Página Inicial / Animação Litúrgica / 4º Domingo do Advento

4º Domingo do Advento

BENDITA AQUELA QUE ACREDITOU

20 de dezembro de 2015 – Nº 4
QUARTO DOMINGO DO ADVENTO – ANO C – SÃO LUCAS
ANO DA MISERICÓRDIA
Cor Litúrgica: roxo
Animador:Irmãos amados, nesta preparação próxima do Natal, nós somos convidados a permanecer na escola de Maria, para que possamos contemplar, com os olhos da fé, a natividade de Cristo, o Verbo que se fez Carne e habitou entre nós. Fiquemos de pé e, com espírito de gratidão, iniciemos a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – REFR.:OUVE-SE NA TERRA UM GRITO, DO POVO UM GRANDE CLAMOR: SENHOR,ABRE OS CÉUS, QUE AS NUVENS CHOVAM O SALVADOR!/

1. É o nosso canto de amor e esperança, que toda a terra proclama também, e a nossa voz não se cansa: Vem, Senhor Jesus, vem!/2. Quando as trevas invadem a terra, e quando muitos um guia nãotêm, o nosso amor sempre espera: Vem, Senhor Jesus, vem!/3. Embora muitos rejeitem o apelo, que toda luz e verdade contém, a Igreja insiste em seu zelo: Vem, Senhor Jesus, vem!/4. Para que o mundo descubra a mensagem, a Boa-Nova da paz e do bem, temos a mesma linguagem: Vem, Senhor Jesus, vem!/5. Vem reunir hoje as tuas Igrejas, a tua prece rezamos também. O nosso amor sempre espere: Vem, Senhor Jesus, vem!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS:AMÉM. P.: O Senhor que encaminha os nossos corações para o amor de Deus e a constância de Cristo esteja convosco!TODOS:BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. COROA DO ADVENTO
Anim.:Acendemos hoje a última vela da Coroa do Advento. Jesus está a caminho de nossa casa. Preparemo-nos de forma imediata para receber Cristo-Luz do mundo em nossos corações e em nossas famílias.
(após acender as velas, o celebrante reza a seguinte oração:)
P.: OREMOS: Senhor, acendemos as velas desta coroa para que possamos preparar nossos corações para o advento do vosso Filho. Protegei-nos dos maus costumes e inflamai nossos corações a uma contínua conversão de vida, para que, servindo a Vós em nossos irmãos, possamos fugir da escuridão do pecado e ir ao encontro do nosso Salvador, Jesus Cristo, que vive e reina na unidade do Espírito Santo.
TODOS: Amém.
4. ATO PENITENCIAL – P.: No início desta celebração eucarística, peçamos a conversão do coração, fonte de reconciliação e comunhão com Deus e com os irmãos e irmãs. Senhor, que viestes ao mundo para nos salvar, tende piedade de nós. TODOS:SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, que continuamente nos visitais com a graça do vosso Espírito, tende piedade de nós. TODOS:CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, que vireis um dia para julgar as nossas obras, tende piedade de nós. TODOS:SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Derramai, ó Deus, a vossa graça em nossos corações para que, conhecendo pela mensagem do Anjo a encarnação do vosso Filho, cheguemos, por sua paixão e cruz, à glória da ressurreição. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
Anim.:Irmãos, o Verbo se faz Carne em nosso meio quando aprendemos a permanecer na escuta de Sua Palavra. Ouçamos, com amor, as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Mq5, 1-4a) – Leitura da Profecia de Miqueias.
Assim diz o Senhor: 1Tu, Belém de Éfrata, pequenina entre os mil povoados de Judá, de ti há de sair aquele que dominará em Israel; sua origem vem de tempos remotos, desde os dias da eternidade. 2Deus deixará seu povo ao abandono, até o tempo em que uma mãe der à luz; e o resto de seus irmãos se voltará para os filhos de Israel. 3Ele não recuará, apascentará com a força do Senhor e com a majestade do nome do Senhor seu Deus; os homens viverão em paz, pois ele agora estenderá o poder até os confins da terra, 4e ele mesmo será a Paz. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (Do Salmo 79/80).
REFR.:ILUMINAI A VOSSA FACE SOBRE NÓS, / CONVERTEI-NOS PARA QUE SEJAMOS SALVOS! / 1. Ó Pastor de Israel, prestai ouvidos. / Vós que sobre os querubins vos assentais, / aparecei cheio de glória e esplendor! / Despertai vosso poder, ó nosso Deus / e vinde logo nos trazer a salvação! / 2. Voltai-vos para nós, Deus do universo! / Olhai dos altos céus e observai. / Visitai a vossa vinha e protegei-a! / Foi a vossa mão direita que a plantou; / protegei-a, e ao rebento que firmastes! / 3. Pousai a mão por sobre o vosso Protegido, / o filho do homem que escolhestes para vós! / E nunca mais vos deixaremos, Senhor Deus! / Dai-nos vida, e louvaremos vosso nome!
8. 2ª LEITURA (Hb 10, 5-10) – Leitura da Carta aos Hebreus.
Irmãos: 5Ao entrar no mundo, Cristo afirma: “Tu não quiseste vítima nem oferenda, mas formaste-me um corpo. 6Não foram do teu agrado holocaustos nem sacrifícios pelo pecado. 7Por isso eu disse: ‘Eis que eu venho. No livro está escrito a meu respeito: Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade’”. 8Depois de dizer: “Tu não quiseste nem te agradaram vítimas, oferendas, holocaustos, sacrifícios pelo pecado” – coisas oferecidas segundo a Lei – 9ele acrescenta: “Eu vim para fazer a tua vontade”. Com isso, suprime o primeiro sacrifício, para estabelecer o segundo. 10É graças a esta vontade que somos santificados pela oferenda do corpo de Jesus Cristo, realizada uma vez por todas. Palavra do Senhor.TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. CANTO DE ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA!Eis a serva do Senhor; cumpra-se em mim a tua palavra!
10. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO – (Lc1, 39-45)- P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.:39Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judeia. 40Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.41Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. 42Com um grande grito, exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!” 43Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? 44Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre. 45Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido o que o Senhor lhe prometeu”. Palavra da Salvação.TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR.
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ- Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria,padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos e irmãs, façamos a Deus nossos pedidos, dizendo: Senhor, escutai a nossa prece!
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
1) Pela Santa Igreja de Deus, para que, pela fidelidade ao Evangelho e pelo amor preferencial aos pobres e marginalizados, abra caminhos para o anúncio da Boa Nova da salvação, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
2) Pelos nossos governantes, para que reconheçam em Jesus o único Salvador e sirvam ao povo com sabedoria e honestidade, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
3) Pelas pessoas que estão em situação de pecado, para que saibam aproveitar esses dias que antecedem o Natal para realizar uma boa confissão e assim retornarem à Casa do Pai, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
4) Por todos nós aqui reunidos, para que, a exemplo de Maria, sejamos solidários às necessidades do nosso próximo com gestos de doação e gratuidade, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
(Preces Espontâneas)
P.: Ouvi, ó Deus, os pedidos da Igreja que se prepara para celebrar o Nascimento de Cristo Jesus, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS –REFR.: A NOSSA OFERTA APRESENTAMOS NO ALTAR E TE PEDIMOS: VEM, SENHOR, NOS LIBERTAR!/1. A chuva molhou a terra, o homem plantou um grão, a planta deu flor e frutos, do trigo se fez o pão./2. O homem plantou videiras, cercou-as com seu carinho, da vinha brotou a uva, da uva se fez o vinho./3. Os frutos da nossa terra e as lutas dos filhos teus, serão, pela tua graça, pão vivo que vem dos céus./4. Recebe Pai, nossas vidas, unidas ao pão e vinho e vem conduzir teu povo, guiando-o no teu caminho. 
15.P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Ó Deus, que o mesmo Espírito Santo, que trouxe a vida ao seio de Maria, santifique essas oferendas colocadas sobre o vosso altar. Por Cristo, nosso Senhor.TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III – MR (p. 483) – Prefácio do Advento II A –Maria, a nova Eva – MR (p.409)
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – Jerusalém, povo de Deus, Igreja santa, levanta e vai, sobe as montanhas, ergue o olhar. Lá no Oriente desponta o sol da alegria que vem de Deus aos filhos teus. Eis o teu dia. 1. S.: Louva, Jerusalém, T.: louva o Senhor, teu Deus. S.: Tuas portas reforçou T.: e os teus abençoou. S.: Te cumulou de paz T.: e o pão do céu te traz. 2. S.: Sua Palavra envia, T.: corre veloz sua voz: S.: da névoa desce o véu, T.: unindo a terra e o céu, S.: as nuvens se desmancham. T.: O vento sopra e avança.3. S.: Ao povo revelou T.: palavras de amor, S.: a sua Lei nos deu, T.: e o Mandamento seu; S.: com ninguém fez assim T.: amou até o fim. 4. S.: A virgem, mãe será, T.: um Filho à luz dará, S.: seu nome, Emanuel: T.: “Conosco Deus” do céu; S.: o mal desprezarás, T.: o bem escolherás.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa)Ó Deus todo-poderoso, tendo nós recebido o penhor da eterna redenção, fazei que, ao aproximar-se a festa da salvação, nos preparemos com maior empenho para celebrar dignamente o mistério do vosso Filho. Que vive e reina para sempre. TODOS: AMÉM.
RITOS FINAIS
21. BREVES AVISOS
22. BÊNÇÃO FINAL – MR (p. 520)
P.:O Senhor esteja convosco.
TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.
P.: Que o Deus onipotente e misericordioso vos ilumine com o advento do seu Filho, em cuja vinda credes e cuja volta esperais, e derrame sobre vós as suas bênçãos.
TODOS: AMÉM.
P.: Que durante esta vida ele vos torne firmes na fé, alegres na esperança, solícitos na caridade.
TODOS: AMÉM.
P.: Alegrando-vos agora pela vinda do Salvador feito homem, sejais recompensados com a vida eterna, quando vier de novo em sua glória.
TODOS:AMÉM.
P.: Abençoe-vos o Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.
TODOS:AMÉM.

