Página Inicial / Animação Litúrgica / 2° Domingo do Advento

2° Domingo do Advento

Ano C – XXII – Nº 1363 – 2° Domingo do Advento – cor ou roxa – 09/12/2012
“Todas as pessoas verão a salvação de Deus” (Lc 3,6)
01. ACOLHIDA
Na entrada do templo preparar um bonito painel onde deverá ter: fotos da comunidade com momentos fortes de fé e compromisso com a vida. Junto ao painel um pinheiro ou arbusto verde que deverão permanecer até o final do Advento. Preparar a Coroa do Advento bem bonita com velas verde, roxa, rósea e branca, que deverá ficar em lugar de destaque durante todos os domingos do Advento. Onde for costume,arrumar o presépio e a cada domingo acrescentar as imagens e símbolos para que  a comunidade visualize sinais da aproximação da chegada do Salvador. Para iniciar a celebração, a equipe de canto entoa o refrão:
Senhor, nós te esperamos! Senhor, não tardes mais! Senhor, nós te esperamos, vem logo vem nos salvar! (bis)
Animador(a) – Queridos irmãos e irmãs, é com a alegria da espera do Senhor que os acolhemos
para celebrar o mistério de nossa fé e a vida em comunidade. Nesta celebração, veremos que Jesus vem para salvar e alegrar seu povo, vem orientar nossos passos no Caminho que é Ele mesmo, e nos ajudar a fazer de nossa terra, uma casa de irmãos. Ele nos convida a nos levantar e perceber que a libertação está próxima. Na expectativa da vinda do Salvador, alegres cantemos.
Procissão de entrada como de costume.
02. CANTO INICIAL
O Senhor vem ao nosso encontro, o Senhor vem nos libertar! O Senhor vem ao nosso encontro!
1 – Todo espaço vazio do coração seja pleno de luz e de alegria. Todo ódio transforme-se em perdão, toda treva se torne luz do dia.
2 – Todo pranto em sorriso se transforme, o convívio domine a solidão. Vida nova desperte o amor que dorme, pois Jesus vem trazer a salvação.
3 – Cantem todos um hino de louvor, aclamando o Menino de Belém. Todo o povo receba o seu
pastor a guiar nos caminhos para o bem.
Presidente – Cheios de esperança com a vinda do Salvador, façamos o sinal de nossa fé. Em nome do Pai…
Presidente – A graça de Deus Criador, o amor de Jesus Salvador, a luz e a força do Espírito Santificador estejam sempre convosco. Bendito seja Deus…
Animador(a) – A segunda vela lembra a fé dos patriarcas e de São João Batista, que anuncia a salvação para todos os povos.Com alegria acendamos a segunda vela da coroa do Advento. Uma pessoa com veste lilás aproxima-se da Coroa do Advento e acende a vela roxa, enquanto se canta.
1 – A segunda vela acesa vem à vida clarear. Rejeitemos, pois, as trevas, é Jesus quem vai chegar.
No advento a tua vinda nós queremos preparar. Vem, Senhor, que é teu Natal, vem nascer em nosso lar. (bis)
03. DEUS NOS PERDOA
Presidente – A conversão consiste em “endireitar” hábitos, atitudes, ações, sentimentos e pensamentos. Aplainar as incoerências entre o pensar, o falar e o agir; é viver as exigências evangélicas do amor solidário, da justiça. Reconheçamos as nossas faltas e abramos o nosso coração para a misericórdia do Pai (pausa).
– Senhor, que vindes visitar vosso povo na paz, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
– Cristo, que vindes salvar o que estava perdido, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós.
– Senhor, que vindes criar um mundo novo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Presidente – Deus, Pai de bondade, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos
conduza à vida eterna. Amém.
04. ORAÇÃO
Presidente – Ó Deus, cheio de misericórdia, nós vos pedimos que nenhuma atividade terrena nos
impeça de correr ao encontro do Vosso Filho, mas, instruídos pela Vossa sabedoria, participemos da plenitude de sua vida. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
Enquanto a assembleia senta-se, sem nenhum comentário, a equipe de canto entoa o refrão abaixo, e em seguida o(a) leitor(a) proclama a leitura.
É uma luz tua Palavra, é uma luz para mim, Senhor! Brilhe esta luz, tua Palavra, brilhe esta
luz em mim, Senhor! (bis)
05. LEITURA DO LIVRO DO PROFETA BARUC (5, 1-9)
06. SALMO RESPONSORIAL (125)
Maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria! (bis)
– Quando o Senhor reconduziu nossos cativos, parecíamos sonhar; encheu-se de sorriso nossa boca, nossos lábios, de canções.
– Entre os gentios se dizia: “Maravilhas fez com eles o Senhor!” Sim, maravilhas fez conosco o
Senhor, exultemos de alegria!
– Mudai a nossa sorte, ó Senhor, como torrentes no deserto. Os que lançam as sementes entre
