Página Inicial / Animação Litúrgica / 5º Domingo do Tempo Comum

5º Domingo do Tempo Comum

DIANTE DO SOFRIMENTO HUMANO, JESUS AGE COM MISERICÓRDIA
08 de fevereiro de 2015 
QUINTO DOMINGO DO TEMPO COMUM
Cor Litúrgica: Verde
Anim.: Meus irmãos, exercendo a autoridade que Lhe vem do Pai, Cristo vence o mal e a dor que nos escravizam e anuncia um mundo novo de liberdade e de vida plena. Fiquemos de pé e iniciemos a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – REFR.: TODA A TERRA TE ADORE, / Ó SENHOR DO UNIVERSO, / OS LOUVORES DO TEU NOME / CANTE O POVO EM SEUS VERSOS! / 1. Venham todos, com alegria, / aclamar nosso Senhor, caminhando ao seu encontro, / proclamando seu louvor. / Ele é o Rei dos reis / e dos deuses o maior. / 2. Tudo é dele: abismos, montes, / mar e terra Ele formou. / De joelhos adoremos / este Deus que nos criou, / pois nós somos seu rebanho / e Ele é nosso Pastor. / 3. Ninguém feche o coração, / escutemos sua voz. / Não sejamos tão ingratos, / tal e qual nossos avós. / Mereçamos o que Ele / tem guardado para nós. / 4. Glória ao Pai que nos acolhe / e a seu Filho Salvador. / Igualmente, demos glória / ao Espírito de Amor. / Hoje e sempre, eternamente, / cantaremos seu louvor.
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
P.: Irmãos eleitos segundo a presciência de Deus Pai, pela santificação do Espírito, para obedecer a Jesus Cristo e participar da bênção da aspersão do seu sangue, graça e paz vos sejam concedidas abundantemente. TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: Irmãos e irmãs, reconheçamos as nossas culpas para celebrarmos dignamente os santos mistérios. (Pausa). Senhor, que viestes salvar os corações arrependidos, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, que viestes chamar os pecadores humilhados, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, que intercedeis por nós, junto a Deus Pai que nos perdoa, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
4. GLÓRIA a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) Velai, ó Deus, sobre a vossa família, com incansável amor; e, como só confiamos na vossa graça, guardai-nos sob vossa proteção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
Anim.: Irmãos, a fé no amor de Deus é a verdadeira resposta para derrotarmos o mal. Ouçamos, com respeito, a Palavra que hoje a Liturgia nos traz.
6. 1ª LEITURA – (Jó 7, 1-4.6-7) – Leitura do livro de Jó.
Jó disse: 1“Não é acaso uma luta a vida do homem sobre a terra? Seus dias não são como dias de um mercenário? 2Como um escravo suspira pela sombra, como um assalariado aguarda sua paga, 3assim tive por ganho meses de decepção, e couberam-me noites de sofrimento. 4Se me deito, penso: Quando poderei levantar-me? E, ao amanhecer, espero novamente a tarde e me encho de sofrimentos até ao anoitecer. 6Meus dias correm mais rápido do que a lançadeira do tear e se consomem sem esperança. 7Lembra-te de que minha vida é apenas um sopro e meus olhos não voltarão a ver a felicidade! Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS
7. SALMO RESPONSORIAL – DO SALMO 146 (147)
REFR.: LOUVAI A DEUS, PORQUE ELE É BOM E CONFORTA OS CORAÇÕES./ 1. Louvai o Senhor Deus, porque ele é bom, / cantai ao nosso Deus, porque é suave:/ ele é digno de louvor, ele o merece! / O Senhor reconstruiu Jerusalém, / e os dispersos de Israel juntou de novo. / 2. Ele conforta os corações despedaçados, / ele enfaixa suas feridas e as cura;/ fixa o número de todas as estrelas / e chama a cada uma por seu nome. / 3. É grande e onipotente o nosso Deus, / seu saber não tem medida nem limites. / O Senhor Deus é o amparo dos humildes, mas dobra até o chão os que são ímpios.