Partilha da Palavra
Na 1ª leitura o profeta Miquéias fala do rebento da casa de Davi, o pastor messiânico que virá de Belém, terra de Judá. Belém é cidade pequena, sem importância, mas é de onde virá o Messias. Miquéias parece dar o sentido de “fecundidade” à menor das cidades de Judá, porque lá Maria dará a luz ao Salvador. Na 2ª leitura, Jesus reconhece que Deus não lhe pediu oferendas, sacrifícios, homenagens, mas lhe deu um corpo. Isso significa uma vida humana concreta, com suas possibilidades e limitações; essa vida que seria oferecida a Deus. Em Jesus, desde o menino do presépio, Deus se manifesta como alguém que participa das necessidades humanas. Cristo é o  único mediador entre Deus e a humanidade. É em meio aos pobres, aos marginalizados e excluídos, como Maria, Isabel, Zacarias e João que Deus faz sua morada. No Evangelho, uma cena bastante simples e humana. Maria e Isabel se encontram: duas mães agraciadas pelo dom da fecundidade. Isabel gera o último profeta ao estilo do Primeiro Testamento; Maria é como a Arca da Nova Aliança que guarda consigo e vai oferecer ao mundo o Segundo Testamento. As duas se acolhem com alegria, e cada uma vê, sem nenhum ciúme, a obra grandiosa que Deus realizou na outra. Ficando evidente a simplicidade, a humildade e o amor que as unia. Isabel, muito sabiamente, identifica um elemento importante da obra que Deus realizou em Maria. E diz: “Bem-aventurada és tu, que acreditaste”. Maria nos dá lições de fé, e crê na promessa do anjo. Crer significa confiar que aquilo que Deus promete, acontecerá. Maria confia que nós acolhamos Jesus, para participarmos dos dons que a fizeram grande. E nos exorta para que confiemo-nos a Deus, a fim de que Ele cumpra o seu plano de amor. Sentir-se pequeno, à disposição de Deus, sem medo e sem condições: assim podemos, com Maria, gozar das alegrias de Deus. Maria ensina-nos três coisas: 1º- Levar JESUS no coração – Maria levou a Isabel o que tinha de mais precioso: Jesus. Tinha-o em seu seio e o sentia crescer cada dia. Preparar-se para o Natal significa fazer nascer Jesus em nosso coração e manifestá-lo com o nosso amor, com o nosso sorriso, com a nossa alegria. 2º- A ALEGRIA de encontrar os amigos – Quando Maria e Isabel se encontraram, sentiram uma grande alegria. Quando Jesus vive em nós, também nós podemos sentir a mesma alegria ao encontrarmo-nos com os amigos. 3º- A CARIDADE em primeiro lugar – Maria “foi às pressas” a Isabel para se colocar a seu serviço. Também nós podemos realizar com alegria gestos de amor e misericórdia para com as pessoas que convivem conosco. E, assim, com Maria, chegaremos a Belém.

LEITURAS DA SEMANA
2ª-: CmFac de S. Pedro CanísioPresb.Dr.Ct 2,8-14 ou Sf 3,14-18a ; Sl 32 (33); Lc 1,39-45
3ª-: 1Sm 1, 24-28; Cânt.: 1Sm 2, 1. 4-5. 6-7. 8abcd (R/. 1a); Lc 1, 46-56
4ª-: CmFac de S. João CâncioPresb.Ml 3,1-4.23-24; Sl 24(25); Lc 1,57-66
5ª-:2Sm 7,1-5.8b-12.14a.16; Sl 88 (89);Lc 1,67-79; NATAL (Missa da Noite) Is 62,1-5; Sl 88 (89); Mt 1,1-25 ou mais breve 1,18-25
6ª-. NATAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. Solenidade. 1ª Missa: Is9,1-6; Sl95; Tt2,11-14; Lc2,1-14. 2ª Missa: Is62,11-12; Sl96; Tt3,4-7; Lc2,15-20. 3ª Missa: Is52,7-10; Sl97; Hb1,1-6; Jo1,1-18.
Sáb.-.: S. Estêvão. Diácono. Protomártir. Festa. At 6,8-10; 7,54-59; Sl 30 (31); Mt 10,17-22
Quarta Semana do Saltério
Quarto Domingo do Advento – Ano C

Você pode Gostar de:

16º Domingo do Tempo Comum (18.07)

16º Domingo do Tempo Comum Ano B – cor verde – 18/07/2021 1. Saudação Presidente …