lágrimas, ceifarão com alegria.
– Chorando de tristeza sairão, espalhando suas sementes; cantando de alegria voltarão, carregando os seus feixes!
07. LEITURA DA CARTA DE SÃO PAULO AOS FILIPENSES (1, 4-6.8-11)
08. CANTO DE ACLAMAÇÃO
Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia!
1 – Preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas. Toda a carne há de ver, a salvação do
nosso Deus.
09. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO LUCAS (3, 1-6)
10. PARTILHA DA PALAVRA
11. PROFISSÃO DE FÉ
Presidente – No Deus que nos chama à conversão e ao arrependimento, professemos nossa fé.
Creio em Deus Pai…
12. PRECES DA COMUNIDADE
Presidente – Elevemos ao Pai nossas preces na certeza de sermos atendidos. Após cada pedido,
rezemos: Senhor, escutai a nossa prece e convertei-nos.
– Senhor, iluminai o Papa Bento XVI, os bispos, presbíteros, diáconos, religiosos(as) e os leigos(as) para que a exemplo dos profetas, sejam anunciadores do vosso projeto de amor e de paz e denunciadores de tudo que impede esta realização. Nós vos pedimos.
– Senhor, acompanhai todos os grupos e famílias para que possam se preparar bem para celebrar o Natal por meio da oração, da partilha, da solidariedade, da reconciliação e por intermédio da novena do Natal. Nós vos pedimos.
– Senhor, abençoai todas as pessoas que irão colaborar com a Campanha de Evangelização no
próximo domingo, trazendo sua oferta generosa, para que a vossa Palavra continue sendo anunciada no Brasil e no mundo. Nós vos pedimos.
– Senhor, animai a Paróquia Santa Luzia de Pancas, e todas as comunidades que celebram sua
padroeira para que, sejam cada vez mais fiéis aos ensinamentos de Jesus. Nós vos pedimos.
Presidente – Acolhei, Pai Santo, os pedidos dos vossos filhos e filhas aqui reunidos. Por Cristo,
nosso Senhor. Amém.
13. APRESENTAÇÃO DOS DONS
Este momento é próprio para a Celebração da Palavra.
Animador(a) – Neste domingo, a voz de João Batista continua clamando no deserto de nossa realidade, convidando-nos à conversão e nos preparando para escutar a voz do Senhor: Andamos  ainda por caminhos tortuosos de injustiça, corrupção e violência. Em nosso meio são visíveis os sinais do Reino sonhado por Deus. Apresentemos ao Senhor os fatos, as ações e os gestos realizados em nossa comunidade que manifestam os sinais da vinda do Salvador.
Utilizando-se do pinheiro e/ou arbusto verde na entrada do templo, pendurar nele faixas contendo os gestos, as ações ou fatos realizados pela comunidade durante esse ano, em favor da vida.
A nossa oferta trazemos no altar, te pedimos, vem nos libertar. (bis)
14. CANTO DAS OFERENDAS
(Celebração da Palavra)
Nesta prece, Senhor, venho te oferecer o crepitar da chama, a certeza de dar.
1 – Eu te ofereço o sol que brilha forte. Te ofereço a dor do meu irmão! A fé na esperança e o meu
amor!
2 – Eu te ofereço as mãos que estão abertas, o cansaço do passo mantido, meu grito mais forte de louvor!
3 – Eu te ofereço o que vi de belo no interior dos corações. A coragem de me transformar.
(Celebração Eucarística)
A nossa oferta apresentamos no altar e te pedimos: vem Senhor, nos libertar!
1 – A chuva molhou a terra, o homem plantou um grão, a planta deu flor e frutos, do trigo se fez o
pão.
2 – O homem plantou videiras, cercou-as com seu carinho, da vinha brotou a uva, da uva se fez o
vinho.
3 – Os frutos de nossa terra e as lutas dos filhos teus, serão, pela tua graça, pão vivo que vem dos céus.
4 – Recebe, Pai, nossas vidas, unidas ao pão e ao vinho, e vem conduzir seu povo guiando-o no teu caminho.
PAI NOSSO
Presidente – Com fé e confiança rezemos ao Pai que nos enviou seu Filho para nos ensinar o
caminho da vida em plenitude. Pai Nosso…
17. MOMENTO DA PAZ
Animador(a) – A verdadeira paz está em Jesus que vem. Para vivenciá-la, devemos seguir os ensinamentos de Cristo. Rezemos em silêncio pela paz.
Durante o Advento pode-se omitir o abraço da paz, para realizá-lo com mais alegria no Natal.
18. CANTO DE COMUNHÃO (se houver)
Vem Senhor, vem salvar teu povo, neste pão sinal do teu carinho. Deus conosco, Jesus
Salvador, pra mostrar-nos um novo caminho.
1 – Vem, Senhor, saciar nossa fome, para sermos um povo no amor, vem tirar o mal que consome, tua gente que vive na dor.
2 – Vem, Senhor, saciar nossa sede, de carinho, paz e justiça, entre nós arme sua rede, não nos deixe à mercê da cobiça.
3 – Vem, Senhor, saciar o desejo, de vivermos num mundo de irmãos, que será para nós um
lampejo, do que tens preparado então.
