Pelo Senhor é que foi feito tudo isso: que maravilhas Ele fez a nossos olhos! Este é o dia que o Senhor fez para nós, alegremonos e nele exultemos!
– Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação, ó Senhor, dai-nos também prosperidade!” Bendito seja, em nome do Senhor, aquele que em seus átrios vai entrando! Desta casa do Senhor vos bendizemos. Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine!
08. LEITURA DO LIVRO DO APOCALIPSE DE SÃO JOÃO (1,9-11a.12-13.17-19)
09. CANTO DE ACLAMAÇÃO
ALELUIA! ALELUIA! ALELUIA! ALELUIA!(bis)
1. “Acreditaste, Tomé, porque me viste. Felizes os que creram sem ter visto!”
10. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO JOÃO
(20,19-31)
11. PARTILHA DA PALAVRA
12. PROFISSÃO DE FÉ
Presidente – No Deus que ressuscitou Jesus Cristo para glória do seu nome e para o bem de sua Santa Igreja, professemos nossa fé, rezando. CREIO EM DEUS PAI…
13. PRECES DA COMUNIDADE
Presidente – Como comunidade que crê na presença do Ressuscitado, elevemos ao Pai nossos pedidos.
– Senhor, protegei o santo padre, o Papa, os bispos, os padres e os diáconos da vossa Igreja, para que sirvam a todos os que procuram a Cristo, ensinando, perdoando e transmitindo a paz. Nós vos pedimos.
– Senhor, libertai-nos do mal, do medo, da incredulidade e tornai-nos cada vez mais testemunhas fieis de Jesus Cristo. Nós vos pedimos.
– Senhor, acompanhai todos os participantes da Romaria Diocesana ao Convento da Penha e fortalecei sua devoção a Maria, modelo de fé e de dedicação ao vosso Reino de amor. Nós vos pedimos.
– Senhor, abençoai a paróquia Nossa Senhora da Penha de Honório Fraga e todas as comunidades que celebram a festa de sua padroeira, para que possam crescer sempre mais como comunidade cristã, na partilha e no serviço aos irmãos. Nós vos pedimos.
Presidente – Acolhei, Pai Santo, os pedidos que vos apresentamos. Por Cristo, nosso Senhor. AMÉM.
14. APRESENTAÇÃO DOS DONS
Animador(a) – A comunidade missionária que formou a Igreja nascente continua em nossas comunidades de hoje. E a nós também Jesus repete as mesmas Palavras que falou aos apóstolos: “Como o Pai me enviou, eu também vos envio”. Envia-nos para levar a paz e o perdão, para libertar da angústia e fazer renascer a esperança, especialmente no meio daqueles onde o sofrimento obscureceu a confiança no Pai. Apresentemos o compromisso de todos os sacerdotes e de todos nós batizados em sermos fieis testemunhas de Jesus Cristo Ressuscitado.
Uma pessoa eleva o Círio Pascal e outra apresenta o cartaz do Ano Sacerdotal, enquanto se canta.
QUERO SER FIEL A DEUS, RESPONDENDO A VOCAÇÃO. QUERO SER JUNTO DO POVO O IRMÃO ENTRE OS IRMÃOS. (bis)
15. CANTO DAS OFERENDAS
(Onde houver Celebração da Palavra)
1. Bendito sejas, ó Rei da glória! Ressuscitado, Senhor da Igreja! Aqui trazemos as nossas ofertas.
VÊ COM BONS OLHOS AS NOSSAS HUMILDES OFERTAS. TUDO O QUE TEMOS SEJA PRA TI, Ó SENHOR!
2. Vidas se encontram no altar de Deus, gente se doa, dom que se imola. Aqui trazemos as nossas ofertas.
3. Irmãos da terra, irmãos do céu, juntos cantemos glória ao Senhor. Aqui trazemos as nossas ofertas.
(Onde houver Celebração Eucarística)
COM O PÃO E COM O VINHO NOSSA OFERTA APRESENTAMOS, NOSSA VIDA E MISSÃO, EM TUA PALAVRA RENOVAMOS.
1. Ofertamos os nossos ouvidos e abrimos o nosso coração pra acolhermos a tua Palavra e sentirmos a transformação.
2. Ofertamos as nossas famílias, onde tua Palavra é luz, juventude, infância, velhice, todo aquele que abraça a cruz.
3. Ofertamos as lutas do povo, seus anseios, amor, doação, que a tua Palavra, Senhor, firme sempre a nossa união.
16. MOMENTO DE LOUVOR
Animador(a) – Ao Deus que fez brotar a vida para a alegria e salvação dos seus filhos e filhas, entoemos nosso louvor.
GLÓRIA, GLÓRIA, GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS E NA TERRA PAZ AOS HOMENS. (bis)
1. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso, nós vos louvamos, nós vos bendizemos, nós vos adoramos, nós vos glorificamos.
2. Nós vos damos graças por vossa imensa glória. Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito. Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai.
3. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica.
4. Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só vós sois o Santo, só vós o Senhor, só vós o Altíssimo, Jesus Cristo. Com o Espírito Santo na glória de Deus Pai.
 
