Página Inicial / Animação Litúrgica / FESTA DO BATISMO DO SENHOR

FESTA DO BATISMO DO SENHOR

Ano A – XXIV – Nº 1431 – cor branca ou dourada – 12/01/2014
FESTA DO BATISMO DO SENHOR
“ESTE É MEU FILHO AMADO, NO QUAL EU PUS O MEU AGRADO” Mt 3,17
01. ACOLHIDA
Na entrada do templo, preparar um espaço bem bonito com os símbolos e objetos litúrgicos usados no Sacramento do Batismo, assim como o material dos encontros de preparação dos pais e padrinhos. Antes de iniciar, entoar o canto.
Batiza-me, Senhor, no teu Espírito. (3x) Batiza-me, batiza-me, Senhor. E deixa-me sentir teu fogo de amor, aqui no coração, Senhor. (bis)
Inunda-me… Transforma-me… Lava-me… Ilumina-me.
Animador(a) – Amados irmãos e irmãs, paz e bem da parte de nosso Senhor Jesus Cristo para todos vocês que vieram participar da páscoa semanal neste encontro em comunidade. Nós os acolhemos com muita alegria e carinho, bem-vindos! A Festa do Batismo do Senhor encerra o ciclo litúrgico do Natal. Ela faz a transição para a primeira parte do Tempo Comum que iniciaremos logo a seguir. Nesta festa, revivemos e reanimamos nosso dom batismal que nos tornou filhos e filhas amados do Pai e nos fez olhar os outros como irmãos, formando a grande família de Deus. Felizes por estarmos reunidos na casa do Pai, cantemos.
Procissão de entrada como de costume.
02. CANTO INICIAL
Vimos te louvar em Tua casa, ó Senhor. Somos a família que Teu Filho congregou.
1 – Teu povo, Tua família vem hoje, com gratidão, louvar Teu nome santo, unidos na adoração.
2 – Cantamos a Tua graça, o Teu infinito amor. A prece de nossas vidas, em casa já começou.
3 – Começa em nossa casa a vida em fraternidade. Possamos com Tua graça, vivê-la na liberdade.
Presidente – Recordando o nosso batismo, tracemos sobre nós o sinal da nossa fé, cantando. (à escolha)
Presidente – O Senhor que encaminha os nossos corações para o amor de Deus e a constância de Cristo esteja convosco. Bendito seja Deus…
03. ASPERSÃO
Presidente – Hoje, recordando o memorial do batismo do Senhor e de seu mergulho em nossa humanidade, peçamos a bênção de Deus sobre esta água, para que todos nós que fomos batizados, sejamos confirmados por sua graça e misericórdia.
Um membro da Pastoral do Batismo ou o ministro apresenta o recipiente com água e o presidente faz a oração. Em seguida, enquanto se canta, fazer a aspersão sobre a assembleia.
Presidente – Que esta água, ó Pai, recorde para nós o batismo do Senhor e seu mergulho em nossa humanidade. E teu povo passe da morte para a vida, e escolha a graça do teu Espírito que manifesta a tua misericórdia. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
1 – Batismo é como outro nascimento, que faz a gente filho de Deus. Por isso posso, sem medo, dizer: “Pai nosso, que estais nos céus”.
Água dos mares, água da chuva, água dos rios, água dos céus! Deus fez a água ser mãe da vida, n’água nascemos filhos de Deus.
2 – Batismo é como um mergulho santo nas águas vivas de uma piscina, que limpa as almas de toda mancha e embebe a gente em vida divina.
3 – Batismo é sério e nos compromete com todo o povo que a Igreja é; nossa missão é mostrar ao mundo que vale a pena ter nossa fé.
Presidente – Deus de bondade, perdoe os nossos pecados na vossa imensa misericórdia e nos conduza à vida plena. Amém.
HINO DO GLÓRIA
Presidente – Glorifiquemos ao Pai pelas pessoas que vivem fielmente o seu batismo, cantando.
Glória, glória, anjos no céu cantam todos seu amor! E na terra, homens de paz: “Deus merece o louvor!”