8. 2ª LEITURA – (1 Cor 9, 16-19.22-23) – Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios
Irmãos: 16Pregar o evangelho não é para mim motivo de glória. É antes uma necessidade para mim, uma imposição. Ai de mim se eu não pregar o evangelho! 17Se eu exercesse minha função de pregador por iniciativa própria, eu teria direito a salário. Mas, como a iniciativa não é minha, trata-se de um encargo que me foi confiado. 18Em que consiste então o meu salário? Em pregar o evangelho, oferecendo-o de graça, sem usar os direitos que o evangelho me dá. 19Assim, livre em relação a todos, eu me tornei escravo de todos, a fim de ganhar o maior número possível. 22Com os fracos, eu me fiz fraco, para ganhar os fracos. Com todos, eu me fiz tudo, para certamente salvar alguns. 23Por causa do evangelho eu faço tudo, para ter parte nele. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. CANTO DE ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – REFR.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA. / O Cristo tomou sobre si nossas dores, / carregou, em seu corpo, as nossas fraquezas.
10. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO – (Mc 1, 29-39) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, 29Jesus saiu da sinagoga e foi, com Tiago e João, para a casa de Simão e André. 30A sogra de Simão estava de cama, com febre, e eles logo contaram a Jesus. 31E ele se aproximou, segurou sua mão e ajudou-a a levantar-se. Então, a febre desapareceu; e ela começou a servi-los. 32À tarde, depois do pôr do sol, levaram a Jesus todos os doentes e os possuídos pelo demônio. 33A cidade inteira se reuniu em frente à casa. 34Jesus curou muitas pessoas de diversas doenças e expulsou muitos demônios. E não deixava que os demônios falassem, pois sabiam quem ele era. 35De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus se levantou e foi rezar num lugar deserto. 36Simão e seus companheiros foram à procura de Jesus. 37Quando o encontraram, disseram: “Todos estão te procurando”. 38Jesus respondeu: “Vamos a outros lugares, às aldeias da redondeza! Devo pregar também ali, pois foi para isso que eu vim”. 39E andava por toda a Galileia, pregando em suas sinagogas e expulsando os demônios. Palavra da Salvação.
TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, / Criador do céu e da terra, / e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, / que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, / nasceu da Virgem Maria, / padeceu sob Pôncio Pilatos, / foi crucificado, morto e sepultado; / desceu à mansão dos mortos, / ressuscitou ao terceiro dia, / subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, / donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. / Creio no Espírito Santo, / na Santa Igreja Católica, / na comunhão dos Santos, / na remissão dos pecados, / na ressurreição da carne, / na vida eterna. / Amém.
13. ORAÇÃO UNIVERSAL – P.: Caríssimos irmãos, rezemos pela humanidade inteira, cheia de angústias e tristezas, e, em seu nome, elevemos ao Pai celeste a nossa voz, dizendo com coração sincero: Senhor da vida, atendei-nos!
TODOS: SENHOR DA VIDA, ATENDEI-NOS!
1) Pela Santa Igreja de Deus, para que, anunciando e testemunhando o Evangelho de Jesus, continue ajudando os povos a terem mais vida, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR DA VIDA, ATENDEI-NOS!
2) Pelos médicos e por todos os profissionais da área de saúde, para que sirvam as pessoas com caridade e dedicação, atendendo às necessidades dos enfermos, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR DA VIDA, ATENDEI-NOS!
3) Por todos nós aqui reunidos, para que a Palavra de Deus penetre em nossos corações e nos encoraje a lutarmos cada vez mais em favor dos irmãos mais necessitados, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR DA VIDA, ATENDEI-NOS!
4) Pelos enfermos de nossa comunidade, especialmente por aqueles mais graves, para que o nosso carinho e ajuda solidária possam levar alívio e solução para seus sofrimentos, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR DA VIDA, ATENDEI-NOS!