17. PAI NOSSO
Presidente – Rezemos confiantes a oração que o Senhor nos ensinou. PAI NOSSO…
18. ABRAÇO DA PAZ
Animador(a) – No compromisso de levar ao mundo a paz que Jesus veio anunciar, saudemo-nos com um abraço fraterno. (canto à escolha)
19. CANTO DE COMUNHÃO (se houver)
1. Todo aquele que comer do meu corpo que é doado, todo aquele que beber do meu sangue derramado, e crê nas minhas palavras que são plenas de vida, nunca mais sentirá fome e nem sede em sua lida.
EIS QUE SOU O PÃO DA VIDA, EIS QUE SOU O PÃO DO CÉU; FAÇO-ME VOSSA COMIDA, EU SOU MAIS QUE LEITE E MEL.
2. O meu Corpo e o meu Sangue são sublimes alimentos do fraco indigente é vigor, do faminto é o sustento. Do aflito é consolo, do enfermo é a unção, do pequeno e excluído, rocha viva e proteção.
3. Eu sou o caminho, a vida, água viva e a verdade, sou a paz e a luz do mundo, sou a própria liberdade. Sou a Palavra do Pai que entre vós habitou, para que vós habiteis na Trindade onde estou.
4. Eu sou a Palavra viva que sai da boca de Deus, sou a lâmpada para guiar vossos passos, irmãos meus. Sou o rio, eu sou a ponte, sou a brisa que afaga, sou a água, sou a fonte, fogo que não se
apaga.
20. ORAÇÃO
Presidente – Ó Deus, Pai bondoso, alimentados pela vossa Palavra (e pela Comunhão) e animados pela confissão de fé de Tomé, queremos caminhar na fidelidade ao Cristo Ressuscitado, para que possamos construir a paz e merecer as alegrias da vida eterna. Por Cristo, nosso Senhor. AMÉM.
21. NOTÍCIAS E AVISOS
23. BÊNÇÃO
Presidente – Que o Deus todo-poderoso nos abençoe neste tempo pascal e nos proteja contra todo pecado. AMÉM.
– Aquele que nos renova para a vida eterna, pela ressurreição do seu Filho nos enriqueça com o dom da imortalidade. AMÉM.
– E nós que, transcorridos os dias da Paixão do Senhor, celebramos com júbilo o tempo pascal, possamos chegar exultantes à festa das eternas alegrias. AMÉM.
– Abençoe-nos Deus todo-poderoso: PAI E FILHO E ESPÍRITO SANTO. AMÉM.
– Levai a todos a alegria do Senhor Ressuscitado; vamos em paz e o Senhor nos acompanhe.
GRAÇAS A DEUS.
24. CANTO FINAL
PREPARANDO A PARTILHA DA PALAVRA
Aleluia! Hoje é o domingo da fé de Tomé. O Senhor ressuscitado nos convida a renovar nossa fé em vista da missão que ele mesmo nos deixou. Olhando para Jesus, somos levados a renovar nosso compromisso de continuar no seu seguimento, que exige de nós uma fé firme e gestos concretos em favor dos irmãos que mais sofrem. Jesus continua presente em cada ato de amor da comunidade. O evangelho nos fala de Tomé, que teve dificuldade de acreditar e precisou ver e tocar Jesus. Ver para crer continua sendo uma exigência muito forte nos dias de hoje, principalmente quando o povo percebe que já foi enganado muitas vezes. É que o mundo está cheio de discursos vazios que não convencem ninguém. São políticos que prometem e não cumprem, são amigos que não correspondem na hora da necessidade, são namorados que juram fidelidade e acabam decepcionando. Alguns políticos dizem que está tudo bem, mas a gente olha em volta e vê que não é nada disso. Crer em Jesus não é só falar nele; crer é apostar a vida naquilo que ele propôs, mesmo quando não vemos logo um resultado. Ele nos diz que seremos felizes se acreditarmos. Mas também nos convida a levar a outros essa capacidade de crer e viver o evangelho. Jesus disse a Tomé: “Felizes os que acreditaram sem terem visto.” Seria muito bom se ele pudesse olhar para nós e dizer: Felizes os que não me viram na terra, mas acharam essa comunidade que dá testemunho e por isso se abriram para crer. Quem como Tomé que não está presente na comunidade, não pode fazer a experiência do Ressuscitado, não pode ouvir a sua saudação e a sua Palavra, não pode receber a sua paz, o seu perdão, o seu Espírito, não comunga do pão da vida que alimenta nosso espírito? Quando participamos da comunidade, nos fortalecemos com a presença de Jesus Ressuscitado e nos tornamos discípulos missionários do Reino, que Ele veio nos trazer como caminho de salvação.
LEITURAS DA SEMANA:
2ª feira: At 4,23-31; Sl 2; Jo 3,1-8
3ª feira: At 4,32-37; Sl 92; Jo 3,7b-15
4ª feira: At 5,17-26; Sl 33; Jo 3,16-21
5ª feira: At 5,27-33; Sl 33; Jo 3,31-36
6ª feira: At 5,34-42; Sl 26; Jo 6,1-15
Sábado: At 6,1-7; Sl 32; Jo 6,16-21
Domingo: At 5,27b-32.40b-41; Sl 29; Ap 5,11-14; Jo 21,1-19