1 – Deus e Pai nós vos louvamos, adoramos bendizemos, damos glória ao vosso nome, vossos dons agradecemos!
2 – Senhor nosso, Jesus Cristo, Unigênito do Pai, Vós, de Deus Cordeiro Santo, nossas culpas perdoai!
3 – Vós que estais junto do Pai, como nosso intercessor, acolhei nossos pedidos, atendei nosso clamor!
4 – Vós somente sois o Santo, o Altíssimo, o Senhor, com o Espírito divino, de Deus Pai no esplendor!
ORAÇÃO
Presidente – Deus de amor, sendo o Cristo batizado no Jordão, e pairando sobre Ele o Espírito Santo, o declarastes solenemente vosso Filho, concedei aos vossos filhos adotivos, renascidos da água e do Espírito Santo, perseverar constantemente em vosso amor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
05. APRESENTAÇÃO DO LIVRO DA PALAVRA
Luz do universo, ó Deus da vida, escutaremos tua Palavra, seja hoje bênção pra toda terra, e a nós confirme a graça. (bis)
06. LEITURA DO LIVRO DO PROFETA ISAÍAS (42, 1-4.6-7)
07. SALMO RESPONSORIAL (28)
Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo! (bis)
– Filhos de Deus, tributai ao Senhor, tributai-lhe a glória e o poder! Dai-lhe a glória devida ao seu nome; adorai-o com santo ornamento!
– Eis a voz do Senhor sobre as águas, sua voz sobre as águas imensas! Eis a voz do Senhor com poder! Eis a voz do Senhor majestosa.
– Sua voz no trovão reboando! No seu templo os fiéis bradam: “Glória!” É o Senhor que domina os dilúvios, o Senhor reinará para sempre!
08. LEITURA DOS ATOS DOS APÓSTOLOS (10, 34-38)
09. CANTO DE ACLAMAÇÃO
Aleluia, Aleluia, Aleluia, Aleluia! (bis)
1 – Abriram-se os céus e fez-se ouvir a voz do Pai: eis meu Filho muito amado; escutai-o, todos vós! 10. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO MATEUS (3, 13-17)
11. PARTILHA DA PALAVRA
12. PROFISSÃO DE FÉ
Presidente – Nosso batismo é realizado em nome da Trindade Santa. Renovemos nossas promessas batismais e a profissão de fé.
Presidente – Para viver na liberdade de filhos de Deus, renunciais ao pecado?
Ass.: RENUNCIO.
Presidente – Para viver como irmãos e irmãs, renunciais a tudo o que vos possa desunir, para que o pecado não domine sobre vós?
Ass.: RENUNCIO.
Presidente – Para seguir Jesus Cristo, renunciais ao demônio e a todas as suas obras e seduções?
Ass.: RENUNCIO.
Presidente – Credes em Deus Pai todo poderoso, Criador do céu e da terra?
Ass.: CREIO.
Presidente – Credes em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que nasceu da Virgem Maria, padeceu e foi sepultado, ressuscitou dos mortos e subiu ao céu?
Ass.: CREIO.
Presidente – Credes no Espírito Santo, Senhor e fonte da vida?
Ass.: CREIO.
Presidente – Credes na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados na ressurreição dos mortos e na vida eterna?
Ass.: CREIO.
Presidente – Esta é a nossa fé, que da Igreja recebemos e sinceramente professamos, razão de nossa alegria em Cristo nosso Senhor.
Ass.: AMÉM.
13. PRECES DA COMUNIDADE
Presidente – Confiantes na bondade do Pai, façamos os pedidos da nossa comunidade. A cada prece cantemos: Ouvi, Deus de amor, o nosso clamor.
– Deus da vida, abençoai a caminhada da nossa Igreja para que ela sempre nos oriente no seguimento a Jesus Cristo, vivendo nossa missão batismal. Nós vos pedimos.
– Deus da vida, iluminai a Pastoral do Batismo e os ministros instituídos para que realizem um trabalho sério de evangelização com os pais e padrinhos na preparação para o Sacramento do Batismo. Nós vos pedimos.