4 – Vem, Senhor, saciar nosso sonho, nós queremos o teu Salvador, para a terra da tua promessa,ser mostrar o caminho, ao teu povo esperando a luz, neste pão alimento e no vinho, sangue, vida, queremos Jesus.
19. ORAÇÃO
Presidente – Ó Deus, alimentados pelo Pão da Palavra (e da Comunhão), nós vos suplicamos que nos ensineis a julgar com sabedoria os valores terrenos e colocar nossas esperanças nos bens eternos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
20. NOTÍCIAS E AVISOS
(Ler este aviso com bastante expressão.)
– Próximo domingo: devolver o envelope da Campanha para a Evangelização. Sejamos solidários e generosos neste gesto de partilha! O resultado da coleta ajudará a sustentar a ação evangelizadora da Igreja no Brasil e será assim destinado: 45% ficam na Diocese; 20% vão para o Regional da CNBB; 35% para a CNBB Nacional.
Após a bênção, entregar os envelopes da Campanha para a Evangelização.
21. BÊNÇÃO
Presidente – Que o Deus onipotente e misericordioso vos ilumine com o advento do seu Filho, em cuja vinda credes e cuja volta esperais, e derrame sobre vós as suas bênçãos. Amém.
– Abençoe-vos o Deus todo-poderoso: Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
– Ide em paz e o Senhor nos acompanhe. Graças a Deus.
22. CANTO FINAL
Como o sol nasce da aurora, de Maria nascerá aquele que a terra seca em jardim converterá.
Ó Belém, abre teus braços ao Pastor que a ti virá. Emanuel, Deus conosco, vem ao nosso
mundo, vem!
1 – Vem teu rebanho salvar, mostra o amor que lhe tens! Emanuel, Deus conosco, vem ao nosso
mundo, vem!
PREPARANDO A PARTILHA DA PALAVRA
A primeira leitura é uma mensagem de esperança endereçada a Jerusalém despojada de seus filhos. O texto recorda uma fase trágica na história do povo de Deus, quando estava cativo na Babilônia, mas mostra, também, a festa triunfal do retorno do povo de Deus do exílio. Jerusalém é chamada por Deus de “Paz na Justiça e Glória na Piedade”, revelando, assim que na nova comunidade que será instaurada, as relações humanas serão fundadas na justiça e voltadas para a paz. Deus mesmo “mandou abaixar os montes, as colinas, encher os vales, até aplainar o solo, para que Israel caminhe com segurança”. Ele é muito misericordioso e cheio de justiça! Sua bondade é maior que todas as crises e tragédias humanas. Na segunda leitura, Paulo faz um pedido a Deus para que o amor dos filipenses cresça sempre mais, em todo o conhecimento. O apóstolo agradece a Deus por ver a comunidade, por ele fundada, assumir a sua causa, solidário com ele, certamente também nos momentos difíceis e de sofrimento. Podemos ver que, em sua oração, o Apóstolo se preocupa com o bem de todos, não, pois, voltado para si mesmo. Assim ele ensina à comunidade a continuar sempre solidária com todos os sofredores. Preparar os caminhos do Senhor, preparar para a sua vinda, com decisiva conversão, eis o apelo de Deus para nós, hoje. João Batista percorre toda a região do Jordão, obedecendo ao chamado de Deus. Sua missão é narrada com referências à profecia de Isaías. São Lucas faz a ligação entre o precursor e todos os que antes dele prepararam o caminho do Senhor. Na missão de precursor do Messias, figura central do Advento, João nos convida a endireitar a vida em fidelidade ao projeto de Deus. Por sua coragem, sua pobreza radical, pela vida contemplativa e experiência de Deus no deserto, João Batista nos chama à conversão, para que toda a humanidade “veja a salvação de Deus”. É dentro de nossa realidade concreta que Deus nos chama a viver seu projeto, a “vestir o manto da justiça e da misericórdia”, a deixar as marcas de nossa passagem, respondendo ao apelo do Espírito. Sua Palavra hoje questiona a nossa vida pessoal, critica o jeito da sociedade se organizar, exige que se trabalhe pela justiça, pelo direito de todos, preparando a chegada do Reino de Deus. A voz de João Batista continua clamando no deserto de nossa realidade, convidando-nos à Conversão. O que cada um de nós está fazendo em preparação para a chegada do Salvador?
LEITURAS DA SEMANA
2ª feira: Is 35,1-10; Sl 84; Lc 5,17-26
3ª feira: Is 40,1-11; Sl 95; Mt 18,12-14
4ª feira: Gl 4,4-7; Sl 95; Lc 1,39-47
5ª feira: Is 41,13-20; Sl 144; Mt 11,11-15
6ª feira: Is 48,17-19; Sl 1; Mt 11,16-19
Sábado: Eclo 48,1-4.9-11; Sl 79; Mt 17,10-13
Domingo: Sf 3,14-18a; Is 12,2-6; Fl 4,4-7; Lc 3,10-18

Você pode Gostar de:

16º Domingo do Tempo Comum (18.07)

16º Domingo do Tempo Comum Ano B – cor verde – 18/07/2021 1. Saudação Presidente …