2º DOMINGO DA PÁSCOA DA      COR BRANCO    CICLO C      ANO IMPAR   
                                   ”DOMINGO DA DIVINA MISERICÓRDIA!”   
Irmãos e irmãs, bem vindos ao encontro de Cristo ressuscitado. Neste segundo Domingo do Tempo Pascal,  celebramos também o “Domingo da Divina Misericórdia”. Somos convocados, portanto, pelo Cristo ressuscitado a acolher a sua presença misericordiosa conduzindo a Igreja nos caminhos do amor e da fraternidade. Cantando.
Ato Penitencial: No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer ao pecado e ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai. (pausa) Confiantes supliquemos.  Cantando.
Glória:  Na alegria de acolher o Senhor ressuscitado que hoje vem ao nosso encontro, cantemos nosso hino de Louvor e nossa glorificação pascal.
Entrada:  A presença de Jesus ressuscitado na celebração confirma nossa fé e garante que jamais estamos sozinhos como colaboradores de Deus, na construção de uma humanidade nova.  Acolhemos com alegria a sua Palavra. Cantando.
Liturgia da Palavra: (At 5, 12-16) O sumário apresenta multidões de homens e mulheres que aderiram ao Senhor pela fé. (in Dehonianos)   
Salmo:  Sl  118(117)   Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! “Eterna é a sua misericórdia!” A casa de Israel agora o diga”: “Eterna é a sua misericórdia”!      Proclamar até o versículo 14
2ª Leitura: (AP 1, 9-19)   São João relata: Ele estava morto, mas agora esta vivo para sempre.
Evangelho:  (Jo 20, 19-31)  Acreditaste, Tomé, porque me viste. Felizes os que acreditaram sem ter visto. 
Aclamação ao Evangelho:  Aclamemos a boa nova cantando….  
Preces da Comunidade:
Ofertório: – “Como o Pai me enviou, eu também vos envio”. Envia-nos para levar a paz e o perdão, para libertar da angústia e fazer renascer a esperança, especialmente no meio daqueles onde o sofrimento obscureceu a confiança no Pai. Apresentemos o compromisso de todos os sacerdotes e de todos nós batizados em sermos fieis testemunhas de Jesus Cristo Ressuscitado.    (motivar a oferta)  Cantando.
Comunhão Cantar o encontro com o Senhor ressuscitado é reconhecer sua presença, mesmo sem ver, no pão e no vinho eucaristizados. É reconhecer, pela fé, sem exigir provas, que através da Eucaristia participamos de um encontro pessoal com o Senhor que ressuscitou. Cantemos.
Mensagem Final:  Aleluia! Hoje é o domingo da fé de Tomé. O Senhor ressuscitado nos convida a renovar nossa fé em vista da missão que ele mesmo nos deixou. Olhando para Jesus, somos levados a renovar nosso compromisso de continuar no seu seguimento, que exige de nós uma fé firme e gestos concretos em favor dos irmãos que mais sofrem. Jesus continua presente em cada ato de amor da comunidade.  Amém!

Você pode Gostar de:

27º Domingo do Tempo Comum (02.10)

Ano C – cor verde – 02/10/2022 1. Saudação Presidente – Sejam bem-vindos, todos que …