– Deus da vida, despertai em todos nós, a necessidade de estarmos sempre a serviço dos irmãos, em especial, os mais necessitados. Nós vos pedimos.
– Deus da vida, atendei nossos pedidos: pela saúde dos enfermos, pelos dizimistas, pelos aniversariantes, pelos falecidos e por todos os motivos que queremos rezar neste dia os quais estão no silêncio dos nossos corações. Nós vos pedimos.
Presidente – Deus da vida, acolhei com bondade os pedidos que confiantes vos apresentamos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
14. APRESENTAÇÃO DOS DONS
Animador(a) – O batismo na vida do cristão é o ponto inicial de toda caminhada da vida cristã. Morrendo com Cristo para nossa condição de pecadores, recebemos o Espírito da vida nova e assumimos o projeto e a missão de Jesus. Apresentemos ao altar do Senhor, a nossa caminhada cristã que perpassa todos os Sacramentos: Batismo, Eucaristia, Crisma, Matrimônio, Unção dos Enfermos, Reconciliação ou Penitência e Sacramento da Ordem. No compromisso de sermos luz no meio em que vivemos testemunhando o Cristo crucificado e ressuscitado, sinal de nossa salvação, cantemos.
Durante o comentário entra um membro da equipe do batismo com um bebê, uma criança, um crismando, um casal com um par de alianças, um idoso, um membro com uma estola. Formam um semi-círculo ao redor do altar, enquanto se canta.
Brilhe a vossa luz, brilhe para sempre, sejam luminosas vossas mãos e as mentes. Brilhe a vossa luz, brilhe a vossa luz! (bis)
1 – A vossa luz é o Cristo que dentro em vós está: Via, Verdade e Vida, Ele vos guiará!
15. CANTO DAS OFERENDAS
1 – Bendito és Tu, ó Deus Criador, revestes o mundo da mais fina flor; restauras o fraco que a Ti se confia e junto aos irmãos, em paz, o envias.
Ó Deus do universo, és Pai e Senhor, por tua bondade recebe o louvor!
2 – Bendito és Tu, ó Deus Criador, por quem aprendeu o gesto de amor: colher a fartura e ter a beleza de ser a partilha dos frutos na mesa!
PAI NOSSO
Presidente – O Senhor nos comunicou o seu Espírito. Com a confiança e a liberdade de filhos e filhas, rezemos a oração da fraternidade. Pai Nosso…
18. ABRAÇO DA PAZ
Animador(a) – Somente uma pessoa feliz pode fazer os outros felizes, experimentando dessa forma a paz. Saudemos nosso(a) irmão(ã) com um abraço fraterno. (à escolha)
19. CANTO DE COMUHÃO (se houver)
1 – O pão sofrido da terra na mesa da refeição, o pão partido na mesa se torna certeza e se faz comunhão. O corpo do meu Senhor é força viva de paz. (bis)
2 – Vinho de festa e alegria é vida no coração. Vinho bebido na luta se torna conduta de libertação. O sangue do meu Senhor é força viva de paz. (bis)
3 – Palavra vinda do Reino na boca de cada irmão. Palavra que fortalece anima e esclarece a nossa união. Palavra do meu Senhor é força viva de paz. (bis)
4 – Flores dos jardins, dos campos sorriso exposto no altar. Flores molhadas no pranto de quem deu a vida pra vida mudar. A vida de quem tombou é força viva de paz. (bis)
5 – Água trazida da fonte matando a sede que mata. Água da chuva no chão traz vida e traz pão pra gente e pra mata. Água da vida, Jesus é força viva de paz. (bis)
6 – Ceia Sagrada Aliança, Ato supremo do Amor. Ceia encontro e esperança de Jesus com a gente transformando a dor. A ceia do meu Senhor é força viva de paz. (bis)
20. ORAÇÃO
Presidente – Nutridos pela vossa Palavra (e pela Comunhão), dai-nos, ó Pai, a graça de ouvir fielmente o vosso Filho amado, para que, chamados filhos de Deus, nós o sejamos de fato. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
21. NOTÍCIAS E AVISOS
22. BÊNÇÃO
Presidente – Concedei, ó Deus, ao povo cristão, conhecer a fé que professa e amar a liturgia que celebra. Amém.