(Preces Espontâneas):
P.: Deus onipotente e cheio de misericórdia, que em Vosso Filho percorrestes os caminhos dos homens e os libertastes de seus males, ouvi a súplica da Vossa Igreja e socorrei-nos sem demora. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – REFR.: DE MÃOS ESTENDIDAS OFERTAMOS O QUE DE GRAÇA RECEBEMOS. (BIS) / 1. A natureza tão bela, / que é louvor, que é serviço. / O sol que ilumina as trevas, / transformando-as em luz. / O dia que nos traz o pão / e a noite que nos dá repouso. / Ofertamos ao Senhor o louvor da criação. / 2. Nossa vida toda inteira / ofertamos ao Senhor, / como prova de amizade, / como prova de amor. / Com o vinho e com o pão, / ofertamos ao Senhor / nossa vida toda inteira, / o louvor da criação.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Senhor nosso Deus, que criastes o pão e o vinho para alimento da nossa fraqueza, concedei que se torne para nós sacramento da vida eterna. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA V – MR (p. 495) – CEL.: É justo e nos faz todos ser mais santos louvar a vós, ó Pai, no mundo inteiro, de dia e de noite, agradecendo com Cristo, vosso Filho, nosso irmão. É ele o sacerdote verdadeiro que sempre se oferece por nós todos, mandando que se faça a mesma coisa que fez naquela ceia derradeira. Por isso, aqui estamos bem unidos, louvando e agradecendo com alegria, juntando nossa voz à voz dos anjos e à voz dos santos todos, para cantar (dizer):
TODOS: SANTO, SANTO, SANTO…
CEL.: Senhor, vós que sempre quisestes ficar muito perto de nós, vivendo conosco no Cristo, falando conosco por Ele, mandai vosso Espírito Santo a fim de que as nossas ofertas se mudem no Corpo e no Sangue de nosso Senhor Jesus Cristo.
TODOS: MANDAI VOSSO ESPÍRITO SANTO!
CEL.: Na noite em que ia ser entregue, ceando com seus apóstolos, Jesus, tendo o pão em suas mãos, olhou para o céu e deu graças, partiu o pão e o entregou a seus discípulos, dizendo: "TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS". Do mesmo modo, ao fim da ceia, tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente e o entregou a seus discípulos dizendo: "TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA A REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM". Tudo isto é mistério da fé!
TODOS: TODA VEZ QUE SE COME DESTE PÃO, TODA VEZ QUE SE BEBE DESTE VINHO, SE RECORDA A PAIXÃO DE JESUS CRISTO E SE FICA ESPERANDO SUA VOLTA.
CEL.: Recordamos, ó Pai, neste momento, a paixão de Jesus, nosso Senhor, sua ressurreição e ascensão; nós queremos a vós oferecer este Pão que alimenta e que dá vida, este Vinho que nos salva e dá coragem.
TODOS: RECEBEI, Ó SENHOR, A NOSSA OFERTA!
CEL.: E quando recebermos Pão e Vinho, o Corpo e Sangue dele oferecidos, o Espírito nos una num só corpo, para sermos um só povo em seu amor.
TODOS: O ESPÍRITO NOS UNA NUM SÓ CORPO!
CEL.: Protegei vossa Igreja que caminha nas estradas do mundo rumo ao céu, cada dia renovando a esperança de chegar junto a vós, na vossa paz.
TODOS: CAMINHAMOS NA ESTRADA DE JESUS!
CEL.: Dai ao santo Padre, o Papa Francisco, ser bem firme na fé, na caridade, e a Sergio, que é Bispo desta Igreja, muita luz para guiar o seu rebanho.
TODOS: CAMINHAMOS NA ESTRADA DE JESUS!
CEL.: Esperamos entrar na vida eterna com a Virgem, mãe de Deus e da Igreja, São José, seu esposo, os apóstolos e todos os santos que na vida souberam amar Cristo e seus irmãos.