– Abençoe-vos o Deus que é Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
– Ide em paz realizando a vossa missão de testemunhar Jesus Cristo na companhia do Senhor. Graças a Deus.
23. CANTO FINAL
1 – Pelo Batismo recebi uma missão: vou trabalhar pelo Reino do Senhor. Vou anunciar o Evangelho para os povos, vou ser profeta, sacerdote, rei, pastor. Vou anunciar a Boa-Nova de Jesus: como profeta recebi uma missão. Onde eu for serei fermento, sal e luz, levando a todos a mensagem do cristão.
PARTILHA DA PALAVRA
Vivemos num mundo desafiador. Palavras isoladas não convencem. Há muitas vozes gerando uma grande gritaria onde a Palavra de Deus, que dá sentido à vida da gente, quase se perde ou não se ouve. Vendo Jesus que, depois de seu batismo, torna público seu testemunho de parceiro dos pobres na história, somos chamados a segui-lo, transformando nossas palavras e boas intenções em gestos concretos de vida e esperança. Assumir o nosso batismo é buscar com perseverança a mesma coerência presente entre as palavras e a prática de Jesus. É tarefa nossa ajudar a todos os nossos irmãos e irmãs a descobrir que o batismo nos insere numa grande família. Por meio dela poderemos descobrir o sentido da vida, tão nebuloso nos dias de hoje. Nós fomos batizados no Espírito e enxertados em Cristo. Mortos ao pecado e ressuscitados em Cristo. Ser cristão significa descobrir em Jesus o grande amor do Pai que o envia ao mundo e acreditar na força do espírito que age por intermédio de suas obras. Ser cristão significa ainda receber o Espírito de Jesus, como a verdade definitiva e juízo de Deus sobre a história. O cristão encontra no Servo a dinâmica para sua vida e o conteúdo de sua missão. O batismo de Jesus foi um ato de solidariedade com essa gente excluída. Eles se achegavam a João, acreditando receber a purificação que o sistema de sacrifícios do templo não permitia. A revelação feita sobre Jesus no momento do batismo (pomba-Espírito e voz-Pai) é a confirmação de que Ele tem uma missão especial nessa realidade em que vive. Nosso batismo nos coloca no grupo de Jesus, a serviço da mesma missão. Com Ele os céus se abriram, a esperança voltou, a presença de Deus alimenta a fé no que parece impossível. A missão é grande. Abrange a terra inteira, e não estará completa enquanto a humanidade toda não encontrar o caminho do Pai. Mas se a missão é grande, maior é a esperança naquele que mantém os céus abertos e nos chama de filhos. O batismo constitui uma revelação ou Epifania de Deus em Jesus Cristo. Jesus é o representante no mundo, o primogênito, a pedra angular, mediador, sacerdote. Jesus é chamado de Messias, o ungido, pois nele está toda a força de Deus, ou o Espírito de Deus. E nós, como estamos vivendo o nosso batismo?
LEITURAS DA SEMANA
2ª feira: 1Sm 1,1-8; Sl 115; Mc 1,14-20
3ª feira: 1Sm 1,9-20; 1Sm 2,1-8; Mc 1,21b-28
4ª feira: 1Sm 3,1-10.19-20; Sl 39; Mc 1,29-39
5ª feira: 1Sm 4,1-11; Sl 43; Mc 1,40-45
6ª feira: 1Sm 8,4-7.10-22a; Sl 88; Mc 2,1-12
Sábado: 1Sm 9,1-4.17-19;10,1a; Sl 20; Mc 2,13-17
Domingo: Is 49,3.5-6; Sl 39; 1Cor 1,1-3; Jo 1,29-34

Você pode Gostar de:

16º Domingo do Tempo Comum (18.07)

16º Domingo do Tempo Comum Ano B – cor verde – 18/07/2021 1. Saudação Presidente …