TODOS: ESPERAMOS ENTRAR NA VIDA ETERNA!
CEL.: A todos que chamastes pra outra vida na vossa amizade, e aos marcados com o sinal da fé, abrindo vossos braços, acolhei-os. Que vivam para sempre bem felizes no reino que pra todos preparastes. TODOS: A TODOS DAI A LUZ QUE NÃO SE APAGA!
CEL.: E a nós, que agora estamos reunidos e somos povo santo e pecador, dai força para construirmos juntos o vosso reino que também é nosso. Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre.
TODOS: AMÉM
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – 1. Quando te domina o cansaço/ E já não puderes dar um passo/ Quando o bem ao mal ceder/ E tua vida não quiser/ Ver um novo amanhecer/ Levanta-te e come/ Levanta-te e come/ Que o caminho é longo/ Caminho longo./ REFR.: EU SOU TEU ALIMENTO, Ó CAMINHEIRO/ EU SOU O PÃO DA VIDA VERDADEIRO/ TE FAÇO CAMINHAR, VALE E MONTE ATRAVESSAR/ PELA EUCARISTIA, EUCARISTIA./ 2. Quando te perderes no deserto/ E a morte então sentires perto/ Sem mais força pra subir/ Sem coragem de assumir/ O que Deus de ti pedir/ Levanta-te e come/ Levanta-te e come/ Que o caminho é longo/ Caminho longo./ 3. Quando a dor, o medo, a incerteza/ Tentam apagar tua chama acesa/ E tirar do coração/ A alegria e a paixão/ De lutar, não ser em vão/ Levanta-te e come/ Levanta-te e come/ Que o caminho é longo/ Caminho longo./ 4- Quando não achares o caminho/ Triste e abatido vais sozinho/ O olhar sem brilho e sem luz/ Sob o peso de tua cruz/ Que a lugar nenhum conduz/ Levanta-te e come/ Levanta-te e come/ Que o caminho é longo/ Caminho longo./ 5. Quando a voz do anjo então ouvires/ E o coração de Deus sentires/ Te acordando para o amor/ Renovando teu vigor/ Água e pão, o bem maior/ Levanta-te e come/ Levanta-te e come/ Que o caminho é longo/ Caminho longo.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Ó Deus, vós quisestes que participássemos do mesmo pão e do mesmo cálice; fazei-nos viver de tal modo unidos em Cristo, que tenhamos a alegria de produzir muitos frutos para a salvação do mundo. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
RITOS FINAIS
21. BREVES AVISOS
22. BÊNÇÃO FINAL
LEITURAS DA SEMANA
2ª f. : Gn 1, 1-19; Sl 103 (104), 1-2a. 5-6. 10 e 12. 24.35c (R/. 31b); Mc 6, 53-56.
3ª f.: Sta. Escolástica Vg, mem. Gn 1, 20 – 2, 4ª; Sl 8, 4-5. 6-7. 8-9 (R/. 2a) ; Mc 7, 1-13.
4ª f.: Nossa Senhora de Lourdes, MFac. Gn 2, 4b-9.15-17; Sl 103 (104), 1-2a. 27-28. 29bc-30 (R/. 1a); Mc 7, 14-23.
5ª f.: Gn 2, 18-25; Sl 127 (128), 1-2. 3. 4-5 (R/. cf. 1a); Mc 7, 24-30.
6ª f.: Gn 3, 1-8; Sl 31 (32), 1-2. 5. 6. 7 (R/. 1a); Mc 7, 31-37.
Sab.: S. Cirilo, monge, e S. Metódio B. memória. Gn 3, 9-24; Sl 89 (90), 2. 3-4. 5-6. 12-13 (R/. 1); Mc 8, 1-10.
Primeira Semana do Saltério
Quinto Domingo do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

4º Domingo da Quaresma (21.03)

Ano B – cor roxa – 21/03/2021 1. Saudação Presidente – Irmãos e irmãs em …